Questões de Normas e Legislações (Engenharia Civil)

Limpar Busca

O PBQP-H, Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat, é um instrumento do Governo Federal para cumprimento dos compromissos firmados pelo Brasil quando da assinatura da Carta de Istambul (Conferência do Habitat II/1996). Assinale a alternativa que NÃO apresenta um objetivo específico do programa.

  • A Combater a não conformidade técnica.
  • B Coletar e disponibilizar informações do setor da construção civil.
  • C Evitar o uso de sistemas construtivos inovadores.
  • D Promover a melhoria da qualidade de gestão de projetos e obras habitacionais.
  • E Universalizar o acesso à moradia.

Os pilares de concreto armado são geralmente classificados em de canto, de extremidade e intermediários. Sobre o dimensionamento de pilares, conforme requisitos da ABNT NBR 6118:2014, assinale a alternativa correta.

  • A Em pilares intermediários, pode-se desprezar os momentos iniciais transmitidos pelas vigas, portanto na situação de cálculo, tem-se apenas compressão centrada.
  • B Em pilares de extremidade, existem momentos iniciais transmitidos pelas vigas, portanto, na situação de projeto, tem-se flexocompressão oblíqua.
  • C Em pilares de canto, existem momentos iniciais transmitidos pelas vigas nas duas direções, portanto, na situação de projeto, tem-se flexocompressão normal.
  • D No caso de elementos pouco comprimidos com força normal menor que 0,10.fcd.Ac, o índice de esbeltez pode ser maior que 200.
  • E No caso de utilização de pilares com dimensões menores que 19 cm, é necessário utilizar um coeficiente de minoração dos esforços solicitantes.

Para padronizar a linguagem, a norma DNIT 005/2003 – TER apresenta os termos técnicos que devem ser empregados em relação aos defeitos que porventura possam ocorrer em pavimentos flexíveis e semirrígidos. Desse modo, relacione a Coluna 1 à Coluna 2.


Coluna 1

1. Remendo.

2. Fissura.

3. Trinca.

4. Afundamento.

5. Panela.


Coluna 2

( ) Cavidade que se forma no revestimento por diversas causas, inclusive por falta de aderência entre camadas superpostas.

( ) Panela preenchida com uma ou mais camadas de pavimento na operação denominada de “tapaburaco”.

( ) Fenda de largura capilar existente no revestimento, posicionada longitudinal, transversal ou obliquamente ao eixo da via.

( ) Fenda existente no revestimento, facilmente visível à vista desarmada. Pode ser isolada ou interligada.

( ) Deformação permanente caracterizada por depressão da superfície do pavimento acompanhada, ou não, de solevamento.


A ordem correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

  • A 1 – 2 – 3 – 4 – 5.
  • B 2 – 3 – 4 – 5 – 1.
  • C 3 – 4 – 5 – 1 – 2.
  • D 4 – 5 – 1 – 2 – 3.
  • E 5 – 1 – 2 – 3 – 4.

Um fiscal foi designado a avaliar o desempenho da central em operação contínua que fornece o concreto para as obras. Sabe-se que a norma ABNT NBR 7212:2012 estabelece requisitos para execução de concreto dosado em central e inclui as operações de armazenamento dos materiais, dosagem, mistura, transporte, recebimento e metodologia para controle do processo de dosagem, que tem por objetivo avaliar o desempenho de suas atividades produtivas e estabelecer o desvio padrão da central.


Portanto, para uma única classe de resistência de uma determinada família de concreto, o número mínimo de exemplares e a frequência de amostragem para uma análise estatística devem ser iguais, respectivamente, a:

  • A 40 exemplares e uma amostra a cada 50m³, sendo, no mínimo, duas amostras por dia de operação.
  • B 32 exemplares e uma amostra a cada 30m³, sendo, no mínimo, uma amostra por dia de operação.
  • C 24 exemplares e uma amostra a cada 30m³, sendo, no mínimo, duas amostras por dia de operação.
  • D 16 exemplares e uma amostra a cada 50m³, sendo, no mínimo, uma amostra por dia de operação.
Os projetos complementares ao projeto arquitetônico visam auxiliar na construção da edificação, considerando-se as interfaces e as compatibilizações entre eles. Dessa maneira e segundo Norma Técnica, assinale a alternativa que NÃO corresponde aos equipamentos e elementos complementares de um projeto.
  • A Elementos de comunicação visual (ambientes exteriores e interiores).
  • B Equipamentos sanitários.
  • C Mobiliário acessório ou incorporado, em ambientes exteriores e interiores.
  • D Jardins e paisagismo.
  • E Sistemas de instalações prediais.