Questão 48 do Concurso Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) - Enfermeiro (2020)

M.C., 48 anos, sexo feminino, renal crônica submetida à hemodiálise intermitente ambulatorial há dois anos, foi internada com diagnóstico de pneumonia lobar. Ao realizar o exame físico da paciente, o enfermeiro constatou que a paciente portava fístula arteriovenosa já maturada no antebraço esquerdo. Frente a essa situação, ao prestar assistência de enfermagem, o enfermeiro deve considerar que

  • A a coleta de sangue para dosagem de eletrólitos só deve ser realizada por punção na fístula arteriovenosa.
  • B o membro superior esquerdo não deve ser utilizado para a mensuração da pressão arterial.
  • C finalizada a sessão de hemodiálise, deve ser realizado um curativo compressivo no local da punção, que será mantido por, pelo menos, 24 horas.
  • D a ausência de frêmito palpável ou de sopro audível no local de acesso venoso para a hemodiálise significa que o fluxo sanguíneo está normal.
  • E o membro superior esquerdo sempre deve ser mantido abaixo do nível do coração.