Questões de Produção em Audiovisual (Áudio e Vídeo)

Limpar Busca
A narração/ad não é um elemento que participa da construção do significado na elaboração de uma obra. Porém, quando colocada junto à obra, passa a ser elemento de composição do significado para quem se utiliza dela. Em relação ao tema, informe se é verdadeiro (V) ou falso (F) o que se afirma a seguir e assinale a alternativa com a sequência correta.
( ) A narração das unidades descritivas, ou seja, cada uma das inserções de audiodescrição dentro de uma marcação de tempo, é colocada preferencialmente entre os diálogos e não interfere nos efeitos musicais e sonoros. ( ) Pode ser ligeiramente adiantada ou atrasada em relação à cena para dar informações necessárias ao andamento da narrativa, desde que não antecipe fatos ou faça versões do que está previsto. O audiodescritor precisa decidir se a informação é importante e se vale a pena operar esse tipo de deslocamento. ( ) Uma boa narração deve ser fluida e não monótona, sem vida. Seu propósito é compor imagens, não se esquecendo, porém, de que obras audiovisuais, como o próprio nome já diz, são compostas por outro elemento que não o visual, e que o sonoro tem grande relevância na significação da obra como um todo.
  • A V – V – V.
  • B V – V – F.
  • C V – F – V.
  • D F – V – F.
  • E F – F – V.
Para a preparação de roteiro de audiodescrição de filme, peça publicitária ou curta metragem é fundamental que o audiodescritor realize um estudo mais aprofundado sobre como funcionam certos aspectos que compõem a estética do audiovisual e que tenha conhecimento da linguagem cinematográfica. Nesse sentido, é correto afirmar que
  • A o plano médio (PM) enquadra uma grande área de ação, na qual o ambiente é mostrado de maneira ampla e é captado à longa distância, o que apresenta o local onde a história ocorrerá naquele momento e situa os personagens da trama.
  • B o grande plano geral (GPG) enquadra somente a cabeça dos personagens.
  • C o primeiríssimo plano (PPP) é utilizado no início da história ou quando há mudança de local. Por meio desse plano, o audiodescritor descreverá o ambiente, a fim de situar o espectador com relação ao espaço que é apresentado no filme.
  • D o primeiro plano (PP) possui um ângulo de visão menor do que o GPG. Por meio dele, o local é apresentado de forma mais precisa e é mostrada a posição do personagem em cena.
  • E O close-up ou plano detalhe enquadra apenas o que é essencial para a compreensão do que está sendo apresentado, destacando-o do resto da cena.
Se em uma cena personagens conversam e, sem que ninguém veja, um dos personagens abre uma gaveta e pega um revólver e mais à frente atira em alguém, é preciso que a narração dessa cena
  • A se sobreponha às falas, caso contrário, a cena em que ele atira em outro personagem não fará sentido.
  • B somente deixe as falas dos personagens.
  • C faça com que a informação seja dada de maneira sucinta, mas aguardando as falas sempre, para não prejudicar o entendimento geral da cena.
  • D não se sobreponha aos diálogos.
  • E seja deixada como está, pois a sobreposição da audiodescrição em filmes e programas de televisão não é recomendada.
O conhecimento dos tipos de planos, por exemplo, e seus significados dentro da narrativa pode auxiliar o audiodescritor a explicitar seus objetivos para o espectador com deficiência visual, ao fazer esta ou aquela escolha. Assinale o plano que corresponde à seguinte audiodescrição.
“O homem continua no chão. É observado de cima pelas pessoas que o cercam”.
  • A Plano Geral.
  • B Primeiro Plano.
  • C Plano médio.
  • D Plongée.
  • E Contraplongée.
Observe o seguinte trecho da cena do roteiro audiodescritor:
“O personagem não está visível, mas pode-se ver as imagens de uma praça através de sua visão”.
Esse plano corresponde a um
  • A plano subjetivo (com câmera subjetiva).
  • B plano médio.
  • C close up.
  • D plano Americano.
  • E plano Conjunto.