Questões de História e Geografia do Estado de Sergipe (História e Geografia de Estados e Municípios)

Limpar Busca

Durante a segunda metade do século XVI, a costa sergipana era frequentada pelos traficantes normandos do pau-brasil. Era a barra do rio Sergipe (barra do Cotinguiba, como então era chamado) o ponto preferido por esses aventureiros. Portugal pôs fim à pirataria a partir da conquista das terras intermediárias entre Bahia e Pernambuco, realizada por Cristóvão de Barros. Segundo alguns historiadores, o atual município havia abrigado, nos primeiros anos de sua fundação, a sede do governo da Capitania de Sergipe-del-Rei – São Cristóvão, fundada por Cristóvão de Barros em 1589, na costa ocidental da Ilha dos Coqueiros, à margem esquerda do rio Sergipe e próximo de sua foz, local que corresponde, hoje, ao da cidade de Barra dos Coqueiros. Era, então, povoado ou, talvez, apenas cidadela. Internet: <www.biblioteca.ibge.gov.br> (com adaptações).

Tendo o texto precedente como referência inicial, assinale a opção correta, acerca da história do município de Barra dos Coqueiros – SE.

  • A O contrabando de pau-brasil executado pelos corsários franceses na barra do rio Sergipe rendeu à localidade de Barra dos Coqueiros o título de sede de município.
  • B O comércio do gado foi intenso, a ponto de a paragem de tropeiros influenciar diretamente na formação do povoado de Nossa Senhora dos Mares da Barra dos Coqueiros.
  • C O adensamento da ocupação na margem esquerda do rio Sergipe, na segunda metade do século XIX, elevou a antiga capela de Nossa Senhora dos Mares da Barra dos Coqueiros à categoria de freguesia.
  • D O povoado ainda aguarda ser elevado ao título de cidade por meio da mesma lei estadual que criou o município, desmembrando-o de Aracaju.
  • E A composição do município de Barra dos Coqueiros está ligada à produção de coco, desde o século XVI, na costa ocidental da Ilha dos Coqueiros, à margem esquerda do rio Sergipe.

Entre 2000 e 2010, a população de Barra dos Coqueiros cresceu a uma taxa média anual de 3,44%, enquanto esse índice no Brasil foi de 1,17%, no mesmo período. Na mesma década, a taxa de urbanização do município passou de 85,22% para 83,62%. Em 2010 viviam, no município, 24.976 pessoas. Na última década do século passado, entre 1991 e 2000, a população do município cresceu a uma taxa média anual de 3,80%. No estado, essa taxa foi de 2,01%, enquanto no Brasil foi de 1,63%, no mesmo período. Nessa década, a taxa de urbanização do município passou de 58,47% para 85,22%. Internet: <www.atlasbrasil.org.br> (com adaptações)

Tendo como referência inicial as informações do texto anterior, assinale a opção correta.

  • A O fato de a população municipal ter crescido mais que a do Brasil demonstra, comparativamente, que houve uma maior expectativa de vida no município de Barra dos Coqueiros.
  • B Entre 1991 e 2000, a taxa de urbanização do município cresceu cerca de mais de 25%, o que não se verifica no período entre os anos de 2000 e 2010, quando houve decréscimo da referida taxa.
  • C De 1991 a 2000, a população de Barra dos Coqueiros cresceu o dobro da população do Brasil no mesmo período.
  • D A crescente taxa de urbanização demonstra a solução para os problemas de desigualdade social enfrentados pelos municípios brasileiros.
  • E A taxa de crescimento da população brasileira entre 2000 e 2010 foi maior que a taxa de crescimento do estado de Sergipe entre 1991 e 2000.

Em Barra dos Coqueiros – SE, esse produto é de ocorrência natural em todo o município, mas predomina geograficamente nos povoados Olhos D’água, Capoã e Jatobá, onde a ação das populações extrativistas contribuiu para o aumento do número de plantas nos estabelecimentos privados e, na área de acesso comum, a densidade foi elevada pelo processo natural de regeneração do ambiente. Internet:<www.embrapa.br> (com adaptaçõe)

O produto a que se refere o texto precedente é

  • A a mangaba, utilizada cada vez mais na fabricação de polpas congeladas, sucos e sorvetes.
  • B o coco, produzido pelo agronegócio para subsidiar programas de pesquisa que visem à sustentabilidade da produção familiar.
  • C a mandioca, raiz de base na produtividade do Nordeste do Brasil e difundida em todo o município de Barra dos Coqueiros.
  • D a manga, direcionada ao mercado internacional, com seu pico de produção nos meses do inverno de junho e julho.
  • E a soja, principal produto da pauta de exportação do agronegócio sergipano e de manuseio por grandes empresas exportadoras.

Em 2012, um agricultor tinha 120 hectares plantados de determinado produto no município de Barra dos Coqueiros, no litoral de Sergipe. Segundo ele, a produção havia caído nos últimos dois anos. Cerca de 70% da produção desse produto em Sergipe é do tipo seco, uma cultura que se mostrou rentável nas últimas décadas; no entanto, com o aumento no preço dos insumos agrícolas e a queda no valor pago, os investimentos nas plantações diminuíram bastante.
Internet: <http://g1.globo.com> (com adaptações).

De acordo com o IBGE, a queda mencionada pelo agricultor, no texto precedente, aconteceu entre 2010 e 2012, quando a produção baixou de 6,6 milhões de unidades para 2,3 milhões de unidades. Entre 2012 e 2018, essa produção oscilou entre 2,3 milhões de unidades e 2,9 milhões de unidades, e, em 2018, a produção foi a mesma de 2012. A partir dessas informações e do texto anterior, é correto afirmar que se trata da produção de

  • A manga.
  • B mangaba
  • C especiarias da colônia.
  • D coco-da-baía.
  • E mandioca.

Em 2017, o salário médio mensal da população de Barra dos Coqueiros – SE era de 2,6 salários mínimos. A proporção de pessoas ocupadas no município em relação à população total era de 12,8%. Quanto a esses dois indicadores, na comparação com os demais municípios do estado, Barra dos Coqueiros ocupava a posição 6, de 75, e a posição 18, de 75, respectivamente. Na comparação com cidades do país todo, o município ficava na posição 421, de 5.570, e na posição 2.629, de 5.570, respectivamente. Considerando-se domicílios com rendimentos mensais de até meio salário mínimo por pessoa, 45% da população desse município estava nessas condições, o que o colocava na posição 67, de 75, entre as cidades do estado e na posição 2.145, de 5.570, entre as cidades do Brasil. Internet: <https://cidades.ibge.gov.br> (com adaptações).

Considerando as informações apresentadas no texto precedente, acerca da dinâmica econômica do município de Barra dos Coqueiros – SE, assinale a opção correta.

  • A O salário médio mensal dos habitantes do município demonstra que a renda de toda a sua população se compara à condição das cidades com melhor distribuição de renda do Brasil.
  • B A renda per capita de 45% da população de Barra dos Coqueiros demonstra que a posição socioeconômica do município é melhor que a de mais da metade das cidades do Brasil.
  • C Com relação aos domicílios com rendimentos mensais de até meio salário mínimo por pessoa, Barra dos Coqueiros é uma das cidades de Sergipe que ocupam as primeiras posições desse ranking.
  • D Entre todos os municípios do Brasil, Barra dos Coqueiros ocupa uma das últimas posições no ranking relativo à proporção de pessoas ocupadas no município em relação à população total.
  • E A distribuição de renda em Barra dos Coqueiros é equitativa, o que se comprova pelo salário médio mensal da população.