Resumo de História - Causas da Primeira Guerra Mundial

Uma das Causas da Primeira Guerra Mundial, a razão que foi imediatamente sinalizada, foi o Atentado de Sarajevo, capital da Bósnia.

O incidente aconteceu no dia 28 de junho de 1914 e matou o herdeiro do Império Austro-Húngaro, o arquiduque Francisco Fernando Carlos Luís José Maria de Áustria-Este (1863 – 1914) e a sua esposa, a duquesa Sofia Maria Josefina Albina de Chotek (1868 – 1914).

O atentado foi praticado pelo nacionalista (adepto da tese ideológica que surgiu depois da Revolução Francesa) sérvio Gavrillo Princip (1894 – 1918), que se autodeclarava anarquista radical, era um revolucionário que se opunha a todo tipo de hierarquia e dominação. Ele era ligado à organização Mão Negra, um grupo sérvio que era ultranacionalista e terrorista.

A organização Mão Negra foi responsável pelo atentado de Sarajevo e provocou a Crise de Julho, que foi uma crise diplomática entre as principais potências da Europa no verão de 1914 e que após algumas semanas, resultou na eclosão da guerra e foi uma das causas da Primeira Guerra Mundial.

As Causas da Primeira Guerra Mundial

Histórico

A Primeira Guerra Mundial começou no dia 28 de julho de 1914 e perdurou até o dia 11 de novembro de 1918, quando ocorreu a rendição da Alemanha. No fim do século XIX, a Europa estava vivendo em um clima de total insegurança, e por esse motivo, foi elaborado um sistema de alianças e acordos.

Com objetivo de garantir apoio militar bilateral e proteção no caso de ser deflagrada uma guerra, o sistema dividiu o continente europeu em dois blocos distintos, são eles:

  • Tríplice Aliança – surgiu em 20 de maio de 1882 e foi um acordo econômico, político e militar entre Alemanha, Império Austro-Húngaro e Itália.
  • Tríplice Entente – surgiu no início do século XX, no ano de 1907 e foi um acordo firmado entre França, Reino Unido e Rússia, com objetivo de contestar a Tríplice Aliança.

Os Fatos

Muitas foram as causas da Primeira Guerra Mundial. Em 28 de julho de 1914, o Império Austro-Húngaro declarou guerra à República da Sérvia e com isso ocorreu a mobilização das tropas da Rússia, em apoio aos sérvios. A princípio, aconteceu somente uma mobilização parcial em direção à fronteira Austro-Húngara.

No dia 31 de julho, depois que do alto comando militar russo declarar ao império que o movimento teria uma logística improvável, foi determinada uma mobilização geral. Então, foi colocado em prática o Plano Schlieffen, um planejamento de estratégia militar aplicado pelo exército alemão.

O Plano Schlieffen decidiu por um ataque rápido à Rússia, que era aliada da França, enquanto as tropas estavam no começo da mobilização, com objetivo de evitar um ataque na região oeste. Com isso, a Alemanha decretou guerra contra a Rússia no dia 1º de agosto e contra a França dois dias depois, em 03 de agosto.

Como uma das causas da Primeira Guerra Mundial, a Alemanha invadiu rapidamente os países Bélgica e Luxemburgo, com intuito de dominar as fortificações de toda a extensão da fronteira francesa. Com a invasão da Bélgica, ocorreu o decreto da guerra britânica contra o país alemão, no dia 04 de agosto.

Após essa declaração de guerra, cinco das seis maiores potências da Europa, se envolveram naquela que foi a primeira guerra europeia, depois das Guerras Napoleônicas (conflitos entre o Império Francês, comandado por Napoleão Bonaparte e o grupo de alianças dos países da Europa).

Ainda que, entre as causas da Primeira Guerra Mundial tenha acontecido o estímulo das várias ocorrências consecutivas, que apareceram após o assassinato do arquiduque Francisco Fernando, houveram outros motivos intensos, que envolveram muitas questões culturais, econômicas e políticas.

Além da complicada estrutura de alianças, desenvolvidas entre as mais divergentes potências europeias, no decorrer do século XIX, depois do fracasso final de Napoleão Bonaparte (1769 – 1821), no ano de 1815 e o Congresso de Viena (conferência entre os embaixadores das grandes potências europeias, que aconteceu em Viena – capital da Áustria, entre setembro de 1814 e junho de 1815).

Inicialmente, as principais causas da Primeira Guerra Mundial foram:

  • A complexidade do sistema de alianças
  • Atrasos e divergências nas comunicações diplomáticas
  • Corrida armamentista
  • Divisão da África
  • Governos não unificados
  • Imperialismo
  • Movimentos Ultranacionalistas – Irredentismo
  • Planejamento militar rígido
  • Rivalidades anteriores não solucionadas

Os principais Fatores

Entre as causas da Primeira Guerra Mundial, é possível citar:

  • Antigermanismo francês – surgiu como resultado da Guerra Franco-Prussiana, que aconteceu entre os anos de 1870 e 1871. A França foi derrotada e obrigada a entregar as regiões de Alsácia e Lorena (rica em minério de ferro), para a Alemanha.
  • Antigermanismo inglês – surgiu como consequência da concorrência industrial alemã. Quando se aproximava a guerra, os produtos alemães e ingleses eram concorrentes nas transações comerciais, que até aquele momento, eram dominados unicamente pela Inglaterra. Quando os produtos da Alemanha iniciaram a introdução na Inglaterra, toda a burguesia financeira e industrial inglesa, começaram a elaborar a ideia de que precisariam conter a Alemanha.
  • Expansionismo alemão – a Alemanha se tornou a maior potência industrial entre os países da Europa, despertando uma hostilidade na França, na Inglaterra e na Rússia.
  • Imperialismo e colonialismo – foram elaborados por causa do inacreditável desenvolvimento industrial que provocou os impactos dos interesses econômico e político entre as grandes potências industrializadas. O imperialismo é uma política de expansão e domínio territorial, cultural e econômico de uma nação dominante sobre outras. O colonialismo é uma maneira de impor a autoridade de uma cultura sobre outra e pode ocorrer de forma forçada, através do uso do poder militar, ou outro modo, como arte e linguagem.
  • Progresso do capitalismo – houveram inúmeros e sérios problemas sociais entre o proletariado urbano e os trabalhadores menos favorecidos. O capitalismo é um sistema econômico que está baseado na propriedade privada dos meios de produção e tem como seus principais objetivos, o lucro e a acumulação de riquezas, trata-se do sistema mais adotado no mundo atualmente.
  • Rivalidade russo-germânica – foi provocada pela ambição da Alemanha em construir uma estrada de ferro que ligasse Berlim, capital alemã até Bagdá, capital do Iraque. A Rússia então reagiu negativamente, porque essa ferrovia iria ligar a Alemanha ao Oriente Médio, que é rico em extração e produção de petróleo, além de ter um atraente mercado consumidor. A ferrovia ainda passaria pelas regiões onde os russos desejavam ampliar a sua influência.

Voltar

Questões