Resumo de Física - Inversão Térmica

Fenômeno meteorológico que bloqueia a circulação dos ventos

O impedimento da circulação natural dos ventos é chamado de inversão térmica. Esse fenômeno acontece quando a camada de vento quente que fica na superfície não consegue passar pela camada de vento frio e vice e versa. 
Geralmente esse movimento é muito comum em locais que possuem maior poluição do ar, como nas grandes cidades, a exemplo de São Pulo e Nova Iorque, e grandes centros industrializados. 
O processo da inversão térmica permite um maior contato das pessoas com o ar poluído, já que ele não consegue ser dissipado com o bloqueio. Esse contato pode gerar alguns problemas de saúde na população desses locais, como doenças cardiorrespiratórias, coceiras nos olhos e na garganta, asma, bronquite, entres outros. 

Como ocorre o processo da Inversão Térmica

Para entender o processo da inversão térmica é necessário compreender como acontece a circulação natural dos ventos na atmosfera. Essa circulação ocorre com a transformação do ar quente em frio e vice e versa. 

O ar mais quente é mais leve e menos denso, por isso tem facilidade para se movimentar em direção a altitudes maiores. Já o ar mais frio é mais pesado e mais denso, por isso tende a estar na parte mais baixa. 
O ar quente é gerado a partir da reação dos raios provindos do sol no solo. Como ele é mais leve, vai subir, porém quanto mais alto ele chegar mais frio ele fica. Logo, ele vai descer, por estar mais denso. 
Quando ele estiver mais próximo do solo, ele vai aquecer e consequentemente vai subir para as altitudes maiores. Esse movimento gera a circulação dos ventos
Como o ar quente é mais leve, quando ele sobe, consegue dissipar o ar poluído que é produzido na superfície.  A questão é que com a inversão térmica esse movimento é impedido. 

O que acontece é o impedimento da circulação do ar frio, que é mais denso. Com isso ele fica “preso” nas regiões mais próximas da superfície, se misturando ao ar poluído e impedindo que ele seja dissipado. 
Como a inversão térmica é um fenômeno atmosférico, é de certa forma um movimento natural. De fato, ele ocorre comumente no período da madrugada quando o solo fica muito tempo sem a exposição da luz do sol e assim acontece a diminuição da temperatura do ar. 
Além disso, no inverno também é comum o processo de inversão térmica, já que as temperaturas já estão mais baixas. 
A inversão térmica se torna um problema quando há a poluição excessiva do ar, potencializando o fenômeno e gerando consequências não apenas ambientais, mas também de saúde para a população. 

Como reduzir os efeitos da Inversão Térmica

Infelizmente, quanto mais as grandes cidades e centros urbanos se desenvolvem, mais o processo de inversão térmica e seus danos são potencializados. 
Existem algumas medidas que podem ser adotadas pelos governos e representantes dessas cidades que podem amenizar os impactos desse processo. Um deles é a implementação de políticas ambientais que sejam de fato eficientes e favoráveis ao meio ambiente. 
Além disso, é necessário que essas políticas sejam controladas e fiscalizadas para que sejam respeitas e cumpridas.
O governo também pode adotar uma política de diminuição das queimadas e a adoção do uso de biocombustíveis e energia elétrica limpa e renovável para substituir o uso de combustíveis fósseis que são tão prejudiciais ao meio ambiente. Outra medida possível é execução de campanhas que conscientizem os cidadãos da necessidade da existência de uma preservação ambiental. 

Fenômenos atmosféricos 

Os fenômenos atmosféricos são os eventos climáticos que acontecem de forma natural, sem precisar da ação humana. Em algumas situações, a interferência do homem potencializa o acontecimento desses fenômenos, gerando problemas ambientais graves. 
O efeito estufa, os ciclones, tornados, a inversão térmica e furacões são exemplos de fenômenos atmosféricos bastante conhecidos e estudados. Além deles é possível citar ainda o El Niño e a La Niña.

Dentre os citados, o efeito estufa  é o mais estudado. Ele é responsável por absorver os raios solares garantindo o equilíbrio e a manutenção dos níveis de calor no planeta Terra
Voltar

Questões