Questões de Drenagem (Engenharia Civil)

Limpar Busca

A drenagem é fundamental para a garantia da estabilidade da via a ser construída. A esse respeito, julgue o item subsequente. 


Os drenos profundos têm por objetivo principal interceptar o fluxo da água subterrânea por meio do rebaixamento do lençol freático.

  • Certo
  • Errado

A drenagem é fundamental para a garantia da estabilidade da via a ser construída. A esse respeito, julgue o item subsequente. 


As valetas de proteção de cortes são construídas à margem dos acostamentos, terminando em pontos de saída convenientes, como descidas d’água.

  • Certo
  • Errado

A drenagem é fundamental para a garantia da estabilidade da via a ser construída. A esse respeito, julgue o item subsequente.


Os bueiros de greide são empregados para permitir a transposição de fluxos d’água coletados por dispositivos de drenagem superficial.

  • Certo
  • Errado

Uma galeria trapezoidal, utilizada na drenagem de águas, possui dimensões horizontais de 1,55 m e 0,80 m e altura de 2,0 m e está projetada para trabalhar completamente cheia. Sob essas condições e sabendo-se que a velocidade máxima de escoamento da água da chuva é de 60 cm/s, a vazão máxima que pode ser escoada por essa galeria é, aproximadamente,

  • A 1,41 m³/s.
  • B 0,70 m³/s.
  • C 141,00 m³/s.
  • D 70,50 m³/s.
As cidades em todo o Brasil vêm sofrendo constantemente com problemas relacionados à drenagem urbana em diferentes magnitudes. A ocorrência de chuvas cada vez mais intensas aliada ao aumento das áreas impermeabilizadas é um grande desafio na atualidade das cidades. Tradicionalmente, o sistema de drenagem é definido como o conjunto de elementos interligados em um sistema, destinado a captar as águas pluviais precipitadas sobre uma região, conduzindo-as, de forma segura, a um destino final. São considerados objetivos do sistema de drenagem, EXCETO:
  • A Articular-se com o projeto de desenvolvimento urbano e a ocupação do solo, de forma a assegurar medidas corretivas compatíveis com as metas e os objetivos definidos para a região.
  • B Utilizar sempre as várzeas em áreas centrais de municípios para atividades de lazer e contemplação ao longo de todo o ano, em harmonia com a manutenção das funções ecossistêmicas fluviais e compondo paisagens multifuncionais.
  • C Minimizar alterações hidrossedimentológicas, reduzindo não só alterações hidrológicas que revertem em aumento do risco de inundações, mas também problemas de erosão e sedimentação, que revertem em desequilíbrios morfológicos.
  • D Preservar as várzeas não urbanizadas, sempre que possível, numa condição que minimize as interferências com o escoamento das vazões de cheias, com a sua capacidade de armazenamento e com os ecossistemas aquáticos e terrestres de especial importância.