Questões de História Econômica e Economia Contemporânea (Economia) Página 1

O financiamento do déficit orçamentário do setor público no Brasil, até o início dos anos 1990, ocorreu, em boa medida, através da emissão monetária inflacionária. Depois do Plano Real, o financiamento monetário inflacionário tornou-se limitado, e o mecanismo alternativo importante para financiar passou a ser a

  • A acumulação de reservas internacionais.
  • B redução dos gastos correntes do governo.
  • C colocação de títulos da dívida pública no mercado financeiro.
  • D transferência de recursos do exterior, via superávit em conta corrente do balanço de pagamentos.
  • E transferência de lucro das empresas estatais para o governo.

Entre o início da década de 1980 e a primeira metade da década de 1990, o Brasil foi acometido por um processo de alta inflação, que só foi contido com o Plano Real (1994).

Os principais formuladores desse plano de estabilização indicaram, como principal causa da aceleração da inflação no Brasil, a(o)

  • A inércia decorrente da indexação generalizada de preços
  • B congelamento de preços
  • C aumento dos salários reais
  • D excesso de demanda agregada sobre o produto agregado potencial
  • E choque de preços de matérias-primas essenciais, como o petróleo

Ao longo da década de 1980 e início da década de 1990, diversas políticas econômicas foram implementadas visando à estabilização econômica, em particular da inflação. Nesse sentido, marque a afirmativa correta.

  • A A acumulação de reservas fiscais e consequente aumento do superávit comercial dentro do contexto do Plano Cruzado foi um dos elementos determinantes da falha do Plano Cruzado como plano de estabilização econômica.
  • B O Plano Bresser, semelhantemente ao Plano Cruzado, permitiu aumentos de preços públicos e de preços administrados momentos antes do congelamento de preços.
  • C Uma das principais diferenças entre os Planos Bresser e Cruzado diz respeito à preocupação do Plano Bresser no controle do déficit público, assumindo que o problema inflacionário era puramente inercial e associado à demanda.
  • D Os defensores da tese da inflação inercial consideravam que os choques de oferta elevavam o patamar da inflação, no entanto, os choques de demanda tendiam a reproduzir a tendência inercial.

Sobre o Plano Real, analise as seguintes afirmativas:

I- Acerca da relação câmbio/salários, pode-se observar que, durante a primeira metade da década de 1990, houve uma elevação nessa razão, seguida de uma estabilidade nos anos finais de 1990.

II- O Plano Real pode ser considerado como um plano que trata três aspectos econômicos, buscando estabilidade: ajuste fiscal, desindexação da economia e âncora nominal.

III- O Tesouro brasileiro durante os anos iniciais do Plano Real se beneficiou da inflação em decorrência de alguns fatores, entre eles: menor indexação dos gastos comparativamente às receitas; do contingenciamento e do atraso de pagamentos pelo governo; e da subestimativa da inflação quando da realização do orçamento público.

Está correto o que se afirma em

  • A I e III, apenas.
  • B I, apenas.
  • C II e III, apenas.
  • D I, II e III.

Em relação à crise da dívida externa na década de 1980, avalie as afirmativas a seguir e assinale V para a verdadeira e F para a falsa.

( ) A política de ajustamento externo visou tornar a estrutura de preços relativos favorável ao setor externo.

( ) Visou-se a elevação do superávit público com expansão dos gastos públicos.

( ) Elevou-se a taxa de juros interna e restringiu-se o crédito afim de conter a demanda interna.

As afirmativas são, na ordem apresentada, respectivamente,

  • A V – V – V.
  • B V – F – V.
  • C F – V – V.
  • D F – V – F.
  • E F – F – F.