Questões de Teoria da Determinação da Renda e do Produto (Economia) Página 1

Considerando uma propensão marginal a poupar de 0,25, um aumento de 100 unidades nos gastos do governo e um aumento de 100 unidades na arrecadação dos tributos geram uma alteração no nível de renda de:

  • A 100 unidades.
  • B 200 unidades.
  • C 300 unidades.
  • D 400 unidades.
  • E 700 unidades.

De acordo como a visão monetarista, um fator essencial para a estabilidade da economia é:

  • A a demanda agregada.
  • B o crescimento estável do estoque de moeda.
  • C o crescimento instável do estoque de moeda.
  • D a demanda por investimento do setor privado.
  • E a demanda por consumo.

O hiato inflacionário, diferença entre a demanda agregada e a oferta agregada de pleno emprego, acontece quando a economia:

  • A atinge o nível de produto do pleno emprego.
  • B está abaixo do nível de produto de pleno emprego.
  • C está além do nível de produto de pleno emprego.
  • D está num nível de produto considerado um processo de depressão.
  • E está num nível de produto considerado um processo de recessão.

O Produto Interno Bruto potencial (PIB potencial), em determinada economia, aumenta a uma taxa percentual inferior ao crescimento percentual da demanda agregada por bens e serviços.

essa economia, a(o)

  • A inflação tende a aumentar.
  • B inflação pode estar diminuindo.
  • C demanda agregada é menor do que o PIB potencial.
  • D demanda agregada é maior do que o PIB potencial.
  • E valor das exportações excede o das importações.

A diferença básica entre o PNB (Produto Nacional Bruto) e o PIB (Produto Interno Bruto) é

  • A o investimento privado ocorrido no país.
  • B o salário do brasileiro que trabalha no país.
  • C o consumo das famílias.
  • D a renda líquida enviada ao exterior.
  • E o saldo da balança comercial do país.