Questões de Relatividade (Física)

Limpar Busca

Os efeitos relativísticos sobre um corpo podem ser percebidos e medidos somente quando ele se movimenta com velocidade superior a aproximadamente 10% da velocidade da luz. São velocidades muito altas se comparadas às velocidades a que estamos acostumados. Para velocidades baixas, os efeitos relativísticos são tão pequenos que podem ser desprezados.
Internet: <algosobre.com.br> (com adaptações).

A figura a seguir ilustra um cubo, de aresta L0, que se move com velocidade igual a 0,6·c na direção do eixo y, sendo c a velocidade da luz no vácuo.

Considerando as informações e a figura anteriores, assinale a opção que apresenta a razão entre o volume do corpo sob ação relativística e o seu volume em repouso, ambos em relação ao observador estacionário.

  • A 0,40
  • B 0,63
  • C 0,64
  • D 0,80
  • E 1,66

Em 2019 comemora-se, em todo o mundo, o centenário das observações astronômicas realizadas na cidade de Sobral (CE), durante o eclipse solar de 29 de maio de 1919. As medidas da deflexão da luz decorrentes das estrelas na borda do Sol constituíram uma prova fundamental para a confirmação da Teoria da Relatividade Geral do físico Albert Einstein.
<http;//. Acesso em: 10.10.2019. Adaptado.
Sobre o eclipse referido, é correto afirmar que

  • A as regiões de eclipse solar total comprovam a Terra ser plana e as de eclipse solar parcial a Lua ser esférica.
  • B as regiões de eclipse solar total equivalem às penumbras e as de eclipse solar parcial, às sombras.
  • C a Terra se coloca entre o Sol e a Lua, projetando, assim, a sombra da Terra na Lua.
  • D o Sol se coloca entre a Terra e a Lua, projetando, assim, a sombra do Sol na Terra.
  • E a Lua se coloca entre o Sol e a Terra, projetando, assim, a sombra da Lua na Terra.

Na Teoria da Relatividade Restrita de Einstein, dois conceitos estudados referem-se ao fato de que, ao considerar um objeto propagando-se à velocidade da luz, podemos verificar

  • A a dilatação do tempo e a dilatação do comprimento.
  • B a contração do tempo e a dilatação do comprimento.
  • C a dilatação do tempo e a contração do comprimento.
  • D a dilatação do tempo sem contração do comprimento.
  • E a contração do tempo sem contração do comprimento.

Leia a seguinte matéria: “Há 100 anos, a teoria era comprovada no Ceará. ‘Questão que minha mente formulou foi respondida pelo radiante céu do Brasil’, disse Einstein sobre eclipse que comprovou, em 1919, em Sobral, veracidade de ideias que levam hoje à compreensão de buracos-negros e GPS. O físico alemão Albert Einstein apresentou sua teoria em 1915 e estava convencido de que uma das consequências dela seria o desvio da trajetória da luz por um corpo de grande massa no espaço, o que pode ser observado, por exemplo, durante um eclipse solar. Esse efeito, chamado de deflexão da luz, faria com que as estrelas observadas durante o eclipse fossem vistas numa posição aparentemente diferente de sua localização real, comprovando assim uma das maiores revoluções da história da ciência.” (Texto adaptado. Fonte: terra.com.br, de 28/05/2019).

Qual o nome da teoria de que trata o texto?

  • A Fenômeno da emergência.
  • B Fissão nuclear.
  • C Teoria da Evolução.
  • D Teoria da Relatividade.
  • E Teoria do Big Bang.

Suponha‐se que uma equipe de astronautas esteja em uma espaçonave, viajando a uma velocidade (v) = 0,4.cem relação à Terra, e envie uma mensagem ao controle da missão, informando que irá cessar a comunicação por 4 horas (h) e depois retornará com as atividades. Nesse caso, considerando‐se c = velocidade da luz no vácuo, o tempo que os astronautas permaneceram em silêncio, do ponto de vista dos observadores na Terra, é dado por .

  • Certo
  • Errado