Questões de Conceitos Fundamentais (Museologia)

Limpar Busca

O papel do museu como um local elitista ou como bastião da tradição da alta cultura, deu lugar ao espaço da cultura de massa, como um lugar de uma mise-en-scène espetacular e grande exuberância. Tal afirmação denota uma mudança de paradigma que se deu no contexto da(s):

  • A Vanguardas europeias e a paulatina adesão dos museus aos movimentos artísticos no final do século XIX.
  • B Adesão dos museus de história natural às temáticas sociais e contemporâneas, após a revolução industrial.
  • C Nova museologia e dos museus de território.
  • D “Batalha” contra os museus, fato pertinente na cultura modernista em parte do século XX.
  • E Criação de museus após a Segunda Guerra Mundial, mais empenhados com as causas populares e as demandas exclusivas da América Latina.

Com a Mesa Redonda de Santiago do Chile, em 1972, tem início o Movimento da Nova Museologia (MINOM) que se consolida nos anos 80. México, França, Suíça, Portugal e Canadá foram inicialmente os formuladores desta nova concepção. São fatos pertinentes deste momento de crise e reflexão tais afirmações, EXCETO:

  • A Disciplinas como a história, a arqueologia e a antropologia passaram concomitantemente por processos de renovação, influenciando novos olhares sobre o campo museal.
  • B A redefinição política e ideológica de diversos profissionais provocou um realinhamento de suas práticas e concepções, inaugurando uma nova função social dos museus.
  • C A nova museologia apresenta a possibilidade de os museus acolherem as descobertas de outras áreas do conhecimento, fato inédito no âmbito dos museus tradicionais.
  • D O surgimento dos museus comunitários, ecomuseus, museus da vizinhança etc. colocou em xeque as estruturas dos museus tradicionais.
  • E Os museus começam a ser instrumentalizados como ferramentas de inclusão social, defesa de direitos dos grupos sociais e conscientização do público visitante.

Os Gabinetes de Curiosidades se desenvolveram na Europa nos séculos XVI e XVII, inicialmente criados para demonstrar o poderio econômico e a fineza de seus proprietários. Dentre as suas principais características, temos:

  • A a reunião de objetos selecionados pelas suas características peculiares, muitas vezes desconsiderando a qualidade estética ou comprovação de autenticidade histórica dos mesmos.
  • B o grande rigor científico na seleção dos objetos, sendo proibidos itens exóticos e sem procedência atestada.
  • C a reunião das melhores obras artísticas, ajudando a desenvolver as artes na Europa, principalmente em Portugal.
  • D a reunião de obras científicas e artísticas, permitindo a contemplação adequada de todos os bens dispostos nos mesmos e a formulação das técnicas museográficas vigentes até a contemporaneidade.
  • E os objetos podiam ser manipulados, retardando a aura de intocabilidade de muitas obras presentes nos museus contemporâneos.

Nas décadas de 1920-30 coloca-se em prática a ideia da construção de um Estado onde as elites papel tem destaque no encaminhamento da questão política e cultural. São temas fundamentais:

1. A criação da nacionalidade; 2. O estudo científico da realidade brasileira.

Neste contexto são criadas as seguintes instituições:

  • A o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, o Museu Villa-Lobos e o Museu Nacional de Belas Artes.
  • B o Museu Histórico Nacional, o Curso de Museus e a Inspetoria de Monumentos Nacionais.
  • C o Museu Nacional, o Museu da República e o Museu Histórico Nacional.
  • D o Museu da Independência, o Museu Histórico Nacional e o Museu Nacional de Belas Artes.
  • E o Museu do Ouro, o Museu Imperial e o Museu Lasar Segall.

A Imperatriz Catarina II (1729 - 1796) passou a permitir visitas públicas às suas coleções, desde que as pessoas se encontrassem vestidas com os trajes de cerimonial da corte.
Tal informação se refere a uma das principais experiências museológicas do século XVIII, ocorrida no:

  • A Palácio de Luxemburgo.
  • B Museu do Louvre.
  • C Museu Britânico.
  • D Museu de São Petersburgo.
  • E Palácio Hermitage.