Questões de Instalações Elétricas em Engenharia Elétrica (Engenharia Elétrica)

Limpar Busca

Sobre projetos para a proteção de estruturas contra descargas atmosféricas (SPDA), verifique as assertivas e assinale a INCORRETA.

  • A O tipo e o posicionamento do SPDA devem ser estudados cuidadosamente no estágio de projeto da edificação, para se tirar o máximo proveito dos elementos condutores da própria estrutura.
  • B No topo das estruturas com altura superior a 100m deve-se instalar um captor em forma de anel, disposto ao longo de todo o perímetro.
  • C Um SPDA não impede a ocorrência das descargas atmosféricas.
  • D O acesso à terra e a utilização adequada das armaduras metálicas das fundações como eletrodo de aterramento podem não ser possíveis após o início dos trabalhos de construção. A natureza e a resistividade do solo devem ser consideradas no estágio inicial do projeto.

Sobre o tema projeto de proteção e para-raio, verifique as assertivas e assinale a INCORRETA.

  • A Define-se descarga atmosférica como a descarga elétrica de origem atmosférica entre uma nuvem e a terra ou entre nuvens, consistindo em um ou mais impulsos de vários quiloampères.
  • B Um SPDA (Sistema de Proteção contra Descarga Atmosférica) projetado e instalado conforme a norma ABNT assegura a proteção absoluta de sua estrutura, de pessoas e bens, por impedir a ocorrência das descargas atmosféricas.
  • C Sobre captores naturais, quaisquer elementos condutores expostos, isto é, que do ponto de vista físico possam ser atingidos pelos raios, devem ser considerados como parte do SPDA (Sistema de Proteção contra Descarga Atmosférica).
  • D Para evitar trabalhos desnecessários, é primordial que haja entendimentos regulares entre os projetistas do SPDA (Sistema de Proteção contra Descarga Atmosférica), os arquitetos e os construtores da estrutura.

A tensão que aparece entre os terminais de um pararaios durante a passagem da corrente de descarga é denominada de:

  • A Tensão de eletrodo de aterramento.
  • B Tensão de descarga atmosférica.
  • C Tensão radial.
  • D Tensão residual.

De acordo com a Norma Brasileira da ABNT, NBR 5410, o fornecimento de energia elétrica, via sistemas de distribuição trifásico com ligação em estrela com neutro aterrado, será feito em tensão secundária de distribuição com as seguintes tensões padronizadas:

  • A 220/127V.
  • B 254/127V.
  • C 380/220V.
  • D 220/110V.

A escolha do método de aterramento a ser utilizado em um projeto elétrico é de grande importância. Para a escolha do método ideal, são considerados alguns pontos como a existência de cargas monofásicas e, também, é verificada a necessidade de continuidade operacional da planta, pois alguns destes métodos permitem a operação mesmo durante a ocorrência de uma falta. O sistema de aterramento que é classificado como flutuante (neutro não aterrado), esta representada pela figura:

  • A
  • B
  • C
  • D