Questões de Patologias (Edificações)

Limpar Busca
Manchas e bolhas estão entre os problemas mais comuns durante a aplicação da pintura. Indique a alternativa que não corresponde a uma das soluções corretas a serem aplicadas ao problema ocorrido.
  • A Manchas: Utilizar qualquer tipo de diluente.
  • B Bolhas: Utilizar diluentes recomendados e aplicar espessuras conforme recomendação no boletim técnico.
  • C Manchas: Após secagem completa da tinta, lixar e repintar.
  • D Manchas: Depois da tinta seca, deve-se lixar removendo as imperfeições nivelando a superfície. Após isso, repintar conforme especificação técnica.
  • E Bolhas: Quando a aplicação for próxima a orla marítima, lavar com água doce entre demãos.
Os materiais metálicos em contato com ambientes agressivos estão sujeitos à deterioração. A partir dessa deterioração, podem ocorrer fenômenos nas vias úmida ou seca. O primeiro fenômeno ocorre quando os materiais metálicos estão em contato com soluções aquosas, o que ocorre nas condições normais de uso das estruturas de edifícios e civis; e o segundo só ocorre sob altas temperaturas. O enunciado se refere a qual manifestação patológica?
  • A Corrosão.
  • B Redução da resistência superficial.
  • C Eflorescência.
  • D Fissuração.
  • E Reação álcali-agregado.

Dentre as patologias que atingem as edificações, encontram-se aquelas que atacam as estruturas de concreto armado. A carbonatação do concreto é uma patologia que se desencadeia a partir de um composto químico muito comum nas grandes cidades, devido aos efeitos da poluição atmosférica, atacando sobretudo as estruturas de túneis, pontes e viadutos. Este fenômeno de natureza química provoca a desintegração das peças em concreto, destruindo as camadas de cobrimento até atingir as armaduras e permitir a sua corrosão. Sobre o processo de carbonatação assinale a alternativa correta.

  • A Para que a carbonatação aconteça, três elementos precisam estar dentro do concreto: a umidade, o sulfato de sódio e o oxigênio atmosférico.
  • B A carbonatação, quando atinge a profundidade das armaduras, provoca desestabilização da camada passiva protetora, favorecendo, desta forma, o início da corrosão.
  • C Como o dióxido de carbono (CO2) se difunde no concreto, de dentro para fora, a carbonatação se dá nesse mesmo sentido, não estando intimamente ligada ao concreto de cobrimento.
  • D A carbonatação do concreto pode ser definida como um processo físico-químico entre o monóxido de carbono (CO) presente na atmosfera e os compostos de enxofre da pasta de cimento.
  • E Além do aumento do pH do concreto, o processo de carbonatação também pode gerar microfissuras provocadas pela formação dos novos produtos que ocasionam perda de volume das peças estruturais afetadas.

Com relação ao tratamento de fissuras em estruturas de concreto, assinale a alternativa incorreta.

  • A As resinas epoxídicas são as preferidas na maioria dos casos em que se pretende injetar fissuras inativas.
  • B Grampeamento é a técnica de vedação dos bordos das fissuras ativas pela utilização de um material aderente e não retrátil.
  • C Caso se utilize o mastique como selante, é necessária a prévia colocação, no fundo do entalhe, de um cordão de poliestireno extrudado.
  • D Em se tratando de fissuras ativas, deve-se promover a vedação, cobrindo os bordos externos da mesma, preenchendo-a com material elástico.

Fissuras e outros problemas em alvenaria de paredes costumam gerar altos custos de recuperação.

Analise as seguintes afirmativas sobre assentamento de alvenarias de paredes e assinale a afirmativa INCORRETA.

  • A A aplicação de telas na união da alvenaria com pilares é utilizada para evitar fissuras no local.
  • B O assentamento da alvenaria de paredes pode começar, enquanto a estrutura ainda estiver escorada.
  • C O escantilhão é utilizado para checar o prumo das paredes.
  • D Usa-se telas também nas juntas horizontais dos tijolos.