Questões de Teorias do Jornalismo (Comunicação Social)

Limpar Busca

Ícone, índice e símbolo, dentro da classificação dos signos proposta por Charles Sanders Peirce, em suas teorias sobre semiótica, referem-se à relação do signo

  • A de maneira geral.
  • B consigo mesmo.
  • C com seu interpretante.
  • D com seu interpretado.
  • E com seu objeto.

Na teoria do agendamento, a mídia induz não o que as pessoas pensarão, mas sobre o que elas debaterão. A seleção de assuntos pode ser de acordo com aquilo que um selecionador entende por interesse público (conteúdo jornalístico) ou com a veiculação promocional fundamentada em necessidades comerciais, organizacionais e/ou programáticas (conteúdo publicitário). No processo de comunicação, de acordo com essa teoria, a “saliência” é o conceito que se refere

  • A ao valor dado pelo receptor a um determinado assunto da agenda, realizando a interface entre a percepção individual e a opinião pública.
  • B à forma como um assunto será tratado nos diversos foros sociais de debate (trabalho, casa, vizinhança etc.) provocados pela mídia.
  • C ao tempo em que o tema agendado pela mídia levará da veiculação à agenda do público e à influência sobre a opinião pública.
  • D à falta de confiança do receptor na informação, gerando uma busca por confirmação com informações mais detalhadas e confiáveis.
  • E à frequência e à ênfase com que um conteúdo é veiculado, demonstrando que é julgado muito importante nos círculos publicadores.
A comunicação intensificada no século XXI trouxe para o jornalismo uma dinâmica que ultrapassa questões como atualidade, proximidade, controvérsia, próprias da atividade jornalística, com a participação e colaboração do cidadão comum na divulgação de informações.
Neste sentido, pode
-se afirmar que o jornalismo se organiza
  • A como atividade de narração dos fatos, apurando e divulgando informações de interesse público, e por constituir-se como atividade de natureza social e profissional dos jornalistas, indispensável à vida em sociedade.
  • B como uma atividade que pode ser exercida por qualquer pessoa, sem necessidade de apuração, desde que esteja na hora do acontecimento e consiga registrá-lo e divulgá-lo em tempo real, pelas redes sociais.
  • C sob a responsabilidade exclusiva das empresas de comunicação, assessorias de imprensa, agências de notícias e organizações de informação internacionais, que controlam os jornais, rádios, televisões e plataformas digitais e têm por objetivo a divulgação de notícias do interesse destas empresas e organizações.
  • D como atividade remunerada sob a responsabilidade do Estado Brasileiro, que é o legítimo regulador do mercado e da liberdade de expressão, conforme estabelecido pela Constituição Federal.
A unidade semiótica seria o signo – o estímulo com parâmetro dotado de significado. Peirce (Charles Sanders Peirce) listou três modos de o signo mediar os significados: um parâmetro com relação de semelhança com o objeto; um parâmetro cujo signo possua uma relação de causalidade sensorial indicando seu significado; e, uma relação puramente convencional entre o signo e seu significado. Assinale as denominações desses modos.
  • A Ícone – Índice – Marca
  • B Ícone – Tabela – Marca
  • C Ícone – Índice – Símbolo
  • D Objeto – Tabela – Símbolo

Acerca das teorias da comunicação, julgue o item a seguir.


Entre os anos 1920 e 1960, nos Estados Unidos da América, Lazarsfeld, Lasswell, Lewin e Hovland fundaram os estudos conhecidos como mass communication research, que tratam dos efeitos e das funções dos meios de comunicação.

  • Certo
  • Errado