Questões de Fisioterapia em Pacientes Queimados (Fisioterapia)

Limpar Busca

A reabilitação do paciente queimado começa no momento em que o paciente chega ao hospital, sendo um processo sempre mutável, e que é modificado diariamente. Enquanto a pele está cicatrizando, é imperativo que a reabilitação do paciente ocorra concomitantemente. (...) Após a revisão da avaliação inicial para a profundidade das queimaduras, e quantidade total de área da superfície corporal envolvida, o fisioterapeuta dará início à avaliação da capacidade do paciente em movimentar-se, e medirá a amplitude de movimentos disponíveis do paciente.

Com base no conteúdo enunciado, analise as proposições seguintes:

1. A amplitude pode estar limitada devido ao edema e a tumefação, mas pode ser obtida uma medida basal inicial.
2. O fisioterapeuta precisa conseguir uma história acurada do paciente e de sua família, com relação a qualquer limitação predisponente ou antigas lesões que possam confundir o potencial de reabilitação.
3. Durante cada uma das sessões de hidroterapia, é apropriado e necessário usar a flutuabilidade da água para ajudar na manutenção da amplitude de movimento em cada membro e articulação.
4. A água atua como meio de flutuabilidade, para a redução do peso do membro, e também serve para manter úmida a pele em processo de cicatrização, o que facilitará o movimento. Enquanto o paciente está dentro do tanque (água), a amplitude de movimentos ativos e passivos precisa ser monitorada, e cuidadosamente documentada para que fique assegurado que o paciente não está perdendo terrenos na amplitude de movimentos.


Estão corretas:

  • A 1; 2; 3 e 4.
  • B 1 e 3 apenas.
  • C 2 e 4 apenas.
  • D 2; 3 e 4 apenas.
  • E 1; 2 e 3 apenas.

Sobre "Exercícios ativos e passivos na reabilitação de pacientes queimados”, marque a alternativa incorreta.

  • A O exercício ativo é encorajado em todas as áreas queimadas.
  • B O exercício ativo tem início logo após prescrição médica.
  • C Outras formas de exercício devem ser utilizadas apenas se a confusão, dor ou outras complicações impedem o exercício ativo.
  • D Todas as articulações mesmo as das regiões não queimadas devem passar por exercícios ativos de amplitude integral.
  • E Na maioria dos casos, a amplitude de movimentos ativos deve ser feita pelo menos 3 (três) vezes ao dia.

Analise as afirmativas abaixo, dê valores Verdadeiro (V) ou Falso (F) e assinale a alternativa que apresenta a sequência correta de cima para baixo, nas afirmações sobre a importância da avaliação simplificada neurológica nos casos de hanseníase, tendo em vista as neurites e reações causadas pelo bacilo.
( ) O comprometimento dos nervos periféricos é a principal característica da doença, podendo provocar incapacidades físicas e deformidades e para que o tratamento seja eficiente a avaliação é ferramenta imprescindível. ( ) Os sinais e sintomas neurológicos se manifestam por dor e espessamento dos nervos periféricos e perda de sensibilidade nas áreas inervadas correspondentes. ( ) Os principais nervos periféricos acometidos são trigêmio e facial, ulnar e musculocutâneo, tibial anterior e ciático popliteo externo. ( ) O teste de sensibilidade deve ser feito utilizando estesiômetro com objetivo de identificar áreas comprometidas e orientar cuidados com queimaduras, ferimentos e úlceras.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta de cima para baixo.

  • A F-V-F-F
  • B V-V-F-V
  • C V-V-F-F
  • D F-F-V-V

A partir do caso clínico precedente, julgue o item seguinte.


Embora a radioterapia na região da cabeça e do pescoço acarrete extensas queimaduras no tecido epitelial da região irradiada, não está associada à diminuição da mobilidade do segmento.

  • Certo
  • Errado

Após a queimadura cicatrizada, nos três a seis meses seguintes, ocorrerão mudanças dramáticas. Em pacientes queimados, as áreas recém-cicatrizadas podem ficar salientes e firmes. Nesse período, curativos compressivos ou vestes de compressão constante, com pressão superior a 25 mmHg, provocam

  • A diminuição da vascularização e da quantidade de mucopolissacarídeos, aumento da deposição de colágeno e consequente diminuição do edema localizado.
  • B aumento da vascularização, da quantidade de mucopolissacarídeos, da deposição de colágeno e consequente diminuição do edema localizado.
  • C aumento da vascularização e da quantidade de mucopolissacarídeos, diminuição da deposição de colágeno e consequente diminuição do edema localizado.
  • D diminuição da vascularização, aumento da quantidade de mucopolissacarídeos e da deposição de colágeno e consequente diminuição do edema localizado.
  • E diminuição da vascularização, da quantidade de mucopolissacarídeos, da deposição de colágeno e consequente diminuição do edema localizado.