Resolver o Simulado Cirurgião Dentista

0 / 30

Odontologia

1
A comunicação e a divulgação em Odontologia obedecerão ao disposto no Código de Ética Odontológica. Constitui infração ética, EXCETO:
  • A Anunciar ou divulgar títulos, qualificações, especialidades que não possua, sem registro no Conselho Federal, ou que não sejam por ele reconhecidas;
  • B Criticar técnicas utilizadas por outros profissionais como sendo inadequadas ou ultrapassadas
  • C Oferecer trabalho gratuito com intenção de autopromoção ou promover campanhas oferecendo trocas de favores;
  • D Anunciar serviços profissionais como prêmio em concurso de qualquer natureza ou através de aquisição de outros bens pela utilização de serviços prestados;
  • E Promover direta ou indiretamente por intermédio de publicidade ou propaganda a restauração do ambiente.
2
A atenção odontológica no serviço público brasileiro há anos caracterizou-se por prestar assistência a grupos populacionais restritos, como os escolares, por meio de programas voltados para:
  • A Os curativos e mutiladores
  • B Os dentes de leite
  • C Mais higiene e cuidado precário
  • D As doenças cárie e periodontal
  • E Implantes dentários
3
As classes de medicamentos utilizadas em Odontologia são bem abrangentes, haja vista o extenso âmbito de atuação, totalizando 23 especialidades e diversas práticas integrativas e complementares. Assim, o cirurgião-dentista, respaldado na ciência, possui competência legal e técnica para prescrever, EXCETO:
  • A Antibióticos, controle de sangramento, prevenção de tromboembolia,
  • B Anti-inflamatórios esteroides e não esteroides,
  • C Analgésicos opioides e não opioides,
  • D Anestésicos locais e gerais, antifúngicos e antivirais,
  • E Medicamentos utilizados no controle de medo e ansiedade, de hipo e hipertireoidismo.
4
São características do processo de trabalho das equipes de Atenção Básica: I. Definição do território de atuação e de população sobre responsabilidade das UBS e das equipes; II. Desenvolver ações que priorizem os grupos de risco e os fatores de risco clínico-comportamentais, alimentares e/ou ambientais, com a finalidade de prevenir o aparecimento ou a persistência de doenças e danos evitáveis; III. Prover atenção integral, contínua e organizada à população adscrita; IV. Realizar atenção à saúde somente na Unidade Básica de Saúde e no domicílio; V. Cuidar para não desenvolver ações educativas que possam interferir no processo de saúde-doença da população, no desenvolvimento de autonomia, individual e coletiva, e na busca por qualidade de vida pelos usuários. Estão corretas:
  • A II, III, IV somente
  • B IV, III somente
  • C I, III, V somente
  • D IV, V somente
  • E I, II, III somente
5
É vedado ao cirurgião-dentista, EXCETO:
  • A Expor em público trabalhos odontológicos e usar de artifícios de propaganda para granjear clientela;
  • B Anunciar cura de determinadas doenças, para as quais não haja tratamento eficaz;
  • C Consultas mediante correspondência, rádio, televisão ou meios semelhantes; anunciar preços de serviços, modalidades de pagamento e outras formas de comercialização da clínica que signifiquem competição desleal.
  • D Empregar a analgesia e a hipnose, desde que comprovadamente habilitado, quando constituírem meios eficazes para o tratamento;
  • E Prestação de serviço gratuito em consultórios particulares; Exercício de mais de duas especialidades; divulgar benefícios recebidos de clientes;
6
(CONCURSO CRATO/2021) Com relação ao mecanismo de ação do flúor no combate à carie dental, marque a alternativa correta:
  • A O flúor age aumentando o do pH crítico. Na presença de flúor o pH crítico do esmalte aumenta de 4,5 para 5,5, não permitindo a saída de cálcio/fosfato do fluido do biofilme e com isso ele aumenta a concentração de mineral no ecossistema e assim reduz a velocidade da perda mineral, e aumenta a eficiência na redeposição mineral.
  • B O flúor age aumentando a produção de ácidos, pois atua na enolase da via glicolítica bem como na glicosiltransferase, que influencia na produção dos polissacarídeos extracelulares.
  • C Aumento na resistência bactérias cariogênicas aos ácidos, por participar na ATPase, uma enzima importante para bactérias que vivem no meio ácido (acidúricas).
  • D O fluoreto dinamicamente importante é aquele presente constantemente na cavidade bucal, participando do processo da cárie, atuando diretamente nos fenômenos da DES-RE
  • E O flúor tem mais efeito quando ingerido de forma sistêmica pois passa a ser incorporado na matriz do esmalte tornando-o mais resistente as bactétias cariogênicas.
7
(CONCURSO CRATO/2021) A doença periodontal representa um grupo de patologias que afeta os tecidos periodontais. Os tecidos periodontais têm a função de manter o dente no tecido ósseo, suportar as forças geradas pela mastigação e de defesa contra as influências ambientais externas nocivas, presentes na cavidade bucal, e são compostos pela gengiva, ligamento periodontal, cemento radicular e osso alveolar. Com base no estudo da anatomia e fisiologia, marque a alternativa que correlaciona respectivamente a estrutura com a função. I. É um tecido conjuntivo frouxo, ricamente vascularizado e celular, que circunda as raízes dos dentes e une o dente à lâmina dura ou ao osso alveolar propriamente dito. Apresenta a função de tornar possível a distribuição de forças produzidas durante a função mastigatória, no processo alveolar, e também é essencial para a mobilidade dos dentes II. É definido como as partes da maxila e da mandíbula que formam e dão suporte aos dentes. Desenvolve-se em associação com o desenvolvimento e a irrupção dos dentes e é gradativamente reabsorvido quando os dentes são perdidos com a função de distribuir e absorver as forças geradas, por exemplo, pela mastigação e outros contatos dentários. III. É um tecido calcificado especializado que recobre as superfícies radiculares dos dentes e, ocasionalmente, pequenas porções das coroas dos dentes. Possui muitas características em comum com o tecido ósseo, porém não é vascularizado, não é inervado, não sofre remodelação e reabsorção fisiológicas e apresenta deposição contínua ao longo da vida. IV. É a parte da mucosa mastigatória que recobre o processo alveolar e circunda a porção cervical dos dentes. Assume sua forma e textura em associação com a irrupção dos dentes. Apresenta-se de forma marginal, papilar e inserida.
  • A I - Ligamento periodontal, II - Gengiva, III- Cemento, IV- Processo alveolar
  • B I- Cemento, II- Processo alveolar, III- Ligamento periodontal, IV-Gengiva
  • C I- Ligamento periodontal, II- Processo alveolar, IIICemento, IV- Gengiva
  • D I- Gengiva, II- Cemento, III- Processo alveolar, IV- Ligamento periodontal
  • E I- Processo alveolar, II-Gengiva, III- Cemento, IV- Ligamento periodontal
8
(CONCURSO CRATO/2021) Com a publicação da Portaria GM/MS nº 1.444, de 28 de dezembro de 2000, que estabelece incentivo financeiro para a reorganização da atenção à saúde bucal prestada nos municípios por meio do Programa Saúde da Família (PSF), as ações de saúde bucal foram definitivamente incluídas na estratégia do PSF. Tal instrumento foi regulamentado pela Portaria GM/MS nº 267, de 6 de março de 2001, que aprova as normas e as diretrizes de inclusão da saúde bucal na estratégia do PSF, por meio do Plano de Reorganização das Ações de Saúde Bucal na Atenção Básica. Assim o Assistente em Saude Bucal (ASB) passa a fazer parte da equipe do PSF. Marque a alternativa que NÃO corresponde as suas competências no programa:
  • A realizar ações de promoção e prevenção em saúde bucal para as famílias, grupos e indivíduos, mediante planejamento local e protocolos de atenção à saúde, como também atividades programadas e de atenção à demanda espontânea
  • B executar limpeza, assepsia, desinfecção e esterilização do instrumental, equipamentos odontológicos e do ambiente de trabalho
  • C auxiliar e instrumentar os profissionais nas intervenções clínicas, processar filme radiográfico, selecionar moldeiras, preparar modelos em gesso, manipular materiais de uso odontológico
  • D aplicar medidas de biossegurança no armazenamento, transporte, manuseio e descarte de produtos e resíduos odontológicos
  • E participar na realização de levantamentos e estudos epidemiológicos, inclusive na categoria de examinador
9
(CONCURSO CRATO/2021) O cirurgião-dentista realizou uma radiografia periapical e incumbiu o ASB de fazer o processamento do filme radiográfico. No mês seguinte, quando o CD foi reavaliar a radiografia percebeu que existiam manchas escuras impedindo o correto diagnóstico radiológico. O que pode ter ocorrido de errado no processamento da película?
  • A O cirurgião-dentista expos o filme a um tempo de radiação muito longo durante a tomada radiográfica.
  • B Provavelmente o filme radiográfico sofreu exposição à luz durante a etapa de revelação.
  • C O filme radiográfico não foi bem lavado entre o revelador e o fixador, permitindo que o revelador reagisse com o fixador.
  • D A película não ficou tempo suficiente no fixador para eliminar os cristais, gerando essas manchas escuras.
  • E O revelador e o fixador estavam oxidados e precisavam ter sido trocados previamente.
10
(CONCURSO CRATO/2021) Um paciente necessita realizar uma exodontia do dente 41, que está integro mas com doença periodontal. Marque a sequência da seleção e preparo do instrumental cirúrgico que provavelmente será utilizado.
  • A Seringa carpule, sindesmótomo, fórceps nº 151, cureta, porta agulha e tesoura
  • B Seringa carpule, cabo e lamina de bisturi, alavanca reta, porta agulha e tesoura
  • C Seringa, descolador de Moat, fórceps nº1, cureta, pinça de Allis e tesoura
  • D Seringa, espátula 7, afastador de Minesota, alavanca curva, pinça hemostática e tesoura
  • E Seringa carpule, sindesmótomo, fórceps nº17, porta agulha e tesoura.

Saúde Pública

11

Considerando o Decreto Nº 7.508/2011, julgue os itens a seguir:


I. Regulamenta a Lei nº 8.080/1990, para dispor sobre o planejamento do Sistema Único de Saúde – SUS, a organização da saúde, a assistência à saúde e a articulação interfederativa.

II. O decreto considera como Região de Saúde o espaço geográfico contínuo constituído por agrupamentos de Municípios limítrofes, delimitado a partir de identidades culturais, econômicas e sociais, e de redes de comunicação e infraestrutura de transportes compartilhados, com a finalidade de integrar a organização, o planejamento e a execução de ações e serviços de saúde.

III. Para ser instituída, a Região de Saúde deve conter, no mínimo, ações e serviços de atenção primária e secundária; urgência e emergência; atenção psicossocial; vigilância em saúde; e atenção ambulatorial especializada e hospitalar;

IV. O acesso universal e igualitário à assistência farmacêutica pressupõe, cumulativamente: estar o usuário assistido por ações e serviços de saúde do SUS; ter o medicamento sido prescrito por profissional de saúde, no exercício regular de suas funções no SUS; estar a prescrição em conformidade com a RENAME e os Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas ou com a relação específica complementar estadual, distrital ou municipal de medicamentos; e ter a dispensação ocorrida em unidades indicadas pela direção do SUS.


Assinale a alternativa CORRETA:

  • A Existem dois itens falsos.
  • B O item IV é falso.
  • C Apenas um item não é falso.
  • D Apenas o item I é falso.
  • E O item II é falso.
12

Segundo o Art. 199 da Constituição Federal, a assistência à saúde é livre à iniciativa privada, porém é condicionada pelos seguintes termos, EXCETO:

  • A É vedada a participação direta ou indireta de empresas ou capitais estrangeiros na assistência à saúde no País, salvo nos casos previstos em lei.
  • B As instituições privadas poderão participar de forma complementar do sistema único de saúde, segundo diretrizes deste, mediante contrato de direito público ou convênio, tendo preferência as entidades filantrópicas e as sem fins lucrativos.
  • C É vedada a destinação de recursos públicos para auxílios ou subvenções às instituições privadas com fins lucrativos.
  • D É vedada a participação estrangeira através de doações de organismos internacionais, mesmo vinculados à Organização das Nações Unidas, de entidades de cooperação técnica e de financiamento e empréstimos.
13

A Lei Federal no 8.080/1990 prevê que:

  • A a participação complementar dos serviços privados para garantir a cobertura assistencial do SUS será formalizada mediante concessão, estabelecida por normas predominantemente privadas
  • B a utilização do critério baseado no perfil demográfico é vedada para o estabelecimento de valores a serem transferidos a Estados, Distrito Federal e Municípios.
  • C os cargos e funções de chefia, direção e assessoramento, no âmbito do SUS, só poderão ser exercidos em regime de tempo integral.
  • D os Municípios, dentre as atribuições estatuídas nessa lei, ficam vedados de administrar os recursos orçamentários e financeiros destinados à saúde, em cada ano.
14

A Lei nº 8.080/1990 dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços correspondentes e dá outras providências. São objetivos do Sistema Único de Saúde (SUS), EXCETO:

  • A A colaboração na proteção do meio ambiente, nele compreendido o do trabalho.
  • B O controle de bens de consumo, diretamente relacionado com a saúde, compreendidas todas as etapas e processos, da produção ao consumo.
  • C A formulação da política de medicamentos, equipamentos, imunobiológicos e outros insumos de interesse para a saúde e a participação na sua produção.
  • D A assistência às pessoas por intermédio de ações de promoção, proteção e recuperação da saúde, com a realização integrada das ações assistenciais e das atividades preventivas.
15

A composição mínima da ESF é definida por lei e estabelece que a equipe deve ser formada por um médico preferencialmente formado em medicina da família e comunidade, enfermeira(o) também preferencialmente especialista em saúde da família, auxiliar ou técnico de enfermagem e Agente Comunitário de Saúde. Para a Equipe de Saúde da Família há a obrigatoriedade de cumprimento de carga horária por todos os profissionais da equipe. Qual é essa carga horária?

  • A 45 horas semanais.
  • B 40 horas semanais.
  • C 35 horas semanais.
  • D 50 horas semanais.
16

O Decreto nº 7.508, de 28 de junho de 2011, que regulamenta a Lei nº 8.080/1990, dispõe sobre a organização do Sistema Único de Saúde (SUS), o planejamento da saúde, a assistência à saúde e a articulação interfederativa. Segundo esse Decreto, as Comissões Intergestores devem pactuar a organização e o funcionamento das ações e serviços integrados na rede de atenção à saúde. Qual das comissões abaixo se organiza no âmbito da União e está vinculada ao Ministério da Saúde?

  • A Comissão Intergestores Nacional.
  • B Comissão Intergestores Quadripartite.
  • C Comissão Intergestores Bipartite.
  • D Comissão Intergestores Tripartite
17

Em relação ao conteúdo da Lei n.º 8.080, de 19 de setembro de 1990, assinale a alternativa correta.

  • A O princípio da integralidade da assistência é entendido como a garantia de acesso às ações preventivas para toda a população, sem preconceitos ou privilégios de qualquer espécie.
  • B A utilização da epidemiologia para o estabelecimento de prioridades significa que as ações de saúde devem ser centradas no tratamento de doenças infectocontagiosas.
  • C A execução da vigilância sanitária de portos, aeroportos e fronteiras é de responsabilidade exclusiva da direção nacional do Sistema Único de Saúde, não podendo ser complementada pelos estados e municípios.
  • D O controle da prestação de serviços que se relacionam com a saúde, está incluído dentro do conceito de vigilância sanitária.
18

Conforme a Lei Federal nº 8.080 de 1990, é competência da direção municipal do Sistema de Saúde (SUS), EXCETO:

  • A estabelecer critérios, parâmetros e métodos para o controle da qualidade sanitária de produtos, substâncias e serviços de consumo e uso humano.
  • B gerir laboratórios públicos de saúde e hemocentros.
  • C formar consórcios administrativos intermunicipais.
  • D colaborar na fiscalização das agressões ao meio ambiente que tenham repercussão sobre a saúde humana e atuar, junto aos órgãos municipais, estaduais e federais competentes, para controlá-las.
19

É um conjunto de reformas institucionais do SUS acordado entre as três esferas de gestão (União, Estados e Municípios) com o objetivo de promover inovações nos processos e instrumentos de gestão, visando alcançar maior eficiência e qualidade das respostas do Sistema Único de Saúde, redefinindo as responsabilidades de cada gestor em função das necessidades de saúde da população e na busca da equidade social. O presente conceito é denominado de:

  • A Pacto pela Saúde
  • B Proad-SUS
  • C Política Nacional de Atenção Básica
  • D Programa Mais Médicos
20

São doenças de notificação compulsória, EXCETO:

  • A Antraz.
  • B Botulismo.
  • C Cólera.
  • D Diarréia.
21

Epidemias e endemias têm como fatores determinantes e condicionantes diversas situações econômicas, culturais, ecológicas, psicossociais e biológicas. A compreensão desses determinantes e condicionantes é importante para o planejamento de ações de prevenção e controle dos agravos com potencial endêmico e epidêmico. Em relação aos determinantes, relacione adequadamente as colunas a seguir. 1. Econômicos. 2. Biológicos. 3. Psicossociais. ( ) Indivíduos suscetíveis, mutação do agente infeccioso e transmissibilidade do agente. ( ) Uso de drogas, ausência de atividades e locais para lazer. ( ) Privações resultando em habitações precárias, falta de saneamento básico e de água tratada e ocupação do território de forma desordenada.
A sequência está correta em

  • A 3,2,1.
  • B 1,2,3.
  • C 2,3,1.
  • D 3,1,2.
22

Conforme a Lei Federal Nº 8.142, de 28 de dezembro de 1990, em seu Art. 2° Os recursos do Fundo Nacional de Saúde (FNS) serão alocados como:


I. Despesas de custeio e de capital do Ministério da Saúde, seus órgãos e entidades, da administração direta e indireta;

II. Investimentos previstos em lei orçamentária, de iniciativa do Poder Legislativo e aprovados pelo Congresso Nacional;

III. Investimentos previstos no Plano Quinquenal do Ministério da Saúde;

IV. Cobertura das ações e serviços de saúde a serem implementados pelos Municípios, Estados e Distrito Federal.


Assinale a alternativa CORRETA:

  • A Apenas as afirmativas I, II e IV estão corretas.
  • B Apenas as afirmativas I, II, III estão corretas.
  • C Apenas as afirmativas I e II estão corretas.
  • D Apenas as afirmativas II e III estão corretas.
  • E Todas as afirmativas estão corretas.
23
Com relação à Portaria GM/MS nº 1.020, de 31 de maio de 2002, assinale a alternativa INCORRETA:
  • A Os recursos financeiros, de média e alta complexidade, a que se refere o 4º artigo, deverão estar sob gestão municipal, quando o município encontrar-se em condição de gestão Plena de Sistema Municipal, ou sob gestão estadual quando o município estiver em outra condição de gestão previstas na NOAS – SUS 01/ 2002.
  • B Estabelecer que o processo de Programação da Assistência, no âmbito nacional, fica sob a responsabilidade da Secretaria de Assistência a Saúde/SAS/MS, a quem caberá orientar, subsidiar e avaliar as propostas estaduais de programação de metas físicas e financeiras para a assistência à saúde.
  • C Definir que a Programação da Assistência deve se orientar pelo documento, “Organização e Programação da Assistência: subsídios para a programação da assistência ambulatorial e hospitalar”.
  • D Dispõe sobre a participação da comunidade na gestão do Sistema Único de Saúde (SUS) e sobre as transferências intergovernamentais de recursos financeiros na área da saúde e dá outras providências.
  • E Definir que o disposto nesta Portaria não impõe a estados e municípios nenhuma obrigatoriedade em complementar a Tabela Nacional do Sistema Único de Saúde - SUS.
24
Com relação à Lei Federal nº 8.080, de 19 de setembro de 1990, assinale a alternativa INCORRETA:
  • A Os níveis de saúde expressam a organização social e econômica do País, tendo a saúde como determinantes e condicionantes, entre outros, a alimentação, a moradia, o saneamento básico, o meio ambiente, o trabalho, a renda, a educação, a atividade física, o transporte, o lazer e o acesso aos bens e serviços essenciais.
  • B As ações e serviços de saúde, executados pelo Sistema Único de Saúde (SUS), seja diretamente ou mediante participação complementar da iniciativa privada, serão organizados de forma regionalizada e hierarquizada em níveis de complexidade crescente.
  • C Serão criadas comissões intersetoriais de âmbito nacional, subordinadas ao Conselho Nacional de Saúde, integradas somente por entidades representativas da sociedade civil.
  • D Para atendimento de necessidades coletivas, urgentes e transitórias, decorrentes de situações de perigo iminente, de calamidade pública ou de irrupção de epidemias, a autoridade competente da esfera administrativa correspondente poderá requisitar bens e serviços, tanto de pessoas naturais como de jurídicas, sendo-lhes assegurada justa indenização.
  • E Caberá à União, com seus recursos próprios, financiar o Subsistema de Atenção à Saúde Indígena.
25

A (X) é uma doença viral transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. Há registros de transmissão vertical (gestante-bebê) e por transfusão de sangue. A infecção pode ser assintomática, leve ou causar doença grave, levando à morte. Normalmente, a primeira manifestação é a febre alta (39º a 40º C), de início abrupto, que geralmente dura de 2 a 7 dias. A (Y) é uma doença transmitida pelos mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus. No Brasil, a circulação do vírus foi identificada pela primeira vez em 2014. Os principais sintomas são febre alta de início rápido, dores intensas nas articulações dos pés e mãos, além de dedos, tornozelos e pulsos. Pode ocorrer ainda dor de cabeça, dores musculares e manchas vermelhas na pele. Não é possível ter mais de uma vez. (Z) é um vírus transmitido pelo Aedes aegypti e identificado pela primeira vez no Brasil em abril de 2015. O vírus recebeu a mesma denominação do local de origem de sua identificação em 1947, após detecção em macacos sentinelas para monitoramento da febre amarela, em Uganda. Cerca de 80% das pessoas infectadas não desenvolvem manifestações clínicas. Os principais sintomas são dor de cabeça, febre baixa, dores leves nas articulações, manchas vermelhas na pele, coceira e vermelhidão nos olhos.


X, Y e Z mencionados no texto acima podem ser substituídos, respectivamente, por:

  • A Febre Chikungunya, Dengue e Zika.
  • B Dengue, Zika e Febre Chikungunya.
  • C Febre Chikungunya, Zika e Dengue.
  • D Dengue, Febre Chikungunya e Zika.
  • E Zika, Dengue e Febre Chikungunya.
26
Assinale a alternativa INCORRETA acerca dos elementos envolvidos na cadeia de transmissão da Esquistossomose:
  • A A esquistossomose é uma doença de veiculação hídrica cuja transmissão ocorre quando o indivíduo suscetível (homem) entra em contato com águas onde existem cercárias livres.
  • B O agente etiológico é um verme platelminto conhecido como Schistosoma mansoni (Sambon, 1907) e o hospedeiro definitivo é o homem.
  • C Caramujos de água doce - Biomphalaria glabrata (Say, 1818), Biomphalaria straminea (Dunker, 1848) e Biomphalaria tenagophila (Orbigny, 1835) são hospedeiros intermediários e o veículo de contaminação para estes hospedeiros é a água contaminada com larvas de S. mansoni, na fase denominada miracídio.
  • D A fonte de infecção se dá quando hospedeiros definitivos liberam ovos viáveis de S. mansoni por meio das fezes, que é a via de eliminação.
  • E Os hospedeiros intermediários começam a eliminar miracídios após quatro a sete semanas da infecção pelas cercárias, e assim se mantêm por vários meses.
27

Julgue os itens abaixo sobre Conselhos de Saúde e assinale a alternativa CORRETA:


I. Um Conselho de Saúde pode ser definido como órgão ou instância colegiada de caráter permanente e deliberativo, em cada esfera de governo, integrante da estrutura básica da Secretaria ou Departamento de Saúde Estadual e Municipal, além de existir no plano Federal, por meio do Conselho Nacional de Saúde.

II. O funcionamento dos Conselhos de Saúde é condição essencial e obrigatória ao funcionamento do Sistema Único de Saúde - SUS.

III. De modo geral, o número de componentes em cada Conselho varia entre 10 a 20 membros, sendo que 50% devem ser de usuários (indicados por suas entidades), 25% de trabalhadores da saúde e 25% de prestadores de serviços (público e privado).


Está (ão) CORRETO (s):

  • A Apenas os itens I e II.
  • B Apenas os itens II e III.
  • C Apenas os itens I e III.
  • D Apenas o item II.
  • E Todos os itens.
28
Sobre o Sistema de Informação de Agravos de Notificação - SINAN assinale a alternativa INCORRETA:
  • A É alimentado pela notificação e investigação de casos de doenças e agravos que constam da lista nacional de doenças de notificação compulsória.
  • B O SINAN é um sistema para coleta, transmissão e disseminação de dados gerados rotineiramente pelo Sistema de Vigilância Epidemiológica do Brasil, no entanto, não identifica casos de trabalho infantil, já que acidentes de trabalho com crianças e adolescentes não são informados por instituições médicas às Secretarias Municipais de Saúde.
  • C A maioria das notificações é digitada nas Secretarias de Saúde dos municípios.
  • D Além da Ficha Individual de Notificação (FIN) e da Notificação Negativa, o SINAN disponibiliza também a Ficha Individual de Investigação (FII) que é um instrumento investigativo que identifica: a fonte de infecção, as formas de transmissão da doença e a confirmação ou descarte da suspeita da mesma.
  • E Casos suspeitos ou confirmados de intoxicação por inseticidas em Agentes de Combate às Endemias - ACE devem ser notificados no SINAN e informados por meio de emissão da Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT).
29
Pode ser considerada atribuição/atividade inerente aos Agentes de Combate às Endemias - ACE, EXCETO:
  • A A participação, mediante treinamento adequado, da execução, da coordenação ou da supervisão das ações de vigilância sanitária e ambiental no município.
  • B A execução e avaliação das ações de vacinação animal contra zoonoses, bem como a notificação e investigação de eventos adversos temporalmente associados a essas vacinações, assistidas por profissional de nível superior e condicionadas à estrutura de vigilância epidemiológica e ambiental e de atenção básica.
  • C A realização de ações de prevenção e controle de doenças e agravos à saúde, em interação com o Agente Comunitário de Saúde - ACS e a equipe de atenção básica.
  • D A realização de ações de campo para pesquisa entomológica, malacológica e coleta de reservatórios de doenças.
  • E O exercício de atividades de vigilância, prevenção e controle de doenças e promoção da saúde, desenvolvidas em conformidade com as diretrizes do SUS e sob supervisão do gestor de cada ente federado.

Enfermagem

30
Em relação ao câncer de mama, os serviços de saúde podem atuar em diferentes níveis de prevenção. Qual desses níveis auxilia a reabilitação, o retorno às atividades e a reinserção da mulher na comunidade; orienta cuidados; mantém o acompanhamento clínico e o controle da doença; orienta quanto aos direitos dos portadores de câncer e facilita o acesso a eles, quando necessário?
  • A Prevenção primária.
  • B Prevenção terciária.
  • C Prevenção secundária.
  • D Prevenção quaternária.
  • E Posvenção primária.
Voltar para lista