Questões de Artes Plásticas Página 1

Artes Plásticas

Compartilhe esta questão

“Vivemos a era “inter”. Estamos vivendo um tempo em que a atenção está voltada para a internet, a interculturalidade, a interdisciplinaridade e a integração das artes e dos meios como modos de produção de significados desafiadores de limites, fronteiras e territórios. Entretanto, os arte-educadores têm dificuldades de entender a arte “inter” produzida hoje.”.

BARBOSA, A. M. Interterritorialidade na Arte/Educação e na Arte. p. 23. In: BARBOSA, A. M.; AMARAL, L. (org.). Interterritorialidade: mídias, contextos e educação. São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2008.  

 Ao estabelecer uma relação entre o termo “inter” e arte, BARBOSA enfatiza a dificuldade que os "arte-educadores" têm de entender a(s)  

  • A arte contemporânea.
  • B relações possíveis entre o ensino de artes e as demais disciplinas escolares.
  • C internet como ferramenta nas aulas de Artes.
  • D rapidez com a qual a arte “inter” expande seus limites, fronteiras e territórios.
  • E hibridizações de códigos e linguagens operadas pela arte hoje.

Artes Plásticas

Compartilhe esta questão
O ensino de artes nas escolas formais brasileiras é um fenômeno relativamente recente. Na atualidade, é marcado pela prática de contextualização e atenção às heranças culturais. Contudo, durante a inclusão do ensino de artes na educação básica, a década de 1970 foi marcada pela
  • A polivalência.
  • B Abordagem Triangular.
  • C prática artística como processo consumatório.
  • D adoção da teoria dos estudos culturais.
  • E prática da releitura.

Artes Plásticas

Compartilhe esta questão
Quanto à definição dos elementos morfológicos e sintáticos da linguagem visual, é correto afirmar-se que:  
  • A os elementos morfológicos estão relacionados à posição dos elementos sintáticos num discurso visual. 
  • B os elementos morfológicos são aqueles que formam um discurso visual, como linhas, pontos e formas.  
  • C os elementos sintáticos são caracterizados por linhas, pontos e formas.
  • D elementos sintáticos são aqueles que formam um discurso visual.
  • E um discurso visual não depende de qualquer elemento morfológico ou sintático.

Artes Plásticas

Compartilhe esta questão

A respeito do processo de fruição das artes, é correto afirmar que:

  • A a presença de um mediador cultural é indispensável ao processo de fruição de uma obra de arte.  
  • B a obra de arte guarda em si todas a possibilidades de narrativas e interpretações.
  • C é necessário um mínimo de conhecimento sobre a linguagem artística para ocorrer um processo satisfatório de fruição.  
  • D apenas artistas e especialistas em arte são capazes de interpretar e fruir uma obra de arte. 
  • E o capital cultural de um indivíduo é um dos fatores determinantes na percepção e na construção de significados de uma obra de arte.  

Artes Plásticas

Compartilhe esta questão

“A perspectiva da cultura visual permite, então, incorporar a problemática que esteve fora da esfera da arte na educação. E o faz a partir do questionamento de noções como originalidade, autoria, recepção, representação, intensão do artista, linguagem visual centrada no formal, contexto de produção, de expressão, a criança como artista e, de maneira especial, o relato salvador da educação pela arte. O que introduz a perspectiva da cultura visual, a qual provisoriamente me vinculo – pois não se deve esquecer que não existe uma opção do que é denominado como cultura visual – é a consideração das práticas artísticas como práticas discursivas – culturais – que têm efeitos na maneira de ver e de ver-se.”

HERNÁNDEZ. F. A cultura visual como um convite à deslocalização do olhar e ao reposicionamento do sujeito. p. 43. In: MARTIZ, R.; TOURINHO, I. (org.) Educação da cultura visual: conceitos e contextos. Santa Maria: Ed da UFSM, 2011.

Para HERNÁNDEZ, a cultura visual  

  • A pode ser encarada como uma possibilidade de mudança paradigmática no ensino de artes.
  • B contribui com outra narrativa para que a escola possa ser um lugar no qual se aprenda com imagens.  
  • C é uma condição cultural marcada por nossa relação com as tecnologias e a comunicação, afetando as formas como nos vemos a nós mesmos e ao mundo.  
  • D é um guarda-chuva debaixo do qual se incluem imagens e artefatos do presente que dão conta de como vemos e somos vistos por esses objetos. 
  • E pode contribuir com as práticas artísticas experimentadas na escola e nas comunidades, orientando projetos apaixonantes, a partir dos quais os participantes possam aprender unicamente sobre si mesmos.