Questões de Por que- porque/ porquê/ por quê (Português)

Limpar Busca

Assinale a alternativa que apresenta a palavra que mantém a relação entre as orações estabelecida pelo termo em destaque no trecho a seguir.


“[...] mas com um motivo inapelável para um deles, já que seu irmão está entre os alvos do engodo.” 

  • A por que
  • B porque
  • C por quê
  • D porquê

Assinale a alternativa que apresenta uma proposta de reescrita que mantém os sentidos e a correção gramatical do trecho “Logo eles poderão fazer isso: neste ano, o Incredo começará a ser fabricado em escala industrial.” (linhas de 26 a 28).

  • A Logo eles poderão comprá-lo, pois, neste ano, o Incredo começará a ser fabricado em escala industrial.
  • B Logo, eles poderão comer produtos preparados com Incredo, por que ele começará a ser fabricado, neste ano, em escala industrial.
  • C Eles poderão comprar produtos feitos com Incredo logo, neste ano, e esse novo produto começará a ser fabricado em escala industrial.
  • D Eles começarão a fabricar o Incredo em escala industrial neste ano, logo poderão comprar o creme de avelã feito com o novo produto.
  • E Logo, eles poderão começar a fabricar, neste ano, o Incredo em escala industrial.

A correção gramatical do texto seria mantida se a locução “uma vez que” (linha 34) fosse substituída pela conjunção

  • A portanto.
  • B porquê.
  • C por que.
  • D por quê.
  • E porque.

João Ubaldo Ribeiro em muitos de seus escritos relata sua experiência como professor universitário na disciplina de língua portuguesa, ou seja, o autor domina plenamente a gramática de seu idioma. No entanto, por uma questão de estilo e de respeito ao gênero crônica (tão atrelado ao cotidiano) o autor comete propositadamente alguns desvios gramaticais. Assinale a alternativa que descreva adequadamente o desvio apresentado no excerto abaixo:


Me lembra cachorros cheirando uns aos outros, não sei por quê.

Alternativas:

  • A “Por quê” deveria ser junto por não tratar-se de uma pergunta.
  • B “Por quê” deveria ser sem acento, pois não está após um ponto final.
  • C Não deveria conter vírgula após a palavra “outros”.
  • D Deveria aparecer uma vírgula após a palavra “cachorros”
  • E O correto seria “lembra-me”, pois “me” não pode iniciar uma oração.

Analise o seguinte excerto (texto III) e assinale o que for correto quanto a determinados aspectos linguísticos deste.


“Deve haver uma cooperação mútua para assegurar a manutenção da atividade em todo o país, porque esta se destina ao atendimento de necessidades inadiáveis da sociedade; e, se não for mantida, coloca em perigo a soberania alimentar de toda a população. [...]”.

  • A Se o termo “cooperação” estivesse no plural, o verbo “dever” também deveria ser conjugado no plural.
  • B O termo “porque” também poderia ter sido empregado da seguinte forma: “por que”.
  • C As orações destacadas – uma introduzida por “para”, e outra, por “porque” – têm mesmo valor semântico.
  • D Em “se não for mantida”, o conectivo “se” indica condição.
  • E A expressão “em perigo” modifica semanticamente a forma verbal “colocar”, indicando o meio em que se pratica essa ação.