Questões de Índices de Liquidez (Análise de Balanços)

Limpar Busca
conta (em ordem alfabética) saldo (em módulo) amortização acumulada 1.000 bancos 6.000 caixa 1.000 capital social 25.000 contas a pagar 1.500 contas a receber 2.000 depreciação acumulada 2.000 empréstimos a pagar em 24 meses 20.000 estoques 2.500 fornecedores 5.000 impostos a recolher 3.500 reserva de contingências 3.000 reserva legal 2.000 seguros antecipados 1.500 softwares 10.000 veículos 40.000
A tabela anterior apresenta as contas patrimoniais de uma entidade comercial que deseja ingressar no mercado internacional. Assinale a opção que representa o valor do índice de liquidez corrente dessa entidade.
  • A 0,70
  • B 1,30
  • C 2,00
  • D 1,65

Os indicadores de liquidez são os índices financeiros utilizados para se verificar a capacidade monetária de uma empresa de cumprir com as obrigações compreendidas no passivo. Portanto, são índices extremamente importantes para o acompanhamento da saúde financeira de qualquer instituição. Só é possível se calcular esses índices com os dados do ativo e do passivo, visto que é necessário aplicar fórmulas específicas, que compreendem esses valores. Para se chegar até os indicadores de liquidez, é preciso reunir informações do balanço patrimonial. São quatro os indicadores de liquidez utilizados pelas empresas na administração contábil: de liquidez corrente; de liquidez seca; de liquidez imediata; e de liquidez geral. Cada indicador representa um modelo de prazo e de capacidade de pagamento. Resumidamente, pode-se dizer que a liquidez imediata trata das obrigações da empresa a curtíssimo prazo, a liquidez seca e a liquidez corrente dizem respeito às obrigações de curto prazo e a liquidez geral compreende as obrigações de longo prazo. O indicador de liquidez seca é bastante semelhante ao de liquidez corrente. Entretanto, a diferença é a de que o estoque não é computado no cálculo como ativo circulante. Isso ocorre porque nem sempre o estoque representa um ativo que está diretamente atrelado ao patrimônio da empresa. Dessa forma, a liquidez seca trará resultados que indicam a real liquidez do ativo circulante, mesmo que nenhum produto do estoque seja vendido ou utilizado. O resultado desse cálculo, geralmente, fica igual ou abaixo do resultado da liquidez corrente, mas nunca apresenta um valor muito distante. Supondo que uma empresa tenha apresentado uma diminuição em seu indicador de liquidez seca durante o mês de dezembro de X1, julgue os itens subsequentes.


I O pagamento de despesas com salários pode ter causado essa redução.

II A aquisição de estoques para pagamento em fevereiro de X2 pode ter causado essa redução.

III A integralização de capital social em estoque pelos sócios da empresa pode ter causado essa redução.

IV A captação de empréstimo bancário de longo prazo, com a carência para iniciar o pagamento findando-se em dezembro de X3, pode ter causado essa redução.


Assinale a alternativa correta.

  • A Apenas o item I está certo.
  • B Apenas o item II está certo.
  • C Apenas os itens I e IV estão certos.
  • D Apenas os itens II e III estão certos.
  • E Todos os itens estão certos.

A forma de expressar a capacidade de pagamento das dívidas de curto prazo ao longo do exercício da empresa é denominado:

  • A Liquidez seca.
  • B Liquidez imediata.
  • C Liquidez corrente.
  • D Liquidez geral.

Como um dos indicadores de liquidez de uma instituição, temos o indicador de Liquidez Seca. A fórmula empregada para sua determinação está corretamente apresentada na opção:

  • A Disponibilidades/PC
  • B (AC + ANC) / (PC + PNC)
  • C AC - PC
  • D AC/PC
  • E (AC - Estoques) /PC

O indicador, representado pela fórmula: AC/PC, está relacionado ao índice de liquidez:

  • A Seca.
  • B Geral.
  • C Corrente.
  • D Imediata.