Questões de República Autoritária : 1964- 1984 (História) Página 1

A partir de meados da década de 1970, a ditadura militar brasileira iniciou um lento processo de abertura. As medidas liberalizantes que aos poucos fizeram o país retornar a uma democracia foram comandadas
  • A pelos estudantes universitários, lutando pela reorganização de suas entidades.
  • B pelos sindicatos de trabalhadores em busca de melhores condições de vida e trabalho.
  • C pelas autoridades militares, buscando promover uma transição sem revanchismos.
  • D pelos políticos do MDB, exercendo sua função de partido de oposição ao governo.
  • E pelo empresariado nacional, contrário à política econômica praticada pelos militares.

A expansão dos anos 70 fez da economia brasileira a oitava economia do mundo capitalista, em termos de capacidade produtiva, ficando atrás apenas dos países altamente industrializados. (...)

Esse crescimento intenso e rápido da economia brasileira apoiou-se em três bases principais.

(Francisco M. P. Teixeira e Maria Elizabeth Totini, História econômica e administrativa do Brasil)

As “três bases principais” desse crescimento, conhecido como milagre econômico, foram

  • A a intervenção do Estado na economia, o grande capital nacional e a forte presença do capital estrangeiro.
  • B a ênfase na agricultura de subsistência, a privatiza- ção de empresas estatais e o uso de tecnologia nacional.
  • C o predomínio da indústria leve, a proibição de multinacionais e o financiamento privado das obras de infraestrutura.
  • D a distribuição equilibrada de renda, os investimentos estrangeiros e a importação de tecnologia chinesa.
  • E o favorecimento às microempresas nacionais, o liberalismo e a política oficial de aumento dos salários.

Pena! Com tudo isso de 1964, matou a nossa liderança camponesa toda. O que foi encontrado de cadáveres, de corpos na estrada entre Caruaru e Campina Grande, inclusive mutilados para ninguém conhecer quem era […] pouca gente sobrou daquele tempo no campo, pouquíssima gente. Sobrou quem a gente escondeu, uma parte, uns que resistiram porque eram fortes, como Joaquim Camilo, que eu te falei, mas Zé Eduardo e Gessino tiveram que se ausentar, mas o resto... Manoelzinho sumiu, ninguém sabe aonde foi que acabou Manoelzinho. Ele era aqui da Mirueira, trabalhava aqui nesse Litoral Norte todo; Igarassu, Goiana, Paulista.” 

O personagem que relata a história acima era médico, membro do Partido Comunista e das Ligas Camponesas e concedeu entrevista no ano de 2011 à equipe de Pesquisadores da Universidade Federal de Pernambuco, integrantes do Projeto Marcas da Memória. Em relação aos movimentos sociais e à repressão durante a Ditadura Civil-Militar em Pernambuco, assinale a alternativa CORRETA. 

  • A Além dos camponeses, que estavam integrados em algumas associações classistas, trabalhadores urbanos, profissionais liberais e até membros da igreja católica também participaram da resistência contra as tropas governamentais.
  • B Por mais que haja depoimentos versando sobre a violência empregada pelo governo, quase nada foi provado contra os militares. A falta de um número maior de provas acaba ratificando a versão de que, em Pernambuco, o regime civil-militar foi moderado.
  • C A resistência ao golpe e à ditadura civil-militar ficou restrita ao meio rural, não sendo possível se verificarem focos de resistência nas zonas urbanas. Dentre as suas principais causas, destaca-se a pouca influência que o Partido Comunista possuía no Recife e em sua região metropolitana bem como a falta de organização da sociedade para ações de resistência, fossem elas individuais ou coletivas.
  • D Ao contrário do que aconteceu no restante do país, em Pernambuco, não houve qualquer ingerência do regime civil-militar no sistema educacional recém-modificado pelo então governador Miguel Arraes. Pelo contrário, percebendo a importância das transformações realizadas por Arraes e Paulo Freire, os militares deram continuidade ao trabalho, percebendo as estratégias do Movimento de Cultura Popular como benéficas para o senso crítico dos cidadãos.
  • E Um dos personagens mais destacados das Ligas Camponesas foi Francisco Julião, personagem fulcral para a repressão dos militares contra os camponeses, uma vez que ele acabou traindo seus companheiros em troca da sua liberdade e permanência no Brasil, após 1964.
O período da História do Brasil conhecido como Repú- blica Democrática (1946-1964) apresentou um grande dinamismo econômico-social. Também caracterizou-se por uma forte efervescência cultural, que acompanhou o crescimento da economia e da urbanização. Sobre esse processo, é INCORRETO afirmar:
  • A Como efeito da constituição de uma “cultura de massas” no país, tivemos o aumento da circulação dos jornais, o incremento do rádio e o surgimento da televisão, com a inauguração da TV Tupi, em São Paulo, em 1950.
  • B Na literatura, a maior liberdade política do período permitiu o surgimento de um movimento de escritores conhecido como “terceira geração modernista”, que apostou na experimentação da linguagem, como Guimarães Rosa.
  • C A produção cinematográfica brasileira conhecida como “chanchada”, comédia musical popular da Atlântida, iria atingir o seu auge durante os anos 50, momento de aceleração da industrialização no País.
  • D Houve significativa diversificação da música nacional, com o surgimento de movimentos musicais que apresentavam novas formas de expressão e questionavam os valores tradicionais, como a Bossa Nova e a Jovem Guarda.
  • E As artes plásticas foram renovadas por uma geração de artistas que iria abandonar a crítica social e a arte figurativa em favor de uma estética mais formal, como o neo-concretismo de Lygia Clark e de Hélio Oiticica.

Nas eleições de 1982, ocorreu um grave escândalo envolvendo a apuração dos votos e a divulgação dos resultados. Esse acontecimento

  • A envolveu a Rede Globo de televisão, que foi acusada de favorecer o candidato Leonel Brizola, que disputava a Presidência da República.
  • B ocorreu devido à impugnação de última hora da candidatura de Leonel Brizola ao governo do Rio de Janeiro, comprovada a compra de votos.
  • D ocorreu devido à ação de sindicalistas que fraudaram urnas para favorecer a candidatura do petista Lysâneas Maciel ao governo do Rio de Janeiro.
  • E tratou-se de uma tentativa de fraude na apuração dos votos para prejudicar o candidato ao governo do Rio de Janeiro, Leonel Brizola.