Questões de Neurologia (Fisioterapia)

Limpar Busca
A doença de Parkinson é uma disfunção neurológica comum no adulto. Acerca dessa doença, julgue o próximo item.

É caracterizada como doença progressiva e degenerativa do sistema nervoso central que acomete os núcleos da base.
  • Certo
  • Errado
A doença de Parkinson é uma disfunção neurológica comum no adulto. Acerca dessa doença, julgue o próximo item.

Os quatro sinais clássicos da doença são: rigidez muscular; tremor; demência; e diminuição da estabilidade postural.
  • Certo
  • Errado
A doença de Parkinson é uma disfunção neurológica comum no adulto. Acerca dessa doença, julgue o próximo item.

O miniexame do estado mental e o índice de Katz são utilizados para avaliar o cognitivo dos pacientes.
  • Certo
  • Errado

As posturas de neurodesenvolvimento promovem benefícios durante o tratamento das crianças com disfunções neurológicas.


São benefícios da postura de decúbito ventral sobre os cotovelos, exceto:

  • A Aumento da amplitude de movimento nos extensores de quadril.
  • B Melhora a força dos estabilizadores da cabeça e do pescoço.
  • C Melhora o controle do tronco inferior e dos membros inferiores.
  • D Melhora a força dos estabilizadores de ombro.

Juliano, 5 anos de idade, tem mielomeningocele com nível neurológico L3-L4. Os grupos musculares preservados e o status esperado para a deambulação são:

  • A flexores de quadril pobres, elevadores da pelve (graus 4-5 de força muscular), não há força de extensores de joelho. Dependente de cadeira de rodas para mobilidade externa. Deambulador domiciliar com órtese e dispositivos auxiliares.
  • B flexores de quadril, extensores de joelho (grau 4-5 de força muscular), flexores de joelho (grau < 3 de força muscular), traço de atividade em extensores e adutores de quadril. Dependente de cadeira de rodas para mobilidade interna e externa. Deambulador domiciliar com órteses e dispositivos de apoio.
  • C flexores de quadril pobres, elevadores da pelve (graus 4-5 de força muscular), não há força de extensores de joelho. Dependente de cadeira de rodas para mobilidade interna e externa. Deambulador domiciliar com órteses e dispositivos de apoio.
  • D flexores de quadril, extensores de joelho (grau 4-5 de força muscular), flexores de joelho (grau < 3 de força muscular), traço de atividade em extensores e adutores de quadril. Dependente de cadeira de rodas para mobilidade externa. Deambulador domiciliar com órtese e dispositivos auxiliares.
  • E extensores e abdutores de quadril (grau 2-3 de força muscular), flexores de joelhos (grau > 3 de força muscular), flexoresplantares (grau < 3 de força muscular). Deambulador comunitário com necessidade de órtese anti-equino. Cadeira de rodas apenas para longas distâncias externas.