Questões da Prova da Prefeitura Municipal de Piraúba - Nutricionista (2017)

Limpar Busca
De acordo com o texto “O vagabundo na esplanada”, leia os itens e assinale a alternativa correta: I - A história inicia-se em uma rua do centro da cidade e, depois, a personagem principal entra em um estabelecimento, que parece ser um restaurante ou um bar. II - O trecho é predominantemente descritivo. III - As palavras tiradas do texto (esburacada, cambados, alvacenta, deambulante) são todas adjetivos. IV - Pelas vestes que usa, por sua aparência, o vagabundo passa uma imagem negativa para as pessoas que o veem. O conto contradiz essa imagem que as pessoas fazem dele. V - O vagabundo também é apresentado de maneira superior aos demais, como se estivesse acima das pessoas que o discriminavam.
  • A Apenas II, III, IV e V estão corretos.
  • B Apenas I, II, III e IV estão corretos.
  • C Apenas I, II, IV e V estão corretos.
  • D Todos os itens estão corretos.
Assinale a alternativa incorreta quanto ao entendimento do texto:
  • A As expressões “o chapéu, semelhava uma auréola alvacenta”, “olhos azuis-claros irradiavam como que um sorriso de luminosa ironia”, “compreensivo perdão” e “serena dignidade” constroem uma imagem de dignidade e superioridade do vagabundo.
  • B A personagem vagabundo não percebe nem se incomoda com os comentários alheios a seu respeito.
  • C A expressão “à vontade”, no texto, é empregada como adjunto adverbial.
  • D “Um rapaz aproximou-se. Casaco branco, bandeja sob o braço, muito senhor do seu dever”; o trecho está se referindo ao garçom.
Ainda sobre a devida interpretação do texto, assinale a alternativa incorreta:
  • A No desfecho do conto, acontece a inclusão do vagabundo.
  • B O próprio vagabundo é responsável por sua exclusão, pois considera-se indigno de frequentar um restaurante ou bar, que aparentemente, é frequentado por pessoas de um nível social diferenciado.
  • C O vagabundo se via como qualquer outro frequentador da esplanada, não tendo nenhum receio de sentar-se com aqueles que se julgam superiores a ele.
  • D A narração é feita em 3ª pessoa e o narrador não participa da história, é narrador-observador, mas mostra total adesão ao protagonista da história.
Leia os itens e assinale a alternativa correta, quanto às ideias do texto: I - O fato e os modos da chegada do vagabundo haviam despertado nos ocupantes da esplanada, mulheres e homens, uma turbulência de expressões desaprovadoras. II - A maneira como o vagabundo se comportava provocou um mal-estar nos clientes da esplanada, demonstrado por suas expressões faciais. III - “O azul-claro dos olhos embaciou-se-lhe”. Significa que o azul-claro dos olhos perdeu o brilho, os olhos ficaram obscurecidos. IV - O texto foi escrito por um autor português e traz palavras e construções que causam certo estranhamento, por serem grafadas de um modo diferente ou, até mesmo, por não serem habituais na língua portuguesa do Brasil, exemplos: “céptico”, “facto”, “está além escrito”, “se faz favor”.
  • A Todos os itens estão corretos.
  • B Apenas I, II e III estão corretos.
  • C Apenas II, III e IV estão corretos.
  • D Apenas I, III e IV estão corretos.
Quanto às regras de acentuação gráfica, assinale a alternativa incorreta:
  • A Acentuam-se os ditongos abertos “ei” e “oi” das palavras paroxítonas.
  • B Não se acentuam as palavras paroxítonas cujas vogais tônicas “i” e “u” são precedidas de ditongo.
  • C È facultativo o uso do acento circunflexo para diferenciar “fôrma” e “forma.” Exemplo: Qual é a forma da sua fôrma de bolo?
  • D Segundo o Novo Acento Ortográfico, não se usa mais o acento agudo quando o “u” for tônico. Exemplos: averigue, apazigue.