Questões da Prova da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) - Assistente em Administração (2017)

Limpar Busca

No Texto I, o autor

  • A critica o modo como o repórter policial nomeia tudo o que se relaciona à própria profissão.
  • B destaca o conhecimento do repórter policial sobre os crimes violentos.
  • C elogia o vocabulário utilizado pelo locutor esportivo para narrar uma briga.
  • D critica o comportamento do repórter policial, por considerar que esse não mantém uma atitude profissional, independentemente da situação.
  • E exalta o repórter policial e o locutor esportivo, por serem profissões similares.

A respeito das reportagens produzidas por repórteres policiais, o autor do texto

  • A recomenda a sua leitura, pois essas reportagens sempre mantêm a imparcialidade na transmissão dos fatos.
  • B afirma que o uso da linguagem formal é característica presente nessas reportagens.
  • C evidencia o rebuscamento da linguagem utilizada pelos repórteres policiais ao noticiarem tragédias.
  • D destaca que a distorção da verdade, em reportagens trágicas ou violentas, serve para enganar a polícia.
  • E exalta o uso de uma linguagem difícil, por se tratar de notícias imprescindíveis e de grande repercussão.

No texto, o uso da expressão “entortado literário” (linha 3) denota que, para o autor,

  • A a escrita do repórter policial é carregada de linguagem poética.
  • B a reportagem policial assemelha-se aos escritos exclusivamente literários.
  • C o repórter policial faz uso de palavras que nunca existiram.
  • D o uso de termos incomuns prejudica a leitura do texto do repórter policial.
  • E a literatura ficcional necessariamente integra as notícias policiais.

No texto, o uso da expressão “imprensa sangrenta” (linha 13) denota que, para o autor,

  • A as manchetes policiais só consideram os mínimos detalhes dos crimes.
  • B a imprensa não perde a oportunidade de relatar imparcialmente os fatos.
  • C as notícias são veiculadas com o objetivo principal de enganar o espectador.
  • D as reportagens policiais geralmente enfatizam o aspecto trágico dos fatos.
  • E os repórteres são responsáveis pela execução dos fatos narrados.

No excerto “Eis, portanto, que é preciso estar acostumado ao métier para morar no noticiário policial” (linhas 15-16), o verbo “morar” é empregado no sentido

  • A literal.
  • B hiperbólico.
  • C denotativo.
  • D comparativo.
  • E pejorativo.