Resolver o Simulado Motorista - Máxima - Nível Médio

0 / 30

Português

1

Leia: 


No contexto da tira, funciona como verbo de ligação:
  • A parece
  • B disse
  • C jogar
  • D jogando
2

Assinale a alternativa em que a palavra, no texto, exerça papel adjetivo.

  • A norte (linha 10)
  • B recentemente (linha 14)
  • C adquirido (linha 19)
  • D esses (linha 39)
3



(Fonte: https://br.pinterest.com/pin/804525920905262076/?lp=true,

acesso em fevereiro de 2020.)


“Só precisa de cuidado e paciência”, o verbo destacado é classificado segundo os estudos de regência verbal como:

  • A intransitivo.
  • B transitivo direto e indireto.
  • C transitivo direto.
  • D transitivo indireto.
  • E verbo de ligação.
4

(Aurélien Casta. Le monde diplomatique. 7 de janeiro de 2020.)

Assinale a alternativa em que a palavra, no TEXTO I, apresente papel adjetivo.

  • A que (linha 5)
  • B menos (linha 7)
  • C estudantes (linha 14)
  • D vinte (linha 30)
5

Segundo os autores de um novo estudo, a Stupendemys geographicus tinha uma distribuição geográfica ampla, num grande arco que ia do estado do Acre ao norte da Venezuela, passando pelo Peru e pela Colômbia. (linhas 7 a 11)


No trecho acima, há

  • A onze artigos e oito preposições.
  • B nove artigos e seis preposições.
  • C dez artigos e sete preposições.
  • D doze artigos e nove preposições.
6

Assinale a alternativa em que a palavra tenha sido acentuada seguindo regra distinta da das demais.

  • A Fósseis (linha 4)
  • B Colômbia (linha 11)
  • C crânios (linha 26)
  • D fêmeas (linha 35)
7
Para Maria da Graça
Paulo Mendes Campos
Agora, que chegaste à idade avançada de 15 anos, Maria da Graça, eu te dou este livro: Alice no País das Maravilhas.
Este livro é doido, Maria. Isto é: o sentido dele está em ti.
Escuta: se não descobrires um sentido na loucura, acabarás louca. Aprende, pois, logo de saída para a grande vida, a ler este livro como um simples manual do sentido evidente de todas as coisas, inclusive as loucas. Aprende isso a teu modo, pois te dou apenas umas poucas chaves entre milhares que abrem as portas da realidade.
A realidade, Maria, é louca.
Nem o Papa, ninguém no mundo, pode responder sem pestanejar à pergunta que Alice faz à gatinha: "Fala a verdade Dinah, já comeste um morcego?"
Não te espantes quando o mundo amanhecer irreconhecível. Para melhor ou pior, isso acontece muitas vezes por ano. "Quem sou eu no mundo?" Essa indagação perplexa é lugar-comum de cada história de gente. Quantas vezes mais decifrares essa charada, tão entranhada em ti mesma como os teus ossos, mais forte ficarás. Não importa qual seja a resposta; o importante é dar ou inventar uma resposta. Ainda que seja mentira.
A sozinhez (esquece essa palavra que inventei agora sem querer) é inevitável. Foi o que Alice falou no fundo do poço: "Estou tão cansada de estar aqui sozinha!" O importante é que ela conseguiu sair de lá, abrindo a porta. A porta do poço! Só as criaturas humanas (nem mesmo os grandes macacos e os cães amestrados) conseguem abrir uma porta bem fechada ou viceversa, isto é, fechar uma porta bem aberta.
Somos todos tão bobos, Maria. Praticamos uma ação trivial, e temos a presunção petulante de esperar dela grandes consequências. Quando Alice comeu o bolo e não cresceu de tamanho, ficou no maior dos espantos. Apesar de ser isso o que acontece, geralmente, às pessoas que comem bolo.
Maria, há uma sabedoria social ou de bolso; nem toda sabedoria tem de ser grave.
A gente vive errando em relação ao próximo e o jeito é pedir desculpas sete vezes por dia, pois viver é falar de corda em casa de enforcado. Por isso te digo, para tua sabedoria de bolso: se gostas de gato, experimenta o ponto de vista do rato. Foi o que o rato perguntou à Alice: "Gostarias de gato se fosses eu?"
Os homens vivem apostando corrida, Maria. Nos escritórios, nos negócios, na política, nacional e internacional, nos clubes, nos bares, nas artes, na literatura, até amigos, até irmãos, até marido e mulher, até namorados, todos vivem apostando corrida. São competições tão confusas, tão cheias de truques, tão desnecessárias, tão fingindo que não é, tão ridículas muitas vezes, por caminhos tão escondidos, que, quando os atletas chegam exaustos a um ponto, costumam perguntar: "A corrida terminou! Mas quem ganhou?" É bobice, Maria da Graça, disputar uma corrida se a gente não irá saber quem venceu. Se tiveres de ir a algum lugar, não te preocupe a vaidade fatigante de ser a primeira a chegar. Se chegares sempre onde quiseres, ganhaste. [...]

Adaptado de: https://contobrasileiro.com.br/tag/cronica-de-paulomendes-campos/ Acesso em: 04/02/2020.
O plural de “lugar-comum” é
  • A lugares-comuns.
  • B lugares-comum.
  • C lugar-comuns.
  • D lugar-comum, havendo somente a flexão na palavra que acompanha a expressão.
  • E lugars-comuns.
8

Considere o trecho: “Há infinitas definições. Mas vamos partir da seguinte: felicidade é um estilo de vida, ou seja, está muito mais ligada à forma como se vive o dia a dia.” (Linhas 4-5)

Sobre a organização sintática do trecho, é CORRETO afirmar que

  • A o sinal indicativo de crase foi usado porque ocorre a fusão de uma preposição “a” com o artigo feminino “a”, exigidos, respectivamente, pelos termos regente e regido.
  • B o verbo “haver” foi usado facultativamente no singular; poderia ser flexionado para o plural, concordando com o seu sujeito “infinitas definições”.
  • C a conjunção “mas” insere no trecho uma ideia de conclusão, portanto introduz uma oração coordenada sindética conclusiva.
  • D as vírgulas que separam a expressão explicativa “ou seja” são facultativas, pois se trata de um adjunto adverbial curto.
  • E a posição enclítica ocupada pelo pronome oblíquo átono “se” é facultativa, uma vez que não ocorre palavra atrativa que obrigue esse pronome a estar nessa posição.
9

Nova bateria deve manter carga do celular por cinco dias

A durabilidade seria tão ruim quanto a das baterias de hoje, mas, sim, elas podem ser revolucionárias.

Sair de casa sem um carregador para o celular vai deixar de ser problema. Pesquisadores da Universidade Monash, em Melbourne (Austrália), desenvolveram uma bateria com capacidade quatro vezes maior do que as utilizadas hoje.

Trata-se de uma bateria de Lítio-Enxofre (Li-S). Elas já existem – e por serem bem leves já foram usadas em aviões movidos a energia solar. Mas por que o seu celular não tem uma dessas, então?

Porque elas se desintegram. Depois algumas poucas cargas e recargas elas não aguentam o tranco, começam a se romper, e a bateria morre. Isso acontece porque as partículas de enxofre lá dentro praticamente dobram de tamanho quando a bateria está carregada – isso acontece nas baterias de lítio comum também, mas aí a dilatação é de apenas 10%.

A equipe, porém, encontrou uma solução esperta para esse problema: criaram uma estrutura interna bem intrincada, que oferece mais espaço para a expansão do enxofre. Dessa forma, ela consegue uma durabilidade equivalente à de uma bateria comum, com a vantagem de durar assombrosamente mais.

Isso não seria interessante só para quem sai de casa sem carregador. O maior impacto seria nos carros elétricos. Os melhores de hoje têm autonomia de mais ou menos 300 km. Baterias assim elevariam tal autonomia para 1.500 km – bem mais que a de qualquer veículo com motor a combustão interna.

Elas também ajudariam em outra frente: a das baterias que armazenam energia solar para uso doméstico, como a Powerwall, da Tesla. Ela armazena o equivalente a um dia e 17 de horas de energia. Com o lítio-enxofre de alta durabilidade, essa capacidade saltaria para uma semana.

Os pesquisadores estão otimistas. Dizem que, além de tudo, as baterias seriam mais baratas que as de hoje – pelo fato de o enxofre ser um elemento mais abundante que os metais das baterias de lítio comum. Mas o fato é que a tecnologia ainda está engatinhando – eles esperam testar protótipos por mais alguns anos até apresentar uma bateria capaz de chegar ao mercado.

Disponível em: <https://super.abril.com.br/tecnologia/nova-bateria-deve-manter-carga-do-celular-por-cinco-dias/>. Acesso em: 20 jan.

Assinale a alternativa que apresenta um hiato, um ditongo e um dígrafo, nessa ordem:

  • A Aí; depois; carregador.
  • B Bateria; ainda; praticamente.
  • C Metais; deixar; erradas.
  • D Veículo; aviões; testar.
  • E Isso; elevariam; bateria.
10
Para Maria da Graça
Paulo Mendes Campos
Agora, que chegaste à idade avançada de 15 anos, Maria da Graça, eu te dou este livro: Alice no País das Maravilhas.
Este livro é doido, Maria. Isto é: o sentido dele está em ti.
Escuta: se não descobrires um sentido na loucura, acabarás louca. Aprende, pois, logo de saída para a grande vida, a ler este livro como um simples manual do sentido evidente de todas as coisas, inclusive as loucas. Aprende isso a teu modo, pois te dou apenas umas poucas chaves entre milhares que abrem as portas da realidade.
A realidade, Maria, é louca.
Nem o Papa, ninguém no mundo, pode responder sem pestanejar à pergunta que Alice faz à gatinha: "Fala a verdade Dinah, já comeste um morcego?"
Não te espantes quando o mundo amanhecer irreconhecível. Para melhor ou pior, isso acontece muitas vezes por ano. "Quem sou eu no mundo?" Essa indagação perplexa é lugar-comum de cada história de gente. Quantas vezes mais decifrares essa charada, tão entranhada em ti mesma como os teus ossos, mais forte ficarás. Não importa qual seja a resposta; o importante é dar ou inventar uma resposta. Ainda que seja mentira.
A sozinhez (esquece essa palavra que inventei agora sem querer) é inevitável. Foi o que Alice falou no fundo do poço: "Estou tão cansada de estar aqui sozinha!" O importante é que ela conseguiu sair de lá, abrindo a porta. A porta do poço! Só as criaturas humanas (nem mesmo os grandes macacos e os cães amestrados) conseguem abrir uma porta bem fechada ou viceversa, isto é, fechar uma porta bem aberta.
Somos todos tão bobos, Maria. Praticamos uma ação trivial, e temos a presunção petulante de esperar dela grandes consequências. Quando Alice comeu o bolo e não cresceu de tamanho, ficou no maior dos espantos. Apesar de ser isso o que acontece, geralmente, às pessoas que comem bolo.
Maria, há uma sabedoria social ou de bolso; nem toda sabedoria tem de ser grave.
A gente vive errando em relação ao próximo e o jeito é pedir desculpas sete vezes por dia, pois viver é falar de corda em casa de enforcado. Por isso te digo, para tua sabedoria de bolso: se gostas de gato, experimenta o ponto de vista do rato. Foi o que o rato perguntou à Alice: "Gostarias de gato se fosses eu?"
Os homens vivem apostando corrida, Maria. Nos escritórios, nos negócios, na política, nacional e internacional, nos clubes, nos bares, nas artes, na literatura, até amigos, até irmãos, até marido e mulher, até namorados, todos vivem apostando corrida. São competições tão confusas, tão cheias de truques, tão desnecessárias, tão fingindo que não é, tão ridículas muitas vezes, por caminhos tão escondidos, que, quando os atletas chegam exaustos a um ponto, costumam perguntar: "A corrida terminou! Mas quem ganhou?" É bobice, Maria da Graça, disputar uma corrida se a gente não irá saber quem venceu. Se tiveres de ir a algum lugar, não te preocupe a vaidade fatigante de ser a primeira a chegar. Se chegares sempre onde quiseres, ganhaste. [...]

Adaptado de: https://contobrasileiro.com.br/tag/cronica-de-paulomendes-campos/ Acesso em: 04/02/2020.
Sobre os conectivos em destaque no excerto que segue, assinale a alternativa correta.
“Aprende, pois, logo de saída para a grande vida, a ler este livro como um simples manual do sentido evidente de todas as coisas, inclusive as loucas. Aprende isso a teu modo, pois te dou apenas umas poucas chaves entre milhares que abrem as portas da realidade.”
  • A Ambos têm função explicativa.
  • B A primeira ocorrência estabelece uma relação de causa; a segunda, de consequência.
  • C A primeira ocorrência estabelece uma relação de conclusão; a segunda, de explicação.
  • D A primeira ocorrência estabelece uma relação de explicação; a segunda, de conclusão.
  • E Ambos tem função conclusiva.

Física

11

Na Física, aprendemos a medir e comparar grandezas. Para muitas medidas com escalas graduadas, é desejável estimar uma fração da menor de suas divisões. Imagine a seguinte situação: você realiza a medida de um objeto com uma régua milimetrada e o resultado é um número não inteiro de divisões. Qual equipamento de medição você utilizará para a determinação da parte fracionária?

  • A Trena.
  • B Paquímetro.
  • C Micrômetro.
  • D Régua.
  • E Fita métrica.
12

Para expressar as grandezas muito grandes ou muito pequenas frequentemente encontrada na Física, usa-se a notação científica, que emprega potência de 10. Sendo assim, essa notação 9.560.000.000 m é representada por:

  • A 9,56 x 10-9 m.
  • B 9 x 109 m.
  • C 9,56 x 109 m.
  • D 9 x 10-9 m.
  • E 9,56 x 10-6 .
13

A água possui uma propriedade básica chamada calor específico , que é fundamental para termorregulação dos seres vivos. O calor específico da água é o mais alto entre os solventes. A quantidade de caloria necessária para elevar 1 grama de água em 1 grau centígrado é de:

  • A 1 caloria
  • B 2 calorias
  • C 3 calorias
  • D 4 calorias
14
O consumo de energia elétrica de uma residência pode ser estimado considerando as principais fontes desse consumo. A tabela a seguir apresenta a potência elétrica e o tempo de funcionamento diário dos principais aparelhos presentes em uma casa onde moram quatro pessoas. O valor total da tarifa mensal é dividido igualmente entre os moradores da residência. Supondo que o custo de 1kWh (quilowatt-hora) é R$ 0,50 e que um mês tenha 30 dias, assinale a alternativa que apresenta o valor aproximado pago mensalmente por cada morador.
Aparelho Potência (W) Tempo de uso diário (h) Chuveiro 5500 1 Geladeira 500 24 TV 80 1 Ferro 1000 0,5 Ar condicionado 900 4
  • A R$ 75,00
  • B R$ 81,00
  • C R$ 66,00
  • D R$ 92,00
  • E R$ 53,00
15
Transferência de calor é um processo de transferência de energia que ocorre quando dois corpos possuem temperaturas diferentes, tendendo ao equilíbrio térmico, ou seja, a troca de energia térmica ocorre enquanto existir a diferença de temperatura. A transferência de calor pode ocorrer de três formas: condução, convecção e radiação. Assinale a alternativa correta quanto aos mecanismos envolvidos nos processos de propagação de calor.
  • A A convecção é o processo de transferência de calor que proporciona o efeito das brisas marítimas e terrestres
  • B A condução térmica ocorre somente em meios líquidos
  • C O processo de irradiação térmica ocorre somente no vácuo
  • D Calor é a transferência de energia térmica em movimento e é apenas transmitido por meios materiais
  • E A convecção é o único mecanismo de transferência de calor que ocorre no vácuo
16
O Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foram acionados para prestar socorro às vítimas de um grave acidente de trânsito. Para chegar ao local do acidente, os dois veículos percorreram caminhos diferentes. Contudo, ambos saíram de seu local de origem no mesmo instante de tempo. O carro do corpo de bombeiros partiu da cidade A com uma velocidade constante de 40 km/h (quilômetros por hora) por 30 minutos. Em seguida, o carro do Corpo de Bombeiros ficou parado na pista por um período de 20 minutos devido à presença de um obstáculo na mesma. Após a liberação da pista, o carro do Corpo de Bombeiros continuou a sua trajetória com velocidade constante de 60 km/h (quilômetros por hora) por 40 minutos até chegar ao local do acidente. Já o carro do SAMU partiu da cidade B e percorreu uma distância de 60 km (quilômetros) com uma velocidade constante de 50 km/h (quilômetros por hora) para chegar ao local do acidente. Analise as afirmativas abaixo.
I. Para chegar ao local do acidente, o carro do Corpo de Bombeiros percorreu 20 km (quilômetros) a menos que o carro do SAMU. II. O SAMU chegou ao local do acidente 18 minutos antes do Corpo de Bombeiros. III. O carro do Corpo de Bombeiros percorreu uma distância de 60 km (quilômetros) até chegar ao local do acidente.
Assinale a alternativa correta.
  • A Apenas as afirmativas I e II estão corretas
  • B Apenas as afirmativas II e III estão corretas
  • C As afirmativas I, II e III estão corretas
  • D Apenas as afirmativas I e III estão corretas
  • E Apenas a afirmativa III está correta
17

A Dinâmica é uma parte da Física que estuda os movimentos e as causas que os produzem ou os modificam. Um dos tópicos iniciais do estudo da Dinâmica está relacionado com as definições de peso e de massa. Dentre as alternativas a seguir, assinale aquela que está corretamente descrita.

  • A O peso e a massa são grandezas vetoriais.
  • B A massa de um corpo é a força com que a Terra o atrai.
  • C No topo de uma montanha um corpo pesará menos que este mesmo corpo ao nível do mar.
  • D Caso fosse utilizado um dinâmometro para determinar o peso do mesmo corpo, na Terra e na Lua, os valores medidos seriam os mesmos.
18

Um corpo de massa m está apoiado sobre um plano inclinado, que forma um ângulo de 30º em relação à horizontal, conforme a figura a seguir. O valor do coeficiente de atrito estático que garante a condição de iminência de movimento desse corpo é?

  • A 1/2.
  • B √2/2
  • C √3/2
  • D √3/3.
19

Uma bússola é colocada em uma região na qual foi estabelecido um campo magnético uniforme. A agulha magnética dessa bússola tende a orientar-se e permanecer ______ às linhas de indução do campo magnético uniforme.

  • A paralela
  • B perpendicular
  • C em um ângulo de 45º
  • D em um ângulo de 60º
20

Quatro resistores ôhmicos iguais estão ligados em paralelo entre si e esse conjunto em paralelo com uma fonte de alimentação ideal que fornece ao circuito uma diferença de potencial de 10 volts. Sabendo-se que a intensidade de corrente elétrica em cada resistor é de 1,0 ampère, qual o valor da potência total consumida no circuito?

  • A 1,0 W
  • B 4,0 W
  • C 10,0 W
  • D 40,0 W

Matemática Financeira

21

Um capital de R$ 12.000,00 reais foi aplicado a taxa de juro simples de 25% ao ano e gerou um montante de R$ 30.000,00 reais, depois de um certo tempo. Pergunta: qual foi o tempo de aplicação?

  • A 20 anos.
  • B 15 anos.
  • C 6 anos.
  • D 4 anos.
  • E 2 anos.
22

Um capital de R$ 5.300,00, aplicado em regime de juros simples durante 5 meses, gerou um montante de R$ 6.100,00. Qual a taxa mensal de juros dessa aplicação?

  • A 3% a.m.
  • B 5% a.m.
  • C 5,5% a.m.
  • D 6% a.m.
  • E 15% a.m.
23
Considere um empréstimo bancário realizado no valor de R$ 100.000,00 para ser liquidado em 100 prestações mensais, iguais e consecutivas, vencendo a primeira ao final do 1º mês. Sabe-se que o empréstimo foi realizado pelo regime do Sistema Francês (Tabela Price) de Amortização, à taxa de juros compostos de 2% ao mês, obtendo-se o valor de R$ 2.800,00 para cada prestação. Com base nos dados apresentados, o saldo devedor do empréstimo, após o pagamento da 2ª prestação, será de
  • A R$ 99.380,00.
  • B R$ 99.200,00.
  • C R$ 98.384,00.
  • D R$ 98.551,68.
  • E R$ 98.702,71.
24
Paulo realizou um empréstimo bancário no valor de R$ 96.000,00 que deverá ser pago em 6 (seis) prestações trimestrais pelo Sistema de Amortização Constante (SAC), à taxa de 9% ao trimestre. Com base nos dados expostos, o valor da quinta prestação será de
  • A R$ 24.640,00.
  • B R$ 23.200,00.
  • C R$ 21.760,00.
  • D R$ 20.320,00.
  • E R$ 18.880,00.
25
João tinha uma dívida contratual com valor nominal de R$ 2.000,00. Essa dívida foi paga com atraso de 6 meses, sendo que a taxa de juros simples era de 10% ao mês, caso João atrasasse o pagamento. Assim, o valor total da dívida paga por João foi de
  • A R$ 4.000,00.
  • B R$ 3.200,00.
  • C R$ 3.100,00.
  • D R$ 3.400,00.
  • E R$ 3.600,00.
26

André vai abrir uma microempresa. Para isso, fez um empréstimo de R$ 60 000,00 com um amigo. Durante a negociação, foi decidido que ele vai pagar esse total após 8 meses com juros simples de 2% ao mês.


O valor a ser pago ao final desse período será

  • A R$ 50 400,00.
  • B R$ 61 200,00.
  • C R$ 68 400,00.
  • D R$ 69 600,00.
27

Um ente público aplicou R$ 15 000,00 em um título de renda fixa que rende juros simples. Após 10 meses, foi feito o resgate de R$ 16 500,00.


Qual é a taxa de juros simples dessa aplicação financeira?

  • A 16,5% ao mês.
  • B 1% ao mês.
  • C 2% ao mês.
  • D 11% ao mês.
28
O carro que Roberto comprou custava R$ 70.000,00. Ele pegou esse valor emprestado no banco, pagando de juros R$ 14 000,00. Esse empréstimo foi concedido a uma taxa de 2,5% ao mês. Qual o tempo Roberto levou para pagar esse empréstimo, considerando que ele não atrasou e nem adiantou nenhuma parcela?
  • A 14 meses.
  • B 8 meses.
  • C 12 meses.
  • D 10 meses.
29

O cliente da loja Compre Menos Ltda efetuou um pagamento de uma prestação de R$ 350,00 por R$ 377,08. Sabendo-se que a taxa de juros simples praticada pela loja foi de 6% ao mês, por quantos dias essa prestação ficou em atraso?

  • A 12 dias.
  • B 13 dias.
  • C 15 dias.
  • D 19 dias.
  • E 39 dias.
30
Ao nascer seu primeiro filho, um pai resolveu fazer uma poupança para comprar um carro para seu filho quando ele completasse 18 anos de idade. O pai fez o primeiro depósito no valor de R$ 200,00 em seu primeiro ano de vida, e assim foi depositando a cada aniversário do filho o valor que tinha depositado no ano anterior mais R$ 200,00. Sem considerar os juros da poupança, analise as alternativas e assinale a que representa o valor total de depósito que foi feito na conta do filho quando ele completou 18 anos de idade.
  • A R$ 3.600,00
  • B R$ 7.200,00
  • C R$ 32.200.00
  • D R$ 34.200,00
Voltar para lista