Questões de Fototerapia (Fisioterapia)

Limpar Busca
Em relação à LASERTERAPIA, assinale a alternativa correta.
  • A É a utilização do laser de alta intensidade com fins terapêuticos.
  • B É uma modalidade de tratamento térmico.
  • C A colimação são raios de luz ou fótons paralelos com muitas divergências.
  • D Existe, na característica da radiação, a coerência temporal e a espacial.

O uso terapêutico do L.A.S.E.R de baixa potência na fisioterapia tem aumentado significativamente. Em específico, na cicatrização de feridas, este recurso pode,

  • A na forma de onda contínua, promover involução celular e aumento do tempo de cicatrização.
  • B na forma de onda contínua, promover tixotropismo celular e redução do tempo de cicatrização.
  • C na forma de onda pulsada, promover proliferação celular e redução do tempo de cicatrização.
  • D na forma de onda pulsada, promover proliferação de vasos sanguíneos e aumento do tempo de cicatrização.

Paciente apresenta osteoatrite de quadril e submeteu-se a artroplastia nesta articulação. Utilizou-se a laserterapia de baixa intensidade no pós-operatório do paciente. Nesta situação clínica, seu uso é justificado pelo efeito de

  • A diminuição no crescimento de osteoblastos.
  • B diminuição da Interleucina – 8.
  • C apoptose dos osteoblastos.
  • D diminuição na proliferação celular.
  • E aumento nos níveis de TNF-α.

O recurso terapêutico que promove, dentre os principais efeitos terapêuticos, ação anti-inflamatória, analgesia e modulação da atividade celular é o(a)

  • A Estimulação Elétrica Funcional (FES).
  • B Laser de baixa potência.
  • C Laser de alta potência.
  • D Estimulação elétrica transcutânea (TENS).
  • E Forno de Bier.

Uma paciente realizou mastectomia para tratamento do câncer de mama e desenvolveu linfedema. Pensou-se na utilização da laserterapia de baixa intensidade como recurso adjuntivo no tratamento desta disfunção. O efeito da laserterapia no linfedema

  • A diminui a linfangiogênese, estimula a motricidade linfática, a produção de macrófagos e ativa o sistema imune.
  • B estimula a linfangiogênese e a motricidade linfática, a produção de macrófagos e ativa o sistema imune.
  • C estimula a linfangiogênese e a motricidade linfática, diminui a produção de macrófagos e ativa o sistema imune.
  • D diminui a linfangiogênese, estimula a motricidade linfática, a produção de macrófagos e inibe o sistema imune.
  • E diminui a linfangiogênese, a motricidade linfática, a produção de macrófagos e inibe o sistema imune.