Questões comentadas de Concursos para Enfermeiro

Limpar Busca

O processo de envelhecer é natural e comum a todos os seres vivos. Nesse sentido, o envelhecimento populacional em nível mundial é uma crescente e requer a necessidade de atenção e cuidado direcionado à pessoa idosa.

Entre as competências do cuidado ao paciente idoso, cabe ao enfermeiro

  • A manter o cuidado do idoso na mesma lógica do cuidado aos demais pacientes.
  • B decidir pelo idoso os melhores locais para suas atividades e necessidades de vida e de cuidado, de modo a priorizar a vontade do cuidado
  • C evitar que o paciente idoso se envolva nas ações que englobam seu atendimento e preconizar um atendimento rápido e resolutivo.
  • D usar linguagem formal e termos técnicos ao se comunicar com o paciente idoso, independentemente do seu nível de compreensão
  • E coletar dados da condição física, emocional, social e espiritual do paciente idoso, e fornecer a assistência adequada.

Considerando a bioética principialista, é INCORRETO afirmar que ao enfermeiro

  • A cabe realizar um cuidado de enfermagem ético e estético, que respeite a dignidade humana, de forma justa e equitativa.
  • B abe sempre fazer o seu trabalho com excelência, dedicação, responsabilidade, sem causar dano ao paciente. Isso é uma atitude de não-maleficência ao paciente.
  • C cabe tomar conhecimento de informações da esfera da vida privada do paciente, que são confidenciais, durante os cuidados. Tais informações, quando possível, não devem ser utilizadas ou difundidas para fins que não os consentidos.
  • D cabe a orientação da sua equipe para que não ocorra nenhuma circunstância que cause violação da dignidade humana, dos direitos humanos, liberdades fundamentais, discriminação ou estigmatização.
  • E é vetada a possibilidade de orientar o paciente sobre seus cuidados, uma vez que isso pode intereferir na autonomia deste em decidir sobre o próprio tratamento.

Sobre as orientações de enfermagem ao paciente que necessida suporte nutricional, considere as alternativas a seguir.

I  →  Uma dieta rica em fibras, adequado volume de líquidos, com aporte lipídico que facilita a digestão e, consequentemente, a eliminação dos efluentes, deve ser orientada ao paciente em uso de colostomia.
II  →  O enfermeiro orienta o suporte nutricional do paciente com doença diverticular após a fase aguda da inflamação, acerca a realização de uma dieta com baixo teor de resíduos, evitando o uso de grãos, como pipoca e milho, a fim de regular o padrão das fezes sem irritar a mucosa intestinal.
III  →  Ao paciente com úlcera péptica é indicado evitar a ingestão de alimentos e bebidas nas temperaturas extremas (muito frias ou muito quentes), bem como alimentos ou bebidas que estimulem a secreção gástrica excessiva, como o café e álcool e manter refeições regulares, com intervalos que permitam o manejo de desconforto pelo uso de medicamentos antiácidos.
IV  →  O paciente com Diabetes Mellitus, em nutrição parenteral contínua, deve receber monitoramento da glicemia capilar. Em caso de hiperglicemia, o enfermeiro deve baixar o volume de nutrição parenteral que o paciente recebe, sem necessidade de uso de insulina.

Está(ão) correta(s)

  • A apenas I.
  • B apenas II.
  • C apenas III.
  • D apenas III e IV.
  • E I, II, III, e IV.

O Ministério da Saúde emitiu o Informe Técnico da 22ª Semana Nacional de Vacinação contra a Influenza, em 2020. No anexo desse documento, apresentavam-se recomendações sobre medidas de saúde pública para a Campanha de Vacinação, durante a pandemia de covid-19, onde se indicaram vários formatos de organização do processo de trabalho das equipes a serem implementados, visando evitar aglomerações.
Considere as afirmativas a seguir sobre as principais medidas recomendadas nesse Informe Técnico.

I  →  Organização das Unidades Básicas de Saúde com manutenção de horário estendido, de forma a garantir a oferta de vacinação no horário de almoço, bem como nos horários noturnos e finais de semana, por meio de organização de escalas de trabalho flexíveis a fim de garantir o quantitativo de profissionais necessários para assegurar o acesso da população à vacina.
II  →  Vacinação extramuros em locais de convivência social, como supermercados, centro de idosos, igrejas e escolas, em locais abertos e ventilados e em Unidades Móveis de Saúde.
III  →  Vacinação em sistema de drive-thru, no qual a pessoa recebe a vacina dentro do carro, para garantir o distanciamento social, necessário em tempos de pandemia.
IV  →  Criação de tendas específicas para aquelas pessoas com dificuldade de locomoção, idosos acamados, entre outros, seguindo a recomendação de manutenção de distâncias seguras, com oferta de máscaras para os sintomáticos respiratórios e provimento de EPI para todos os trabalhadores envolvidos nessas ações.
V  →  Manutenção da rotina de limpeza de pisos, corrimões, maçanetas e banheiros com álcool 70% nas superfícies ou solução de água sanitária no chão, conforme distribuição de recursos, a fim de priorizar insumos, como EPIs e seringas.

Estão corretas

  • A apenas I, III e V.
  • B apenas I, II e III.
  • C apenas I, III e IV.
  • D apenas II, IV e V.
  • E I, II, III e IV.

A dor crônica atinge uma parcela significativa da população brasileira. Os analgésicos opioides são amplamente utilizados no manejo desses casos, mas comumente provocam constipação.

Sobre a reabilitação do paciente nessa situação, assinale a alternativa correta.

  • A O uso de medicamentos laxantes podem contribuir para o alívio do desconforto e podem ser prescritos, a exemplo dos formadores de volume, como os laxantes fibrosos, dos agentes salinos e osmóticos, que ajudam na estimulação do peristaltismo, e dos agentes corticotróficos, que auxiliam no epitélio colônico, por inibirem o excesso de absorção de glicose.
  • B O reflexo gastrocólico é decorrente dos movimentos peristálticos do intestino grosso que ocorrem de 5 a 6 vezes ao dia e são ocasionados pelo espasmo no estômago na tentativa de impulsionar o conteúdo gástrico após o consumo de bebidas quentes, como o café.
  • C O uso de enemas e supositórios deve ser evitado pelos pacientes que apresentam dificuldade de evacuação ou têm fissuras retais ou hemorroidas.
  • D A neuromodulação sacral é uma técnica de enfermagem avançada que pode contribuir para a reabilitação do paciente com constipação crônica, pois estimula o sistema nervoso da região sacra para reabilitar o peristaltismo.
  • E As terapias complementares não são utilizadas para o manejo da constipação intestinal, mas, sim, para o manejo da dor crônica, por isso podem ser consideradas estratégias indiretas eficazes.