Questões de Teoria do Consumidor (Economia) Página 1

Um consumidor tem como curvas de indiferença retas paralelas, entre os dois bens, X e Y, conforme se vê na Figura abaixo.


Tal fato significa que, para esse consumidor, X e Y são bens

  • A complementares
  • B inferiores
  • C substitutos perfeitos
  • D com o mesmo preço
  • E consumidos em quantidades iguais

Considere o gráfico a seguir.



A curva II resulta de um deslocamento para cima da curva de oferta I após a aplicação de um tributo sobre o consumo do bem cujo mercado se analisa. A demanda por esse bem é representada pela curva III. O chamado “peso morto da tributação” é dado pela área

  • A "C".
  • B "A".
  • C "D" menos a área "B".
  • D "B".
  • E "D" menos a área "A".

Dentro da teoria econômica do consumidor, há uma preocupação com as escolhas de consumo. Essas escolhas permeiam dois elementos: as preferências e as restrições que se aplicam ao consumo. É dessa relação que se estabelece o quanto um determinado agente econômico irá consumir. No entanto, há situações específicas no consumo que devem ser levadas em consideração. Dado esse contexto e considerando um problema com dois bens somente e que todos os pressupostos sobre as preferências sejam respeitados, assinale a afirmativa correta.

  • A Ao se afirmar que os bens apresentam complementariedade perfeita, uma das soluções do problema de escolha é definida como a solução de canto.
  • B Quando há presença de bens perfeitamente substitutos, uma das soluções do problema de escolha é definida como a solução de canto.
  • C Quando há presença de bens perfeitamente complementares, a relação de ótimo para escolha de consumo depende unicamente dos preços.
  • D Ao se afirmar que os bens são substitutos perfeitos, não haverá solução para o problema de escolha de consumo.

Um casal tem um apartamento A com 100m² de área e cujo valor por m² é de R$ 1.000,00.

Após diversas procuras, eles encontram quatro opções:

• um apartamento B cujo valor é de R$ 1200,00 por m² e cujo tamanho é de 200m²; • um apartamento C, cujo valor é de R$ 900,00 por m² e cuja área é de 120m²; • um apartamento D cujo valor é de R$ 950 m² e cuja área é de 110 m²; e • um apartamento E, cujo valor é de R$ 700 m² e cuja área é de 90 m².

Considerando que o casal tem orçamento para adquirir qualquer apartamento e preferências monotônicas e convexas, o ótimo de Pareto, nessa situação será

  • A manter o apartamento A.
  • B comprar o apartamento B pois há melhora de Pareto em relação ao tamanho.
  • C comprar o apartamento C pois há melhora de Pareto tanto em termos de valor por metragem como em termos de área.
  • D comprar o apartamento D pois há melhora de Pareto tanto em termos de valor por metragem como em termos de área.
  • E comprar o apartamento E, porque há melhora de Pareto em relação ao menor custo por metragem.

Em relação ao comportamento maximizador do consumidor, julgue o item a seguir.


Dois indivíduos com consumos idênticos possuem iguais preferências.

  • Certo
  • Errado