Questões de Travessão (Português)

Limpar Busca

Assinale a alternativa que analisa, correta e respectivamente, o emprego do travessão duplo e dos dois-pontos nas passagens – a [história] do vírus ilustra muito bem o mecanismo infeccioso que opera dentro dos – e entre os – idiomas. / Foi a primeira vez que um membro da família ganhou sentido positivo, invejável: fazer sucesso na internet, ser replicado em larga escala nas redes sociais.

  • A Inclusão de comentário / complementação de informação anterior.
  • B Inclusão de retificação / repetição de informação anterior.
  • C Inclusão de informação / explicação de passagem anterior.
  • D Inserção de dado novo / retificação de informação anterior.
  • E Inserção de informação contraditória / ratificação de informação anterior.

Qual dos sinais de pontuação abaixo substitui corretamente a figura na linha 05?

  • A Vírgula.
  • B Ponto-final.
  • C Ponto de interrogação.
  • D Dois-pontos.
  • E Travessão.

Acerca dos sentidos, das ideias e dos aspectos linguísticos do texto apresentado, julgue o item a seguir.

No trecho “Como diz o sacerdote, em triste zombaria (seria mesmo zombaria?)”, os parênteses, que poderiam ser substituídos por travessões, foram empregados para isolar uma digressão feita pelo autor do texto.

  • Certo
  • Errado

A respeito dos sinais de pontuação, avalie as afirmações.

I – No primeiro parágrafo, segundo período, foram usadas adequadamente as vírgulas para separar o adjunto adverbial de tempo em dezembro.
II – No terceiro parágrafo, o uso da vírgula antes da expressão por exemplo é facultativo.
III – No quarto parágrafo, o uso da vírgula após o adjetivo pública é facultativo.
IV – No sétimo parágrafo, no primeiro período, em lugar dos dois parênteses empregados, também seria adequado à norma-padrão substituí-los por um único travessão, usado após a palavra privilegiadas.
V – No nono parágrafo, no segundo período, o emprego das vírgulas no trecho: “[...] pessoal militar, civil, [...]” é facultativo.

Está correto apenas o que se afirma em

  • A I e IV.
  • B III e V.
  • C II, III e IV.
  • D I, II e V.

Em “O Patrimônio Naval de Sergipe é representado pela Canoa de Tolda, de Brejo Grande, enquanto o Modo de Fazer a Renda Irlandesa – um ofício relacionado ao universo feminino e característico de municípios localizados no Vale do Rio Cotinguiba – está registrado pelo Iphan como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil.” (linhas de 22 a 27), o emprego dos travessões é correto, pois essa pontuação

  • A inicia oração que restringe o sentido do substantivo anterior.
  • B é sempre usada para substituir vírgulas.
  • C torna o texto mais objetivo que parênteses ou vírgulas.
  • D destaca uma característica positiva das rendas de Sergipe.
  • E isola a expressão que explica o que é a Renda Irlandesa.