Questões de Orçamento no Planejamento e Controle de Obras na Arquitetura (Arquitetura)

Limpar Busca

O Custo Unitário Básico (CUB) serve de base para avaliação de uma parte dos custos de construção de edificações. Refere-se ao custo por metro quadrado de uma determinada construção-padrão, calculado de acordo com o que estabelece a NBR 12.721. A respeito do CUB, analise as afirmações a seguir:

I. O CUB é calculado semestralmente pelos Sindicatos da Indústria da Construção Civil

II. Para o cálculo do CUB, uma residência unifamiliar de padrão baixo é composta de dois dormitórios, sala, banheiro, cozinha e área para tanque

III. Os valores do CUB devem ser atualizados mensalmente e amplamente divulgados até o dia 5 do mês subsequente.

IV. Custos de urbanização, ajardinamento e calefação só fazem parte do cálculo para construções de padrão alto

V. O projeto-padrão de um galpão industrial mede 1.000m², composto de área administrativa, dois banheiros, um vestiário e um depósito.


Estão corretas:

  • A I, II e III;
  • B I, III e V;
  • C II, IV e V;
  • D II, III e V;
  • E III, IV e V.

A CNJ 114 é a Resolução que dispõe sobre o planejamento e execução de obras no judiciário. Relativamente ao que a referida resolução estabelece sobre orçamento de obra, está correto o que se afirma em:

  • A Os Tribunais de Justiça dos Estados só poderão utilizar as bases de preços fixados pela Caixa Econômica Federal.
  • B As alterações de planilhas orçamentárias deverão ser justificadas por escrito e previamente autorizadas pela autoridade competente.
  • C Para o início da utilização da obra, aquisição de equipamentos e mobiliário poderão ser incluídos na licitação.
  • D Ainda que algum equipamento faça parte da estrutura ou da composição necessária à obra, ele nunca poderá ser incluído na licitação da obra.
  • E Despesas relativas à instalação e manutenção do canteiro de obras devem ser incluídas na planilha orçamentária como custo indireto, salvo em condições excepcionais devidamente justificadas.

O decreto nº 7.983/2013 padroniza a metodologia para elaboração do orçamento de referência no âmbito de órgãos e entidades que fazem parte da administração pública. Para tanto, estabelece algumas definições, conforme as descritas abaixo. Assinale a alterativa que apresenta a nomenclatura correta para cada definição apresentada.


I. Valor unitário para execução de uma unidade de medida do serviço previsto no orçamento de referência e obtido com base nos sistemas de referência de custos ou pesquisa de mercado.

II. Negócio jurídico por meio do qual a administração pública atribui a um contratado a obrigação de cumprir a execução de uma obra ou serviço.

III. Valor resultante da multiplicação do quantitativo do serviço previsto no orçamento de referência por seu custo unitário de referência.

IV. Regime no qual se contrata a execução da obra ou do serviço por preço certo de unidades determinadas.

V. Regime no qual se contrata a execução da obra ou do serviço por preço certo ou total.

  • A I – Custo unitário de Referência; II – Benefícios e Despesas Indiretas; III – Preço global de referência; IV – empreitada; V – Regime de empreitada por preço unitário
  • B I – Preço global de referência; II – empreitada; III – Custo total de referência; IV Regime de empreitada por preço unitário; V – Regime de empreitada integral
  • C I – Custo total de referência II – Benefícios e Despesas Indiretas; III – Preço global de referência; IV – regime de empreitada integral; V - empreitada
  • D I – Custo unitário de referência; II – Empreitada; III – Custo total de referência do serviço; IV – Regime de empreitada por preço unitário; V- Regime de empreitada por preço global
  • E I – Composição de custo unitário; II – Orçamento de Referência; III – Valor global do contrato; IV – Regime de empreitada por preço unitário; V – Regime de empreitada por preço global

Um dos documentos que permite o gerenciamento de execução de uma obra em termos de avanço de etapas cronologicamente e dos desembolsos de recursos para a sua efetivação é denominado:

  • A Memorial Descritivo.
  • B Cronograma Físico – Financeiro.
  • C Caderno de Encargos.
  • D Orçamento de Preços.