Questões comentadas das provas da Instituto Consulplan

Limpar Busca
No texto “O fim do mundo”, a autora Cecília Meireles recomenda aos leitores uma reflexão sobre a importância que cada um de nós dá para a possibilidade do mundo acabar, transfazendo, assim, nossas perspectivas e concepções e, possivelmente, um arrependimento, um remorso. Assinale a afirmativa cujo conteúdo identifica o tema abordado na crônica. 
  • A Uma temática filosófica sobre o dissabor da morte através de uma linguagem misteriosa e enigmática.
  • B A preocupação exagerada das pessoas com o “fim do mundo” que, na verdade, não está próximo na história.
  • C A falta de importância dada ao “fim do mundo” e as consequências de uma vida vivida de maneira audaciosa e leviana.
  • D Os elementos e aspectos únicos do mundo que não são tão importantes para muitas pessoas, devido à sua visão errônea de mundo.
A crônica de Cecília Meireles versa a respeito do fim do mundo. Nela, é possível notar que a autora não dá tanta importância em ver o seu planeta acabar por completo. Tal fato pode ser claramente comprovado através do fragmento textual: 
  • A “Aprendi muitas coisas, entre as quais o suposto sentido do mundo.” (5º§)
  • B “Se o fim do mundo for mesmo em fevereiro, convém pensarmos desde já se utilizamos este dom de viver da maneira mais digna.” (8º§)
  • C “Deve ter mesmo muitos, inúmeros, pois em redor de mim as pessoas mais ilustres e sabedoras fazem cada coisa que bem se vê haver um sentido do mundo peculiar a cada um.” (5º§)
  • D “A primeira vez que ouvi falar no fim do mundo, o mundo para mim não tinha nenhum sentido, ainda; de modo que não me interessavam nem o seu começo nem o seu fim.” (1º§)
Releia o trecho a seguir: “Ora, o cometa desapareceu, aqueles que choravam enxugaram os olhos, o mundo não se acabou, talvez tenha ficado um pouco triste – mas que importância tem a tristeza das crianças?” (4º§). Assinale a alternativa cujo conteúdo determina a relação entre a ideia introduzida pela expressão destacada e aquela veiculada antes dessa mesma expressão. 
  • A Oposição.
  • B Condição.
  • C Conclusão.
  • D Acrescentamento.
Assinale a afirmativa INCORRETA.
  • A Em “[...] o mundo não se acabou, talvez tenha ficado um pouco triste [...]” (4º§), o termo grifado exprime circunstância de “possibilidade”.
  • B No excerto “Se o fim do mundo não for em fevereiro, todos teremos fim, em qualquer mês...” (11º§), a expressão destacada denota ideia de “causa”.
  • CEnquanto isso, os planetas assumem os lugares que lhes competem, na ordem do universo, [...]” (10º§) O pronome “lhes” refere-se “aos planetas”.
  • DNinguém fala em cometa, e é pena, porque eu gostaria de tornar a ver um cometa, para verificar se a lembrança que conservo dessa imagem do céu é verdadeira ou inventada pelo sono dos meus olhos naquela noite já muito antiga.” (6º§) A preposição “para” estabelece relação de “finalidade”.
Considerando o contexto em que estão inseridas, as palavras destacadas podem ser substituídas pelas seguidamente indicadas, conservando o mesmo sentido. Isso NÃO ocorre em: 
  • A “Por que as pessoas andavam tão apavoradas?” (3º§) – espantadas; assustadas.
  • B “Por que mentimos tanto, com palavras tão judiciosas.” (7º§) – estúpidas; imbecilizadas.
  • C “[...] e, estremunhada, levaram-me à janela para me apresentarem à força ao temível cometa.” (3º§) – estonteada; sonolenta.
  • D “[...] e aludiam a um cometa que andava pelo céu, responsável pelo acontecimento que elas tanto temiam.” (1º§) – apontavam; mencionavam.