Questões de Concursos de Energia - Geografia Página 1

A ONS (Operador do Sistema Nacional de energia) manda triplicar geração de usinas termelétricas” A partir de amanhã, o sistema elétrico brasileiro voltará a gerar mais energia de termelétricas – mais poluente e com um custo mais alto, que é repassado para as contas de luz dos consumidores (...) A produção passará de 700 MW para 2.000 MW. (...) O uso das térmicas que estava concentrado no Nordeste será estendido para o Sul e para o Sudeste.”
Fonte: O Globo, 04 de junho de 2010.

A justificativa da elevação da produção de energia em termoelétricas por parte do operador nacional do sistema se justifica:

Em 2014, a escassez da água no sudeste do Brasil e a possibilidade de uma nova crise energética voltou à pauta nacional, diante dos riscos da economia frágil. Sobre o modelo energético brasileiro, assinale a alternativa INCORRETA:
a) A geração de eletricidade no país tem sua maior potencialidade nas usinas termonucleares, de óleo diesel e gás natural e correspondem a 47% do modelo energético atual no país, em detrimento da energia hidráulica, de alto custo e pouca eficiência. b) Em 2004, o carvão mineral correspondeu a 6,7% de participação na matriz energética brasileira. O carvão vapor, nacional, é utilizado em 90% na produção de energia elétrica, e o carvão metalúrgico, importado, tem como principal usuário a indústria siderúrgica. c) A biomassa, produzida em grande escala no Brasil, é oriunda principalmente da produção do etanol a partir da cana-de-açúcar e das plantações de eucalipto com o carvão vegetal. A disponibilidade ADMue esse modelo de energia correspondesse a 13,5% da matriz energética nacional no ano de 2004. d) Com a política de incentivo ao consumo de gás natural e aumento da capacidade do gasoduto Brasil – Bolívia, este modelo contribuiu, em 2005, com 9,4% na matriz energética nacional, mostrando-se atrativo pela sua eficiência e menores preços em relação a outras matrizes. e) O Brasil possui atualmente dois importantes programas para a promoção da conservação de energia e a racionalização de seu uso: o Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (PROCEL), coordenado pela ELETROBRÁS, e o Programa Nacional de Racionalização do Uso dos Derivados do Petróleo e Gás Natural (CONPET), coordenado pela PETROBRAS.