Questões da Prova da Universidade Federal do Ceará (UFC) - Técnico - Arquivo (2015)

Limpar Busca
A diferença entre as mulheres do passado e as mulheres da atualidade reside na oposição entre, respectivamente,
  • A a pureza e o pecado.
  • B a frustração e a felicidade.
  • C a caridade e o individualismo.
  • D a resignação e o protagonismo.
  • E a simplicidade e a extravagância.
No primeiro parágrafo, os períodos iniciados por “Diga” (linha 02), “Diga” (linha 03) e “Fale” (linha 04) têm como função justificar a tese de que “mulher adora que verbalizem seus atributos” (linha 02). A estratégia utilizada pelo enunciador, em tal justificativa, consiste em:
  • A sugerir conselhos cujos efeitos são apresentados na forma de uma gradação.
  • B pedir a concretização de ações que trarão benefícios para os que as realizam.
  • C mostrar que a boa oratória é mais eficaz que a sedução por meio de bens materiais.
  • D dar ordens a homens que se encontram em posição inferior às mulheres que desejam.
  • E fornecer um conjunto de instruções cujo resultado depende da sequência recomendada.
Assinale a alternativa que apresenta a análise correta da relação entre o terceiro parágrafo (linhas 15-19) e o quarto (linhas 20-23).
  • A Ambos os parágrafos, predominantemente argumentativos, diferem devido ao terceiro tratar de um grupo genérico e o quarto, de um grupo específico.
  • B Ambos os parágrafos apresentam descrições com perspectivas sobre o elemento descrito opostas entre si, as quais são marcadas temporalmente.
  • C O quarto parágrafo, predominantemente descritivo, apresenta conselhos com o objetivo de evitar a situação narrada no terceiro parágrafo.
  • D O terceiro parágrafo apresenta uma tese cuja sustentação se encontra na exposição de motivos apresentada no quarto parágrafo.
  • E O terceiro parágrafo, predominantemente descritivo, encaminha para a instalação do conflito narrativo presente no quarto parágrafo.
Considerando que o enunciador da crônica diz que “As inhas não moram mais aqui. Foram para o espaço, sozinhas” (linhas 28-29) e, simultaneamente, diz que “As boazinhas não têm defeitos. Não têm atitude. Conformam-se com a coadjuvância” (linhas 24-25), é correto concluir que um posicionamento coerente com o valor desses enunciados no texto é o de que o perfil de mulher boazinha:
  • A não existe mais.
  • B aparece camuflado.
  • C não é mais prevalente.
  • D durará muitas gerações.
  • E é restrito a certos locais.
Assinale a alternativa cujo par sublinhado revela uma oposição decorrente de perspectivas distintas que sujeitos distintos imprimem sobre um mesmo elemento.
  • A “mulher adora que verbalizem seus atributos, sejam eles físicos ou morais” (linha 02).
  • B “Nunca teve um chilique. Nunca colocou os pés num show de rock” (linhas 13-14).
  • C comportadinhas, enquanto íamos alimentando um desejo incontrolável de virar a mesa” (linha 18).
  • D “Ser boa é bom, ser boazinha é péssimo” (linha 24).
  • E “mesmo com a melhor das intenções, é o pior dos desaforos” (linha 26).