Questões de História e Geografia do Estado da Bahia (História e Geografia de Estados e Municípios)

Limpar Busca

Em 2018, foi lançado o Atlas Solar da Bahia, onde se lê, na "Mensagem do Governador":

O Atlas Solar da Bahia disponibiliza, para todas as partes interessadas (empreendedores, acadêmicos, reguladores, governantes, ambientalistas e proprietários de terras), um conjunto de informações precisas a respeito do potencial de geração de energia elétrica através da tecnologia fotovoltaica. A evolução tecnológica, com a consequente redução nos custos dos painéis solares, a necessidade de se ampliar o uso das energias limpas, os incentivos fiscais já regulamentados para o segmento e as amplas áreas aptas à implantação de parques solares na Bahia, formam um conjunto de vetores mobilizadores que irão dinamizar a economia do estado.

Adaptado de http://www.senaicimatec.com.br/download/ Atlas-Solar-Bahia-2018.pdf


As afirmativas a seguir resumem corretamente a "Mensagem do Governador" citada, à exceção de uma. Assinale-a.

  • A O Estado da Bahia apresenta grande potencial para a produção de energias limpas.
  • B A cadeia produtiva da energia solar fotovoltaica representa uma oportunidade de desenvolvimento econômico regional.
  • C O Atlas constitui uma ferramenta de planejamento para investimentos no segmento da energia solar.
  • D O Estado e a sociedade devem colaboram para desenvolver pesquisas e negócios em energias alternativas.
  • E A concentração da matriz elétrica a partir de fontes não renováveis é adequada à região do semiárido brasileiro.

Analise, sobre o estado da Bahia:


( )- A Bahia é o segundo estado mais populoso da Região nordeste do Brasil;

( )- A primeira capital brasileira foi a cidade de Salvador, na Bahia;

( )- O estado da Bahia faz divisa com os seguintes estados brasileiros: Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Piauí, Tocantins, Goiás, Minas Gerais e Espírito Santo;

( )- Dentre as cidades mais populosas do estado da Bahia, estão: Feira de Santana e Vitória da Conquista.


Assinale (V) para as afirmações verdadeiras e (F) para as falsas e em seguida marque a alternativa que apresenta a ordem correta de cima para baixo:

  • A V-F-F-V.
  • B F-V-V-V.
  • C F-F-V-V.
  • D V-V-F-F.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, são informações verídicas sobre o estado da Bahia, exceto:

  • A A população estimada do estado para o ano de 2017 superou 15 (quinze) milhões de habitantes.
  • B O estado da Bahia tem entre 400 (quatrocentos) e 500 (quinhentos) municípios.
  • C Salvador, a capital do estado da Bahia é a segunda capital mais populosa do Brasil com 5 (cinco) milhões de habitantes.
  • D O estado da Bahia tem a maior faixa litorânea, dentre todos os estados brasileiros.
Fenômenos sociais como a Revolta de Canudos e o Cangaço, no Nordeste, são explicados historicamente por diversos fatores, tais como
  • A miséria e descaso do poder público com as populações sertanejas, expostas à intensa violência de diversas ordens e atraídas por movimentos que prometiam condições de vida diferentes e/ou a sensação de proteção.
  • B seca prolongada, a exploração do trabalho e a falta de perspectiva de futuro, motivos que levavam os sertanejos a lutarem por uma sociedade igualitária e democrática, objetivo das ações de ambos os movimentos.
  • C falência do coronelismo, em um momento em que esse tipo de poder era obrigado a ceder espaço às forças federais republicanas, que desestruturaram as elites locais e o sistema de apadrinhamento então vigente.
  • D crise econômica e política provocada pela queda do preço do açúcar no mercado internacional, acompanhada de migrações para o norte e da fuga de famílias inteiras que passaram a integrar bandos e comunidades religiosas, em busca de subsistência.
  • E crescente politização da população de baixar renda após as revoltas ocorridas durante o Segundo Reinado, repercutindo em levantes contra o Império, contra o mandonismo local e contra o catolicismo.

Uma das formas de ocupação do território baiano se deu por meio das entradas. Essas expedições

  • A aconteciam, no século XVI, com o aval da Coroa, para viabilizar a instalação das Capitanias e garantir o abastecimento de mão de obra, mas foram regulamentadas localmente, no século seguinte, de modo que se restringissem ao mapeamento e delimitação das fronteiras.
  • B ocorreram durante o século XVI e início do XVII, contribuindo para a ocupação do interior do território e o aprisionamento de índios para a exploração de sua força de trabalho; sendo ainda empreendidas mesmo após a chegada das primeiras levas de escravos africanos.
  • C objetivavam explorar o território a fim de identificar possíveis focos de minérios; eram organizadas localmente e de forma independente pelos colonos, sendo por isso, extintas pelo Governo Geral em meados do século XVI.
  • D foram especialmente abundantes no século XVIII; ocorriam em represália a ataques indígenas e contavam com o apoio dos jesuítas, no contexto da chamada Guerra Justa, resultando, concomitantemente, na fundação de fortalezas e vilas.
  • E resultaram em práticas costumeiras de extermínio indígena, como as “guerras aos bárbaros”, obrigando o Governo Geral a formular leis de proteção aos mesmos, por pressão da Igreja Católica, e a substituir oficialmente as entradas pelas bandeiras no início do século XVII.