Questões de Ética Médica (Medicina)

Limpar Busca

Com base no Código de Ética Médica, julgue o item subsequente.


O médico não pode, em nenhuma circunstância ou sob nenhum pretexto, renunciar à sua liberdade profissional nem permitir quaisquer restrições ou imposições que possam prejudicar a eficiência e a correção de seu trabalho.

  • Certo
  • Errado

Com base no Código de Ética Médica, julgue o item subsequente.


O trabalho do médico pode ser explorado por terceiros com objetivos de lucro.

  • Certo
  • Errado

Em relação ao transporte inter-hospitalar de pacientes, a Resolução CFM nº 1672/2003, é correto afirmar que:

  • A só ocorrência de pacientes graves inerentes à transferência devem ser registrados no prontuário de origem.
  • B antes de decidir a remoção do paciente, faz-se necessário realizar contato com médico receptor ou diretor técnico no hospital de destino, e ter concordância do(s) mesmo(s).
  • C A responsabilidade inicial da remoção é do médico transferente, assistente ou substituto, até que o paciente seja efetivamente recebido pelo médico receptor. Além do que as providências administrativas e operacionais, para o transporte, são também de responsabilidade médica.
  • D Para o transporte, faz-se necessária a obtenção de consentimento após esclarecimento por escrito, assinado pelo paciente ou seu responsável legal. Mesmo que haja risco de morte; o paciente só será transportado com o consentimento.

A Resolução CFM nº 2077/2014 dispõe sobre a normatização dos serviços hospitalares de urgência e emergência, bem como do dimensionamento da equipe médica e do sistema de trabalho. É correto afirmar:

  • A Todo paciente que tiver acesso ao serviço hospitalar de urgência e emergência deverá, obrigatoriamente, ser atendido por um médico, podendo, se houver hipótese de ausência do médico no serviço, ser dispensado ou encaminhado a outra unidade de saúde por um profissional não médico.
  • B O tempo máximo de permanência dos pacientes nos serviços hospitalares de urgência e emergência será de até 12 horas, após o qual o mesmo deverá ter alta, ser internado ou transferido.
  • C É permitida a internação de pacientes nos serviços hospitalares de urgência e emergência; nos casos graves.
  • D No caso de utilizar-se a “vaga zero” em serviço hospitalar de urgência e emergência superlotado ou sem capacidade técnica de continuidade de tratamento, caberá à equipe médica estabilizar o paciente e, após obtidas as condições clínicas que permitam a transferência, comunicar o fato à regulação, persistindo a responsabilidade do gestor público pela obtenção de vagas para continuidade do tratamento e, se necessário, com a compra de leitos na forma da lei.

Segundo a Resolução CFM nº 1931/2009, do Código de Ética Médica, marque a alternativa correta.

  • A É permitido ao médico deixar de atuar com absoluta isenção, quando designado para servir como perito ou como auditor, bem como ultrapassar os limites de suas atribuições e competências.
  • B É permitido ao médico subordinar os honorários ao resultado do tratamento ou à cura do paciente.
  • C É vedado ao médico consultar, diagnosticar ou prescrever por qualquer meio de comunicação em massa.
  • D É permitido ao médico realizar pesquisa médica em sujeitos que sejam direta ou indiretamente dependentes ou subordinados ao pesquisador.