Questões de Realismo (Literatura)

Limpar Busca

O dualismo, o bifrontismo: arte do conflito, do contraste, do dilema, da contradição, da dúvida; emprego intensivo das antíteses, dos paradoxos e dos oxímoros. O fusionismo: tentativa de conciliação dos contrários: Claro x Escuro, Deus x Homem, Fé x Razão, Céu x Terra, Teocentrismo x Antropocentrismo, Alma x Corpo, Virtude x Pecado, Espírito x Carne, Ascetismo x Mundanismo, Cristianismo x Paganismo, Dor x Prazer, Mocidade x Velhice, Vida x Morte, Humanização do sobrenatural.


Referimo-nos ao:

  • A Arcadismo.
  • B Romantismo.
  • C Barroco.
  • D Realismo.
O texto é um poema do tipo soneto. Quanto aos sonetos na literatura brasileira, assinale a alternativa que melhor descreve os usos desse tipo de poema.
  • A Os sonetos foram um dos principais textos utilizados na poesia modernista da primeira fase, relevando que o movimento tentou resgatar os costumes da antiguidade clássica.
  • B O soneto é um clássico da literatura quinhentista, que buscou exaltar todas as belezas naturais do Brasil a partir de poemas épicos e sonetos.
  • C Este modelo de poema foi muito utilizado na escola parnasiana, uma vez que a harmonia entre suas estrofes e metrificação expressava bem a perfeição que buscavam os poetas desse movimento.
  • D O realismo foi um movimento que utilizou dos sonetos significativamente para expressar a realidade humana, tratando de temas como a traição conjugal.
Foi considerado o primeiro romance realista da literatura brasileira
  • A O mulato- Aluízio Azevedo
  • B Memórias Póstumas de Brás Cubas- Machado de Assis.
  • C A Moreninha - Joaquim Manuel de Macedo
  • D Casamento - José de Alencar.

Sobre a literatura brasileira:
I-Euclides da Cunha: Literatura marcada pela denúncia da violência, da miséria, do fanatismo. Seu principal livro é Os Sertões, no qual descreve a vida do sertanejo em relação à sua luta pela terra. II-Lima Barreto: Literatura marcada pela descrição do nacionalismo e pela crítica das injustiças sofridas pelo negro e pelos mestiços no Brasil. Sua principal produção é Triste Fim de Policarpo Quaresma. III-Monteiro Lobato: Criticava a visão de um Brasil acomodado, agrário, atrasado, doente e ignorante, ilustrado no seu personagem literário Jeca Tatu, um caipira preguiçoso, sem instrução e sem grandes perspectivas. IV-Augusto dos Anjos: Uniu aspectos do Simbolismo com o cientificismo naturalista. Trouxe um vocabulário científico e temas até então antipoéticos para a sua literatura.
São corretas as afirmativas:

  • A I e II.
  • B I, II e III.
  • C II, III e IV.
  • D I, II, III e IV.
Sobre o Realismo é INCORRETO afirmar que:
  • A O Realismo é a escola literária que analisa a realidade. Tem origem, na França e, no Brasil, surge depois do Romantismo e antes do Simbolismo, compreendendo os anos 1881 a 1893 - o mesmo período em que o Naturalismo e o Parnasianismo também ocorreram. Marcado pelo objetivismo, pela veracidade e pela denúncia social, o Realismo brasileiro tem início com a obra de Machado de Assis “Memórias Póstumas de Brás Cubas”, publicada em 1881.
  • B O Realismo no Brasil dá enfoque ao homem, ao seu cotidiano e à crítica social. Assim, por meio de uma linguagem simples e objetiva, as obras são ricas na descrição de detalhes - características que visam aproximar o leitor o mais possível da realidade.
  • C No Realismo, a linguagem é simples; os personagens são patológicos, é influenciado pelo objetivismo e pelo determinismo.
  • D Nenhuma das alternativas.