Questões de O processo de socialização (Sociologia)

Limpar Busca

Considerando-se os processos de socialização, é correto afirmar que o texto 14A1-I mostra que

  • A o olhar dos outros é importante na conformação das subjetividades e na criação de possibilidades de ação para os indivíduos.
  • B muitos jovens, como o próprio Emicida, não foram socializados pela educação formal, o que explicaria os erros de grafia da letra da música.
  • C o individuo nasce já com algumas características que naturalmente o posicionam no mundo, traçando seu destino.
  • D a família é uma instituição de socialização primária, mais importante do que as demais instituições, como a escola e o trabalho.
  • E os “vilões” já nascem “vilões”, e a sociedade apenas cria as condições para eles se desenvolverem.

Para o sociólogo francês Pierre Bourdieu, a escola é uma instituição que opera com as desigualdades sociais. Com base na concepção de Bourdieu a respeito da escola, é correto afirmar que

  • A a escola serve, antes de tudo, à crítica da ordem social vigente.
  • B a escola é um espaço de reprodução da visão de mundo e do conhecimento dos pobres.
  • C as desigualdades sociais são bloqueadas a partir do momento em que o estudante adentra o espaço escolar.
  • D os hábitos dos pais, como ler e ir a museus, podem servir de barreiras ao desempenho escolar de estudantes das classes dominantes.
  • E os capitais econômicos e culturais incorporados anteriormente ao ingresso na escola são fatores que influenciam o desempenho do estudante, portanto sua condição de origem importa para seu sucesso escolar.

As teorias clássicas desenvolvidas no âmbito da sociologia brasileira abordam principalmente a formação do povo brasileiro, a organização das instituições sociais e o desenvolvimento econômico do Brasil. A esse respeito, assinale a opção correta.

  • A As teorias desenvolvidas para explicar a formação do Brasil desconsideram aspectos da miscigenação como instrumentos relevantes para estudar o país.
  • B A escravidão ocorrida no território brasileiro, outrora colonial, é negligenciada nas produções sociológicas brasileiras devido a sua complexidade analítica.
  • C A sociologia brasileira é caracterizada por uma grande produção teórica relacionada aos fatores de miscigenação da população e pela influência que essa diversidade de etnias exerceu sob o desenvolvimento e a organização das instituições e estruturas sociais brasileiras.
  • D A sociologia brasileira analisa as desigualdades sociais e raciais no Brasil a partir de uma única perspectiva, conforme a qual a própria população é responsável pelas mazelas sociais existentes.
  • E A produção cultural e a formação da ética e da moral do povo brasileiro denotam aspectos socialmente construídos e não possuem relação com os processos de colonização no Brasil.

As teorias clássicas desenvolvidas no âmbito da sociologia brasileira abordam principalmente a formação do povo brasileiro, a organização das instituições sociais e o desenvolvimento econômico do Brasil. Considerando essas informações, assinale a opção correta.

  • A A sociologia brasileira é constituída por duas gerações: científica e contemporânea.
  • B As teorias dependentistas apontam que a manutenção da posição de desenvolvimento de uma nação é diretamente dependente da posição emergente de outras nações.
  • C Para as teorias baseadas na concepção desenvolvimentista, há impossibilidade de superação da posição emergente em que o Brasil se encontra, ainda que haja investimentos massivos no processo de industrialização.
  • D As teorias sociológicas que tratam do desenvolvimento econômico do Brasil negligenciam os aspectos culturais, morais e éticos em suas análises.
  • E Tanto as teorias dependentistas quanto as teorias desenvolvimentistas surgiram da perspectiva econômica marxista.
A perspectiva de um bom futuro para o país passa por discussões educacionais. Sobre esse tema, assinale a alternativa correta.
  • A Segundo os sociólogos Pierre Bourdieu e Jean Claude Passeron, a escola é um dos espaços de reprodução das desigualdes sociais, culturais e econômicas.
  • B É na educação que reside a esperança de uma sociedade mais igualitária e justa. Desde o final do século XVIII, a escola tem o papel social de ensinar todas as classes sociais com o objetivo de combater as desigualdades.
  • C Émile Durkheim, em Educação e sociologia, realiza uma extensa pesquisa histórica sobre a função social da escola. Segundo ele, historicamente, a educação expressa os valores absolutos da sociedade, sendo pouco permeada pelo desenvolvimento científico, político e econômico.
  • D A escola, nas sociedades ocidentais, não pode ser considerada um fato social de acordo com a teoria de Durkheim, pois não atende ao requisito de exterioridade ao indivíduo.
  • E Zygmunt Bauman, em Modernidade e ambivalência, apresenta que a instituição escola, na modernidade, mantém os mesmos valores tradicionais criados em épocas anteriores, devido ao comprometimento no que tange à segurança, à confiança e à estabilidade social.