Questões de Setor Financeiro (Economia) Página 1

A âncora cambial oferece a gravitação da taxa de inflação no exterior. Há uma forma mais restrita de ancoragem cambial em que, diferente de outros regimes que combinam conversibilidade cambial e taxas de câmbio rígidas ou administradas, a credibilidade do compromisso de conversibilidade a taxas fixas é buscada com a manutenção de reservas externas, em geral em volume acima do valor correspondente de moeda em circulação. Esse tipo de ancoragem cambial denomina-se: 
  • A crawling peg.
  • B target.
  • C currency board.
  • D regra de Mishkin.
  • E trava cambial.

No âmbito do Sistema Financeiro Nacional, a atribuição da coordenação da Dívida Pública Federal externa e interna é

  • A do Banco Central do Brasil.
  • B do Ministério da Fazenda.
  • C da Secretaria do Tesouro Nacional.
  • D do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.
  • E do Conselho Monetário Nacional.
O Sistema Financeiro Nacional é um conjunto de órgãos que regulamenta, fiscaliza e executa as operações necessárias à circulação da moeda e do crédito na economia, com o importante papel de fazer a intermediação de recursos entre os agentes econômicos superavitários e os deficitários. O órgão normativo máximo do Sistema Financeiro Nacional é o(a):
  • A Banco Central do Brasil (BCB).
  • B Comissão de Valores Mobiliários (CVM).
  • C Conselho Monetário Nacional (CMN).
  • D Comitê de Política Monetária (COPOM).
  • E Banco do Brasil (BB).
Se a inflação no conjunto dos dois primeiros meses foi de 3% e a inflação do terceiro mês foi de 2%, o custo mensal real efetivo da operação foi de
  • A 3,4%.
  • B 2,9%.
  • C 3,1%.
  • D 2,7%.
  • E 2,6%.
A taxa efetiva mensal dessa operação é de
  • A 3,40%.
  • B 4,41%.
  • C 3,10%.
  • D 4,23%.
  • E 3,95%.