Questões de IPS (Intrusion Prevention System) (Segurança da Informação)

Limpar Busca

Acerca de redes de comunicação cabeadas, de padrões IEEE 802.11, de routing switching, de IDS, IPS e NAT, julgue o item subsequente. 


Um IPS é projetado para perceber ameaças e informar imediatamente ao administrador da rede acerca da atividade maliciosa descoberta, enquanto um IDS bloqueia automaticamente a atividade maliciosa detectada, reconfigurando outros ativos de segurança e encerrando conexões suspeitas. 

  • Certo
  • Errado

Analise as seguintes afirmações relacionadas às soluções para Segurança da Informação:

I. O Firewall é uma solução de segurança projetada para monitorar e filtrar o tráfego de rede, permitindo ou bloqueando a comunicação com base em um conjunto de regras de segurança.
II. Sistemas de Prevenção de Intrusão (Intrusion Prevention System ou IPS) são capazes de detectar atividades suspeitas ou maliciosas na rede, mas necessitam de intervenção humana para bloquear o tráfego suspeito.
III. Sistemas de Detecção de Intrusão (IDS) têm como principal função prevenir atividades maliciosas na rede, bloqueando automaticamente o tráfego suspeito.
IV. Um Security Information and Event Management (SIEM) consolida logs e eventos de diversas fontes, proporcionando análise e correlação para identificar comportamentos anormais.

Está correto apenas o que se afirma em

  • A I e II.
  • B I, II e III.
  • C II e IV.
  • D I, III e IV.
  • E I e IV.

O dispositivo de segurança que analisa o tráfego de rede em busca de padrões de comportamento malicioso e toma medidas automáticas para bloquear ou filtrar o tráfego suspeito é:

  • A Firewall.
  • B IDS (Intrusion Detection System).
  • C Proxy.
  • D VPN.
  • E IPS (Intrusion Prevention System).

O dispositivo de segurança que monitora o tráfego de rede em busca de padrões de atividade maliciosa e emite alertas em caso de detecção de possíveis ataques, é:

  • A Firewall.
  • B IDS (Intrusion Detection System).
  • C IPS (Intrusion Prevention System).
  • D Proxy.
  • E VPN.

Um hacker invadiu a rede interna da Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul (DPE/RS) e executou um mapeamento na rede com o objetivo de buscar serviços acessíveis. O Departamento de Segurança verificou que, caso a DPE/RS tivesse um dispositivo que identificasse o padrão de comportamento do intruso, tal fato não teria ocorrido e uma ação de prevenção teria sido tomada rapidamente. A partir desse momento, foi implementado um Sistema de Detecção de Intruso (IDS) / Sistema de Prevenção de Intruso (IPS) na rede local. Para que a instalação seja concluída, um dos requisitos que devem ser atendidos pelo Departamento de Segurança é:

  • A executar rotineiramente o IPS com supervisão humana;
  • B ser tolerante a falhas no sentido de ser capaz de se recuperar de quedas e reinicializações de sistema;
  • C impor um sobrecusto computacional ao sistema no qual está executando;
  • D não permitir reconfiguração dinâmica, de forma que, caso seja invadido, seja necessário reiniciá-lo;
  • E após configurado, manter uma rotina de atualizações, de forma a se adaptar a mudanças no comportamento.