Questões de Geração de Energia (Engenharia Elétrica)

Limpar Busca

Selecione a alternativa que indica uma fonte de energia renovável.

  • A Petróleo e derivados.
  • B Gás Natural.
  • C Carvão mineral e coque de carvão.
  • D Energia Eólica.

Selecione a alternativa que indica uma fonte de energia renovável.

  • A Energia Eólica.
  • B Petróleo e derivados.
  • C Gás Natural.
  • D Carvão mineral e coque de carvão.

Uma pequena central hidrelétrica possui dez geradores síncronos com capacidade de produção de 2 [MVA] cada. A altura da coluna de água, que é responsável pela geração de eletricidade, é de 10 [m]. Considerando que a aceleração da gravidade é 10 [m/s2 ] e que não há quaisquer perdas nessa central, a vazão de água deve ser de

  • A 25 [m3 /s], quando a usina produz 10 [MVA], com fator de potência 0,8 (capacitivo).
  • B 50 [m3 /s], quando a usina produz 10 [MVA], com fator de potência 0,6 (capacitivo).
  • C 100 [m3 /s], quando a usina opera a plena carga.
  • D 200 [m3 /s], quando a usina opera a plena carga.
  • E 400 [m3 /s], quando a usina opera a plena carga.

Usinas hidrelétricas a fio d’água não dispõem de reservatórios ou os têm em pequenas dimensões. A opção pela construção desse tipo de usina, em detrimento de usinas hidrelétricas que possuem reservatório, implica redução na capacidade de armazenamento de energia do sistema elétrico em que estão conectadas. No contexto brasileiro,

  • A o desperdício de capacidade produtiva de energia a montante das usinas a fio d´água é perfeitamente reversível, o que torna dispensável o debate técnico e político para a decisão pela sua construção.
  • B a regularização da vazão de um curso de água é uma decisão que deve necessariamente englobar a dimensão socioambiental, resultando em uma escolha entre alternativas que precisam ficar definitivamente claras para a sociedade.
  • C a matriz de geração nacional tem forte predominância hidrotérmica e, portanto, quando há escassez de recursos hídricos, as usinas a fio d’água podem contribuir para reduzir a necessidade de uso de energia de fonte térmica, mais cara e mais poluidora que a hidrelétrica.
  • D as eólicas podem suprir a necessidade de armazenamento de energia, visto que se configuram como opção para a base da matriz elétrica nacional, e garantem acréscimo anual de energia compatível com as projeções de crescimento econômico.
  • E o crescimento do mercado consumidor de energia e a implantação de usinas a fio d’água podem contribuir para o aumento da confiabilidade do sistema, permitindo ao Operador Nacional do Sistema resguardar-se do gerenciamento anual dos estoques de água nas usinas.

Para atendimento a moradias populares, está sendo avaliada a utilização de painéis solares para duas aplicações: aquecimento solar de água ou produção de energia elétrica por células fotovoltaicas. Para aquecimento de água, foi proposta uma solução contendo painéis solares, com boiler e sistemas de controle de temperatura, por um custo total de R$ 3.000,00 por moradia, com vida útil de 20 anos, sendo capaz de promover uma economia de 50% na conta de energia elétrica mensal. Para geração de energia fotovoltaica, foi proposta uma solução contendo painéis fotovoltaicos, inversor e banco de baterias, por um custo de R$ 9.600,00 por moradia, com vida útil de 15 anos, sendo capaz de promover uma economia de 80,0 [%] na conta de energia elétrica mensal. As moradias populares, sem essas melhorias energéticas, possuem uma despesa média anual com energia elétrica de R$ 600,00. Desprezando-se juros e inflação, é correto afirmar que a solução para aquecimento

  • A e para geração de energia fotovoltaica são, ambas, inviáveis economicamente, se o consumo real anual for exatamente de R$ 600,00.
  • B e para geração de energia fotovoltaica são, ambas, viáveis economicamente, se o consumo real anual for inferior a R$ 600,00.
  • C e para geração de energia fotovoltaica são, ambas, inviáveis economicamente, se o consumo real anual for superior a R$ 600,00.
  • D é inviável, enquanto que a geração de energia fotovoltaica é viável economicamente.
  • E é viável, enquanto que a geração de energia fotovoltaica é inviável economicamente.