Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) - Auxiliar de Creche (2009) Questão 4

TEXTO I

Minha Pátria é minha língua, Mangueira meu grande amor
(Samba-Enredo 2007
)

Quem sou eu
Tenho a mais bela maneira de expressar
Sou Mangueira...uma poesia singular
Fui ao Lácio e nos meus versos canto à última flor
Que espalhou por vários continentes
Um manancial de amor
Caravelas ao mar partiram
Por destino encontraram Brasil...
Nos trazendo a maior riqueza
A nossa língua portuguesa
Se misturou com o tupi, tupinambrasileirou
Mais tarde o canto do negro ecoou
E assim a língua se modificou

Eu vou dos versos de Camões
As folhas secas caídas de Mangueira
É chama etema, dom da criação
Que fala ao pulsar do coração

Cantando eu vou
Do Oiapoque ao Chuí ouvir
A minha pátria e minha língua
Idolatrada obra-prima te faço imortal
Que enriqueceram a tua história
Ó meu Brasil...
Dos filhos deste solo és mãe gentil
Hoje a herança portuguesa nos conduz
À Estação da Luz!

Vem no vira da Mangueira vem sambar
Meu idioma tem o dom de transformar
Faz do Palácio do Samba uma casa portuguesa
É uma casa portuguesa com certeza



0 verso “Faz do Palácio do Samba uma casa portuguesa” refere-se

  • A à quadra da escola de samba, que se transformaria em “casa de cultura portuguesa”, por conta do tema do samba-enredo.
  • B à escola de samba, que se transformaria em “museu de Portugal”, por conta dos diferentes traços do país mostrados no samba-enredo.
  • C ao bairro da Mangueira (Rio de Janeiro), que se transformaria em “centro de tradições portuguesas”, pelas semelhanças geográficas com Portugal.
  • D ao bairro da Mangueira, que se aproxima de Portugal, pela temática escolhida para a escola de samba.
  • E à quadra da escola de samba, que se transformaria em “centro de tradições portuguesas”, pela influência musical de Portugal.

Encontre mais questões

Voltar