Questões de Artrópodes (Biologia)

Limpar Busca

Analisar as imagens abaixo:



Sobre as imagens, marcar C para as afirmativas Certas, E para as Erradas e, após, assinalar a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:


( ) O corpo do animal 2 é dividido por cabeça, tórax e abdômen.

( ) O animal 3 é carnívoro e se alimenta de pequenos animais.

( ) No caso do animal 1, observa-se a presença de antenas sensoriais.

( ) Cefalotórax e abdômen são características do animal 2.

( ) O animal 3 inocula veneno com suas pernas dianteiras modificadas.

() O corpo do animal 1 divide-se em cabeça, tórax e abdômen.

  • A C - C - C - E - E - C.
  • B C - E - E - C - E - C.
  • C C - C - E - E - C - E.
  • D E - E - C - C - E - C.
  • E E - E - E - C - C - E.

As estratégias de manejo e controle desta espécie devem ser realizadas de forma criteriosa e coordenada, por meio da remoção mecânica (controle direto) ou pelo manejo ambiental (controle indireto). A busca ativa consiste em vasculhar o ambiente à sua procura, removendo e afastando objetos e utensílios no peri e intra domicílio e em pontos estratégicos. Quando encontrados, os indivíduos devem ser coletados usando pinças de 20 cm a 30 cm, colocados em recipiente com tampa de rosca com pequenos furos, que deve ser mantido ao abrigo do sol. Até o momento, não há estudos que comprovem a efetividade do uso de produtos químicos para o controle desta espécie, não sendo, portanto, esta ação indicada pelo Ministério da Saúde. A espécie é o principal causador de acidentes no Nordeste do Brasil. É partenogenética e é identificada pela coloração amarelo-clara com o escurecimento do abdômen apenas em uma faixa longitudinal, na parte dorsal do mesossoma, seguido de uma mancha triangular no prossoma.


A espécie a qual se refere o texto acima é:

  • A Tityus obscurus.
  • B Tityus stigmurus.
  • C Desmodus rotundus.
  • D Tityus serrulatus.
  • E Tityus bahiensis.

Dos 18 gêneros de triatomíneos conhecidos pela Ciência, três (Rhodnius, Panstrongylus e Triatoma) incluem as espécies mais comuns que transmitem o parasito Trypanosoma cruzi. Estes três gêneros se diferenciam pela posição das antenas na cabeça, conforme os esquemas abaixo:



Analise as afirmações que seguem e assinale a alternativa CORRETA:


I. A figura 1 exemplifica uma espécie do gênero Triatoma, já que apresenta cabeça robusta e com antenas próximas aos olhos.

II. Espécies do gênero Panstrongylus (Figura 2) têm cabeça de tamanho médio e antenas no meio, entre a ponta da cabeça e os olhos.

III. Observa-se, na figura 3, um exemplo de representante do gênero Rhodnius, pois apresenta cabeça alongada com antenas na extremidade.

  • A Apenas a afirmação I está correta.
  • B Apenas a afirmação II está correta.
  • C Apenas a afirmação III está correta.
  • D Nenhuma afirmação está correta.
  • E Todas as afirmações estão corretas.

Julgue os itens abaixo e assinale a alternativa CORRETA quanto à biologia dos insetos vetores:


I. Flebotomíneos são mosquitos hemimetábolos, com fases larvais que se alimentam de matéria orgânica depositada no solo. Os machos adultos do mosquito-palha (gênero Lutzomyia) se alimentam da seiva elaborada de plantas, enquanto as fêmeas adultas são hematófagas e podem transmitir, ao homem, um protozoário do gênero Leishmania.

II. Percevejos da família Reduviidae e subfamília Triatominae podem ser hematófagos e entomófagos e são geralmente reconhecidos pelo formato e tamanho da probóscide. A probóscide reta e curta caracteriza um triatomíneo predador e se for curta e recurvada, caracteriza um hematófago.

III. No modo de transmissão do Aedes aegypti, a fêmea pica a pessoa infectada, mantém o vírus na saliva e o retransmite. Após o período de "incubação" do vírus, que ocorre após a ingestão do sangue infectado pela fêmea, o mosquito está apto a transmitir novamente, permanecendo, assim, apto durante toda a vida.

IV. Insetos transmissores da malária são do gênero Anopheles (família Culicidae). Seus ovos possuem flutuadores se transformam em larva já em dois a quatro dias depois da ovipostura, sendo postos separadamente uns dos outros.

  • A Somente III e IV estão corretos.
  • B Apenas I não está correto.
  • C Somente I e II estão corretos.
  • D Apenas III está incorreto.
  • E Apenas IV está incorreto.

De acordo com o Ministério da Saúde, as aranhas representam o terceiro grupo de animais que mais causa acidentes por envenenamento no Brasil. A maioria das aranhas produz veneno, porém, dentre elas, algumas não conseguem inoculá-lo na pele humana. Isso ocorre devido à disposição do ferrão que inocula veneno, que pode estar disposto de duas formas diferentes, como se vê na figura a seguir, que representa a parte anterior do cefalotorax desses animais.
(http://www.mzufba.ufba.br/WEB/MZV_arquivos/artropodes_aranhas.html. Adaptado)
Nessa ilustração, a estrutura A é denominada

  • A quelícera e está conectada com a glândula de veneno.
  • B fiandeira e está conectada com a peçonha do animal.
  • C pedipalpo e é responsável pela produção de veneno.
  • D papo, que produz o veneno a ser liberado pelo ferrão.
  • E mandíbula, responsável pela inoculação de veneno na presa.