Questões de Fisioterapia na Oncologia (Fisioterapia)

Limpar Busca

D. Ana, 76 anos, encontra-se no pós-operatório de câncer de mama. Relata ter sido submetida a uma mastectomia radical modificada com linfonodectomia axilar esquerda há 5 anos. Apresenta linfedema de membro superior grau III (Classificação da Sociedade Internacional de Linfologia). Ao exame, foi observada uma diferença de 6 centímetros entre os membros, com aumento de consistência à palpação. Nesse caso, qual seria a terapêutica mais adequada para D. Ana?

  • A Drenagem linfática manual.
  • B Terapia Física Complexa.
  • C Braçadeira compressiva de média compressão.
  • D Elevação do membro superior.
Na fisioterapia, existe um significativo número de métodos de intervenções úteis para o tratamento paliativo de pacientes com câncer. O benefício a ser buscado é preservar a vida e aliviar os sintomas, dando oportunidade, sempre que possível, à independência funcional do paciente. Sobre o tratamento fisioterapêutico em cuidados paliativos aos pacientes oncológicos, assinale a alternativa CORRETA.
  • A Pode ser proveitoso o trabalho conjunto com o psicólogo, o psiquiatra e o educador físico na realização de técnicas de relaxamento, como terapias manuais, o watsu, o yoga, o relaxamento induzido, o tai-chi-chuan e exercícios físicos.
  • B Para prevenir rigidez articular após mastectomia, as mobilizações passiva e ativa são necessárias durante o período pós-operatório, não excedendo a 120º de flexão e abdução de ombro, e a rotação externa, até a tolerância da paciente.
  • C São recomendáveis o uso do calor para analgesia, em especial no local do tumor, pois aumenta a irrigação sanguínea local, a eletroterapia para a drenagem do edema e o ultrassom terapêutico para bloqueio nas áreas potencialmente metastáticas.
  • D A perda da capacidade de andar é pouco frequente, mesmo em estágios finais, entretanto o tratamento fisioterapêutico deve começar o mais cedo possível, já na fase preventiva, para aumentar a funcionalidade e readaptar o cotidiano do paciente.
  • E Um modo de aumentar a efetividade da tosse é a manobra chamada “breathing”, por meio da qual se orienta o paciente a criar uma base de suporte para os abdominais, abraçando um travesseiro. Solicita-se, então, a realização de três expirações com a boca aberta e, em seguida, segue-se a tosse assistida.