Questões de Avaliação Imobiliária em Engenharia Civil (Engenharia Civil)

Limpar Busca
Um Engenheiro Civil, no procedimento de avaliação de um bem, deve considerar a expectativa do cliente quanto ao grau de fundamentação do trabalho como
  • A uma atividade acessória de uma avaliação.
  • B uma atividade especial de uma avaliação.
  • C uma atividade intermitente de uma avaliação.
  • D uma atividade básica de uma avaliação.
  • E uma atividade paralela de uma avaliação.
No resultado de uma avaliação, é permitido arredondar o resultado, bem como os limites do intervalo de confiança e do campo do arbítrio, em até:
  • A 0,5 %.
  • B 1%.
  • C 1,5%.
  • D 0,05%.
  • E 1,667%.
Um engenheiro civil da prefeitura de João Pessoa foi incumbido de identificar o valor de um bem municipal. Conhecedor da Norma Técnica especifica sobre avaliação, ele decide utilizar um método que consiste em identificar o valor do bem pelo somatório dos valores de seus componentes. Dessa maneira, é correto afirmar que o profissional utilizou o método
  • A comparativo direto de dados de mercado.
  • B capitalização de renda.
  • C direto de comparação.
  • D involutivo
  • E evolutivo.

Na avaliação de um imóvel urbano pelo método evolutivo, constatou-se que o valor das benfeitorias é R$240.000,00 e o valor do terreno é R$360.000,00. Se o fator de comercialização local é de 1,25, o valor do imóvel é de

  • A R$660.000,00.
  • B R$675.000,00.
  • C R$690.000,00.
  • D R$750.000,00.
  • E R$825.000,00.

Analise os itens de I a IV e assinale a alternativa correta.


Conforme consta na Lei Federal nº 6.766/1979, que dispõe sobre parcelamento do solo urbano, o projeto de loteamento urbano deve conter: os desenhos (plantas), memorial descritivo e cronograma de execução das obras, acompanhado de certidão atualizada da matrícula da gleba, expedida pelo Cartório de Registro de Imóveis competente, de certidão negativa de tributos municipais e do competente instrumento de garantia. O memorial descritivo deverá conter, obrigatoriamente, pelo menos:


I- A descrição sucinta do loteamento, com as suas características e a fixação da zona, ou zonas de uso predominante;

II- As condições urbanísticas do loteamento, as limitações que incidem sobre os lotes e suas construções, além daquelas constantes das diretrizes fixadas;

III- As dimensões lineares e angulares do projeto, com raios, cordas, arcos, pontos de tangência e ângulos centrais das vias;

IV- A enumeração dos equipamentos urbanos, comunitários, dos serviços públicos, ou de utilidade pública, já existentes no loteamento e adjacências.

  • A Todas os itens estão corretos.
  • B Somente os itens I, II e IV estão corretos.
  • C Somente os itens I, II e III estão corretos.
  • D Somente os itens I e II estão corretos.