Questões de Ventilação Mecânica (Fisioterapia)

Limpar Busca

Ventiladores mecânicos são calibrados para fornecer um volume constante (ciclado por volume), uma pressão constante (ciclada por pressão), ou uma combinação de ambos a cada respiração. Modos de ventilação que mantêm uma taxa respiratória mínima independentemente de o paciente iniciar ou não uma respiração espontânea são denominados controle assistido (C/A).


“Inclui controle de volume (C/V) e ventilação intermitente sincronizada obrigatória (SIMV), o ventilador fornece um volume corrente estabelecido. A pressão das vias respiratórias resultante não é fixa, mas varia com a resistência e a elastância do sistema respiratório e com a velocidade de fluxo selecionada”.


O Conceito se refere à:

  • A Ventilação ciclada por pressão.
  • B Ventilação ciclada por volume.
  • C Ventilação com controle de pressão.
  • D Ventilação com suporte de pressão.
  • E Ventilação não invasiva com pressão positiva (VNIPP).

O fisioterapeuta está atendendo uma paciente de 65 anos que se encontra internada em uma UTI, em processo de desmame ventilatório após 20 dias de ventilação mecânica. Após 15 minutos de teste de respiração espontânea (TRE) em tubo T, a paciente queixa-se de leve dificuldade respiratória. O ECG no monitor multiparamétrico demonstra aumento na frequência cardíaca, inversão de ondas T e elevação aguda do segmento ST.

Em relação às alterações eletrocardiográficas apresentadas, assinale verdadeiro (V) ou falso (F) e, posteriormente, assinale a alternativa correta:

( ) As ondas T invertidas e a elevação aguda do segmento ST sugerem que o coração está experimentando hipóxia aguda, provavelmente causada pelo estresse do desmame.

( ) Mudanças na relação ventilação/perfusão pulmonar estão provavelmente causando hipoxemia aguda e oxigenação tecidual inadequada.

( ) O aumento da FC indica que a paciente não está tolerando o desmame.

( ) A ventilação mecânica deve ser reinstituída e a paciente deve ser monitorizada rigorosamente.

( ) A paciente não precisa ser sedada obrigatoriamente, para melhora da relação ventilação/perfusão, após o retorno à ventilação mecânica.

  • A F – V – V – F – F.
  • B V – V – V – V – V.
  • C F – V – V – F – V.
  • D F – V – V – V – F.
Sobre as características e funcionamento dos ventiladores mecânicos invasivos, assinale (V) verdadeiro ou (F) falso e assinale a alternativa correta: ( ) O circuito ventilatório normalmente possui dois tubos, e ambos com detector de temperatura e fluxo bilateral, conectados respectivamente às válvulas de pressão e exalação, e no extremo oposto a um conector tipo “T”, onde é conectado o tubo endotraqueal. ( ) A fase inspiratória é ciclagem do ventilador, acompanhada com o disparo automaticamente. ( ) A sensibilidade da ventilação é determinada somente por pressão. ( ) No disparo do ventilador, a válvula de exalação habitualmente permanece aberta durante a fase inspiratória e despressuriza o circuito ao término da inspiração. ( ) Durante a segunda etapa do ciclo ventilatório, na exalação, a válvula exalatória pode ser controlada de forma a manter uma pressão positiva ao final da inspiração.
  • A F – V – V – V – V.
  • B F – F – F – F – F.
  • C V – F – V – F – V.
  • D V – V – F – F – F.
Sobre ventilação mecânica em pacientes com SDRA grave, assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas do texto seguinte: “Ao ventilar com pequenos volumes, ou Vminuto = Vc x Fr __________, podemos esperar resultados associados à hipoventilação na gasometria arterial. O paciente deve________________, entregue à ventilação proposta, até mesmo com bloqueio neuromuscular para evitar assincronia paciente/VM.”
  • A alto - permanecer acordado
  • B alto - ficar bem sedado
  • C baixo - permanecer acordado
  • D baixo - ficar bem sedado
Quanto ao desmame da ventilação mecânica e aos critérios obrigatórios que avaliamos para iniciar o processo de desmame, leia os itens: (23) Se foi resolvido o que levou à necessidade da ventilação. (35) Estabilidade hemodinâmica e sem isquemia miocárdica onde se sugere que a pressão arterial sistólica esteja estável < 195 mmHg e > 90 mmHg, drogas vasopressoras como a dobutamina, noradrenalina, dopamina e outras em processo de desmame e doses baixas. Boa perfusão tecidual, ausência de insuficiência coronariana descompensada ou arritmias com repercussão hemodinâmica. (38) Adequada troca gasosa: sem sinais de hipoxemia, relação PaO2/FiO2 ≥ 200 mmHg. (42) Um dos critérios será quando o paciente consegue respirar em Pressão de Suporte (PSV). A soma exata dos itens corretos é:
  • A 73.
  • B 80.
  • C 103.
  • D 138.