Questões de Sistema de Injeção (Mecânica de Autos)

Limpar Busca
Os sistemas de injeção flex e gasolina dos veículos contam com os mesmos sensores e atuadores. “As diferenças do modelo flex são a centralina, o software, a partida a frio e o sensor de nível do reservatório de gasolina para partida a frio”. Seu funcionamento é realizado por meio da centralina, responsável por definir a quantidade de gasolina injetada no motor, de acordo com a proporção de álcool acumulada no tanque. O sistema é baseado no desbandamento da sonda lambda, que tem um centro de funcionamento definido. A(s) solução(ões) das montadoras, para implementar o sistema flex, foi(foram)
  • A taxa de compressão intermediária, sistema de partida a frio, sensor lógico. A central eletrônica do motor analisaria a qualidade da queima através da concentração de oxigênio dos gases de escape, novos sensores.
  • B sistema de partida a frio, sensor lógico. A central eletrônica do motor analisaria a qualidade da queima através da concentração de oxigênio nos gases de escape.
  • C injetoras de combustível com ampla faixa de vazão, taxa de compressão intermediária, sistema de partida a frio, sensor lógico. A central eletrônica do motor analisaria a qualidade da queima através da concentração de oxigênio nos gases de escape.
  • D injetoras de combustível com ampla faixa de vazão, taxa de compressão intermediária, sistema de partida a frio, sensor na linha do combustível.
  • E somente o sensor da linha de combustível.
O sistema de injeção eletrônica possui um módulo de controle, que, por meio de sensores, recebe os sinais das condições de funcionamento do motor e calcula a quantidade mais próxima, quanto possível, do ideal para aquela condição de funcionamento. Para que a quantidade de combustível injetada seja a mais próxima do possível da desejada, é necessário que seja medida a massa de ar que é aspirada pelo motor (massa de ar admitido), através dos sensores. Depois de medida a massa de ar a – Unidade de Comando Eletrônico realiza o cálculo do tempo em que o eletroinjetor deve permanecer aberto, para que seja injetada a quantidade ideal de combustível. Os sensores e os atuadores fazem a ligação entre as condições de funcionamento do motor e a UCE. A função do sensor de rotação é
  • A informar o acionamento dos injetores e a posição do acelerador.
  • B captar e informar a unidade de comando da posição dos cames de acionamento das válvulas.
  • C captar e informar a unidade de comando da detonação dos cilindros.
  • D captar e informar a unidade de comando da posição dos pistões do motor dentro do cilindro e a respectiva rotação.
  • E captar e informar a unidade de comando da estequiometria do combustível.
São vantagens da injeção eletrônica em relação ao carburador, EXCETO:
  • A Controle da mistura e eliminação de ajuste de marcha lenta e mistura.
  • B Eliminação do afogador e facilidade de partidas a quente e frio do motor.
  • C Melhor atomização do combustível (injeção sob pressão) e melhor dirigibilidade.
  • D Menor economia de combustível e Redução da emissão de gases poluentes pelo motor.

Ao iniciar a jornada de trabalho, o servidor do STJ responsável pelo transporte de magistrados deve proceder à inspeção do veículo a ser utilizado, de modo a assegurar que se encontra em condições de trafegar com segurança. Com base no que dispõe o CTB, nas noções de elétrica e mecânica dos veículos automotores e nos princípios de direção defensiva, julgue o item subsequente.

Nos veículos dotados de sistema de injeção eletrônica, o computador de bordo indicará o momento de efetuar a troca de óleo do motor.

  • Certo
  • Errado

 Referente a esta luz no painel do automóvel é CORRETO afirmar:

  • A Luz do Freio - Essa luz acende toda vez que o sistema de freio está com baixo nível de fluído ou com desgastes excessivos nas pastilhas e lonas de freio, o que pode resultar em perda parcial do freio.
  • B Luz da Bateria - A luz de alerta da bateria acende quando há algum problema no alternador. Uma falha no alternador pode provocar até uma parada do motor.
  • C Luz do Sistema de Injeção Eletrônica - a luz deve aparecer no momento da partida e logo após ela deverá apagar. A lâmpada, permanecendo acesa, indica que o gerenciamento eletrônico do motor está com alguma avaria.
  • D Luz do Óleo - A luz de pressão de óleo do motor avisa ao condutor do veículo que é necessária uma parada de emergência, pois a falta de pressão ou até mesmo a falta de óleo lubrificante do motor acarreta em superaquecimento, afetando irreversivelmente os componentes do motor.
  • E Luz da Temperatura - serve para indicar um defeito no sistema de ventilação do motor. O problema pode ser causado por diversos fatores, desde falta de água até um defeito no radiador.