Questões de Órgãos dos sentidos (Biologia)

Limpar Busca

No corpo humano, a melatonina

  • A bloqueia a atividade de todas as células do sistema imunológico.
  • B regula o ciclo circadiano.
  • C é produzida pela glândula hipófise.
  • D apresenta baixas concentrações à noite.
  • E apresenta altas concentrações durante o dia.

As próximas figuras ilustram três diferentes tipos de imagem, sem correção, vistas por indivíduos que apresentam problemas bastante comuns na visão.
Internet: <https://lenscope.com.br>.
Assinale a opção em que uma dessas imagens está relacionada corretamente ao problema de visão apresentado pelo indivíduo que visualiza a paisagem daquela maneira e, na sequência, ao tipo de lente recomendada para a correção desse problema.

  • A figura 17A1-I: hipermetropia; lentes convergentes
  • B figura 17A1-I: miopia; lentes divergentes
  • C figura 17A1-II: hipermetropia; lentes divergentes
  • D figura 17A1-II: miopia; lentes cilíndricas
  • E figura 17A1-III: astigmatismo; lentes esféricas

Um olho normal forma sobre a retina uma imagem de um objeto que se encontra no infinito quando o olho está relaxado. Sobre os defeitos da visão, indique qual forma de correção está correta:

  • A O globo ocular de um olho míope, é muito alongado em comparação ao raio de curvatura da córnea ou a córnea é curva demais. O olho míope forma a imagem antes da retina. O uso de lente divergente corrige esse problema.
  • B O globo ocular de um olho míope é muito alongado em comparação ao raio de curvatura da córnea, ou a córnea é curva demais. O olho míope forma a imagem antes da retina. O uso de lente de superfície cilíndrica corrige esse problema.
  • C É observado que a superfície da córnea não é esférica em um olho com astigmatismo, ela é acentuadamente mais curva em um plano que no outro. O uso de lente convergente corrige esse problema.
  • D O globo ocular é muito curto ou a córnea não é suficientemente curva, em um olho hipermétrope, assim os raios de um objeto situado no infinito são focalizados atrás da retina. O uso de lente com superfície cilíndrica corrige esse problema.
  • E O globo ocular é muito curto ou a córnea não é suficientemente curva, em um olho hipermétrope, assim os raios de um objeto situado no infinito são focalizados atrás da retina. O uso de lente divergente corrige esse problema.

Muitos dispositivos de ótica fazem uso de lentes únicas por exemplo, câmeras fotográficas, lupas e óculos. Também encontramos dispositivos óticos importantes que possuem associação de lentes para seu bom funcionamento, como o microscópio e telescópios. Sobre esses dispositivos, qual alternativa abaixo apresenta a descrição incorreta?

  • A Os elementos básicos de uma câmera são: uma lente convergente, uma caixa hermética, um obturador para abrir a lente durante determinado intervalo de tempo e um meio sensível à luz, para registrar a imagem. Nas câmeras digitais esse meio é um sensor eletrônico, nas câmeras antigas é uma película fotográfica (filme)
  • B Uma lupa simples fornece uma imagem virtual no infinito, através do uso de uma lente convergente. Essa imagem é interpretada pelo olho como uma objeto real que subtende um ângulo maior que o observado sem a lupa.
  • C O microscópio composto e o telescópio não funcionam sob o mesmo princípio ótico. Visto que a associação de lentes é feita entre uma convergente e outra divergente para o microscópio, e entre uma convergente e de superfície cilíndrica no caso do telescópio.
  • D O microscópio composto é formado pela associação de duas lentes convergentes. Uma chamada ocular e a outra chamada objetiva. O resultado dessa associação é a ampliação ocular total, formada por dois fatores. Um fator é a ampliação transversal da objetiva e o segundo fator é a ampliação angular da ocular.
  • E O telescópio astronômico possui sistema ótico semelhante ao do microscópio composto. O telescópio refletor é diferente pois possui no lugar da lente objetiva, um espelho côncavo.

O olho humano pode apresentar uma alteração que consiste em um alongamento do globo ocular. Nesse caso, há um afastamento da retina em relação ao cristalino, fazendo com que a imagem seja formada antes da retina, tornando-a não nítida. O indivíduo com esse distúrbio tem grandes dificuldades de enxergar objetos distantes. Essa alteração é representada na figura:
Fonte: adaptado de https://www.shutterstock.com/pt/image-vector/common-vision-disorders-astigmatism-myopia-hyperopia-641320765.
O distúrbio visual representado é

  • A hipermetropia.
  • B astigmatismo.
  • C astigmatismo e hipermetropia.
  • D miopia.
  • E estrabismo.