Questões de Estudos Preliminares (Edificações)

Limpar Busca

Um desenho em um projeto na escala 1:75 apresenta 2,40 cm medidos no projeto. Logo, pode-se afirmar que a medida real do elemento é de:

  • A 1,80 m.
  • B 0,75 m.
  • C 3,20 m.
  • D 2,40 m.

Para fazer uma calçada de cimento, o pedreiro deve começar pelo(a) ____________e ___________do solo sobre o qual vai ser construída a calçada. Em seguida, deve fazer o ___________com uma camada de concreto magro de 3cm, no mínimo. O contrapiso não deve ser feito nos locais que serão usados como canteiro de flores ou grama. O contrapiso deve ser___________________. Uma maneira rápida e econômica de fazer o piso da calçada é usar uma camada de concreto de 5cm de espessura. Nas entradas de carro, essa camada deve ter 7cm. Colocar ripas de madeira no sentido da largura da calçada, a cada 1,50 m. Elas devem ficar aparentes na calçada e vão funcionar como juntas, evitando ________. Os termos que completam corretamente o texto sobre construção de calçadas são, respectivamente:

  • A nivelamento/ compactação/ contrapiso/ compactado e nivelado/ rachadura.
  • B concretagem/ compactação/ contrapiso/ compactado e nivelado/ rachadura.
  • C irregularidade / expansão/ contrapiso/ expandido e nivelado/ alisamento.
  • D nivelamento/ compactação/ contrapiso/ expandido e nivelado/ vigas aparentes.
  • E concretagem/ compactação/ cimento armado/ compactado e nivelado/ rachadura.
No que diz respeito aos elementos de cotagem, é correto afirmar que:
  • A As linhas auxiliares são desenhadas como linhas médias contínuas.
  • B Somente uma forma da indicação dos limites da linha de cota, deve ser usada num mesmo desenho, mesmo quando o espaço for muito pequeno.
  • C Os elementos de cotagem incluem a linha auxiliar, linha de cota e a cota.
  • D As cotas devem ser apresentadas em desenho em caracteres com tamanho suficiente para garantir completa legibilidade.

Atribua (V) verdadeiro ou (F) falso às afirmações e marque a alternativa correta.


Uma das fases do projeto arquitetônico é o projeto executivo, que apresenta, de forma clara e organizada, todas as informações necessárias à execução da obra e todos os serviços inerentes.


No projeto executivo, a planta de locação deve conter:


( ) Indicação do norte.

( ) Sistema estrutural.

( ) Curvas de nível existentes e projetadas, além de eventual sistema de coordenadas referenciais.

( ) Amarração dos eixos do projeto a um ponto de referência.

( ) Perímetro do terreno, marcos topográficos, cotas gerais, níveis principais.

( ) Indicação dos limites externos das edificações: recuos e afastamentos.

( ) Marcação de cortes e fachadas.

( ) Indicação de cotas de nível acabado.

  • A V – F – V – V – V – V – F – F.
  • B V – F – V – V – V – V – F – V.
  • C V – F – V – V – F – V – F – F.
  • D V – F – F – V – V – V – F – F.
Conforme a Lei Complementar nº 01/1993 - Código de Obras, no que se refere à planta de situação, assinale a alternativa correta.
  • A A planta de situação deve conter a situação do lote na quadra, referenciado o lote de que se trata o projeto; denominação de vias limítrofes; a amarração feita através dos cantos da quadra; as dimensões reais do terreno.
  • B A planta de situação deve conter a situação do lote no bairro, referenciado o lote de que se trata o projeto; denominação de vias limítrofes; a orientação magnética (norte verdadeiro); a amarração feita através dos cantos da quadra; as dimensões reais do terreno.
  • C A planta de situação deve conter a situação do lote na quadra, referenciado o lote de que se trata o projeto; denominação de vias limítrofes; a orientação magnética (norte verdadeiro); a amarração feita através dos cantos da quadra.
  • D A planta de situação deve conter a situação do lote na quadra, referenciado o lote de que se trata o projeto; denominação de vias limítrofes; a orientação magnética (norte verdadeiro); a amarração feita através dos cantos da quadra; as dimensões reais do terreno.