Resolver o Simulado Enfermeira Plantonista - Nível Superior

0 / 30

Enfermagem

1

As Infecções do Sítio Cirúrgico (ISC) são as complicações mais comuns decorrentes do ato cirúrgico, que ocorrem no pós-operatório em cerca de 3 a 20% dos procedimentos realizados, tendo um impacto significativo na morbidade e mortalidade do paciente. O enfermeiro tem fundamental importância na prevenção desta infecção. Acerca desse assunto, assinale a alternativa correta.

  • A Rotineiramente, o banho pré-operatório deve ser realizado de corpo inteiro, com uso de clorexidina 2% até 2 horas antes do procedimento cirúrgico.
  • B Todos os pacientes em pré-operatório, internados há mais de 24h, deverão fazer descolonização nasal com Mupirocina (apresentação própria para uso nasal) + banho de clorexidina por 3 dias (2x/d).
  • C A vancomicina é considerada como droga de escolha para antibioticoprofilaxia rotineiramente.
  • D A tricotomia pré-operatória não deve ser feita de rotina; se os pelos tiverem de ser removidos, deve-se fazê-lo imediatamente antes da cirurgia, utilizando-se tricotomizadores elétricos, e fora da sala de cirurgia.
  • E A inserção dos drenos cirúrgicos deve ocorrer no momento da cirurgia, preferencialmente na própria incisão cirúrgica, sejam eles em sistema fechado ou aberto, e devem ser removidos 48h após a cirurgia.
2

P. R, sexo feminino, 58 anos, diabética há 7 anos, deu entrada em uma Unidade de Pronto Atendimento com história de retenção urinária há 24 horas. No histórico de enfermagem, verificou-se o registro de disúria que foi controlada após o início da administração de antibioticoterapia há 10 dias. Após avaliação prévia, ficou decidida a realização da cateterização intermitente da bexiga. Quanto a esse procedimento, analise as proposições abaixo.
1) O(A) enfermeiro(a) deve preparar a bandeja para a cateterização intermitente tendo o cuidado de utilizar a sonda de acordo com o sexo e tamanho da paciente; para o caso acima, o indicado é uma sonda de Foley calibre 18 Fr. 2) A cateterização intermitente promove alívio do desconforto da distensão, além de permitir a mensuração do volume urinário; para tanto, o enfermeiro deve realizar, antes do início do procedimento, higiene íntima criteriosa. 3) Para a cateterização intermitente, o enfermeiro deverá utilizar coletor fechado para evitar risco de contaminação, conectado à sonda de Foley de duas vias. 4) O(A) enfermeiro(a) deve orientar a paciente quanto ao procedimento; colocá-la em posição ginecológica; realizar higiene íntima criteriosa; e introduzir a sonda uretral até a bexiga, esperando o retorno da urina por um período entre 05 e 10 min.
Estão corretas, apenas:

  • A 1, 2 e 3.
  • B 1 e 2.
  • C 2 e 4.
  • D 3 e 4.
  • E 1 e 4.
3

A utilização de suplementação medicamentosa com sais de ferro para prevenir e tratar a anemia é um recurso tradicional e amplamente utilizado. Acerca da suplementação de ferro oral profilático para a prevenção de anemia, assinale a alternativa correta.

  • A Recomenda-se que as ações de educação alimentar e nutricional sejam acompanhadas pela suplementação de ferro para crianças e gestantes.
  • B A suplementação com ferro deve ser iniciada pelo menos 30 dias antes da data em que se planeja engravidar para a prevenção da ocorrência de defeitos do tubo neural.
  • C Na criança que estiver em aleitamento materno exclusivo, a suplementação poderá ser realizada a partir dos quatro meses de idade.
  • D A suplementação profilática com ferro não ocasiona o surgimento de efeitos colaterais, mesmo quando em uso prolongado.
  • E A suplementação profilática com ferro não é recomendada nos casos de mulheres que sofreram abortos.
4

O trabalho do enfermeiro do Centro de Materiais e Esterilização (CME) é bastante complexo, pois acumula características técnico-assistenciais, como gestão de pessoas e da área física, atividades privativas ao setor e manuseio de novas tecnologias, com a capacidade de visualizar as necessidades de outras áreas que dependem do seu trabalho. Acerca desse tema, analise as proposições abaixo.
1) A limpeza do instrumental cirúrgico deve ser rigorosa e é uma das etapas mais importantes do processo de esterilização. 2) Após a limpeza, os artigos devem ser rigorosamente secos com pano limpo, sem fiapos e de cor branca, para visualizar possíveis sujidades. 3) Controle do processo e validação da esterilização significam a verificação da eficácia dos parâmetros do equipamento e da esterilização. 4) O armazenamento é a etapa inicial do processo de esterilização.
Estão corretas, apenas:

  • A 1 e 2.
  • B 1, 2 e 3.
  • C 1 e 4.
  • D 2 e 4.
  • E 3 e 4.
5

Sobre a avaliação física do recém-nascido (RN), assinale a alternativa correta.

  • A Nos RNs aparentemente saudáveis, após a avaliação física sumária realizada em sala de parto, o exame físico subsequente, minucioso, deverá ser realizado entre 18 e 24 horas de vida.
  • B A articulação coxofemoral merece atenção especial durante o exame físico e tem como objetivo descartar a presença de displasia congênita de quadril. A avaliação é realizada através das manobras de Ortolani e Barlow.
  • C Na avaliação das medidas antropométricas do RN a termo, é correto afirmar que a circunferência torácica normal esperada deverá ser de 2cm a 2,5cm inferior à circunferência cefálica.
  • D A respiração do RN é do tipo toracoabdominal e apresenta variações de frequência e ritmo. Nos neonatos a termo, as pausas respiratórias curtas (entre vinte e trinta segundos) são consideradas normais.
  • E Deve-se observar a coloração da pele do RN, procurando erupções, lesões cutâneas, petéquias, manchas ou cianose. Em neonatos pós-termo, é comum a presença de lanugo.
6

J. S., 20 anos, portador de diabetes mellitus tipo 1 desde os 6 anos, foi atendido na unidade de pronto atendimento (UPA), referindo desconforto abdominal, náuseas e vômitos, boca seca e, nos últimos dois dias, um aumento excessivo da eliminação urinária. Ao realizar a anamnese, o enfermeiro identificou o uso irregular da insulina há pelo menos 4 dias (SIC). O resultado da glicemia capilar para triagem foi 390 mg/dl. Considerando esse quadro, o enfermeiro deve concluir:

  • A o paciente está apresentando um quadro de infecção gastrointestinal, caracterizado por dor abdominal, náuseas e vômitos.
  • B o paciente apresenta um quadro de infecção que pode estar interferindo no quadro clínico e nos sintomas de hipoglicemia apresentados.
  • C o paciente está apresentando um quadro de síndrome hiperosmolar hiperglicêmica não cetótica, caracterizado por dor abdominal, e precisa ser imediatamente medicado.
  • D o paciente deve ser orientado a não interromper a insulina e liberado para sua residência com o encaminhamento agendado para a nutrição, pois as náuseas indicam utilização de alimentação inadequada.
  • E o paciente está apresentando um quadro de hiperglicemia, em que desconforto abdominal, náusea, vômito, polidpsia e poliúria podem indicar presença de cetoacidose diabética. É necessário intervir imediatamente.
7

As leucemias agudas resultam de uma transformação maligna das células hematopoéticas primitivas, seguida de uma proliferação clonal e consequente acúmulo dessas células transformadas. Sobre a Leucemia Mieloide Aguda (LMA) no adulto, assinale a alternativa correta.

  • A Quando, ao diagnóstico, a contagem de glóbulos brancos é maior do que 20.000/mm3 ou a desidrogenase lática (DHL) está elevada, tem-se um bom prognóstico.
  • B A cura da LMA nos adultos ocorre numa maioria de pacientes adultos que se submetem aos diversos protocolos de quimioterapia.
  • C Nos casos LMA de prognóstico intermediário ou desfavorável, os resultados do transplante de células-tronco hematopoéticas alogênico (aloTCTH) ou autólogo (auto-TCTH) são piores do que os obtidos com a quimioterapia padrão.
  • D O cariótipo das células leucêmicas é o fator mais importante para se prognosticar a resposta à quimioterapia de indução e a sobrevida global do paciente.
  • E O tratamento da LMA exige uma quimioterapia inicial denominada de “consolidação”, com o objetivo de atingir remissão completa da doença.
8

Na área de armazenamento de um Centro de Material e Esterilização, são necessários certos cuidados para evitar a recontaminação. Sobre essas recomendações, analise as proposições abaixo.
1) A área de armazenamento não deve ser um ambiente em que circulem muitas pessoas. 2) A temperatura ambiente ideal é entre 18° e 22° C. 3) As prateleiras devem ser constituídas de material poroso. 4) A área de armazenamento e distribuição de materiais esterilizados deve dispor de incubadoras de indicadores biológicos.
Estão corretas, apenas:

  • A 1 e 2.
  • B 1, 2 e 3.
  • C 1 e 4.
  • D 2 e 4.
  • E 3 e 4.
9

O intestino do lactente é extremamente vulnerável a infecções que provocam diarreia e alterações no equilíbrio hidroeletrolítico. Acerca desse tema, assinale a alternativa correta.

  • A A diarreia é definida como a ocorrência de três ou mais dejeções amolecidas ou líquidas em um período de 24 horas. É considerada diarreia aguda a presença deste quadro por um período inferior a 21 dias.
  • B A diarreia com sangue, com ou sem muco, é chamada disenteria. O agente etiológico mais comum da disenteria é a bactéria Gram-positiva Shigella.
  • C A desidratação isotônica ocorre, na maioria das situações, na criança; ou seja, as perdas de sódio e água se equivalem. O sódio sérico varia de 130 a 150 mEq/L, com pequena alteração da osmolaridade.
  • D Na desidratação leve, existem perdas de até 5% dos líquidos (3 a 5%); na moderada, entre 5 e 10%; e na grave, acima de 10% de perda de líquidos ou, mesmo, choque.
  • E Crianças com mais de seis meses e quadro de disenteria devem receber 10 mg de zinco oral por cinco dias.
10

O hipotireoidismo (H) é a diminuição da produção do hormônio da tiroide e é amplamente reconhecido por seus efeitos sobre os diferentes sistemas orgânicos, levando ao hipometabolismo. Acerca dessa patologia, é correto afirmar:

  • A a diminuição da produção do hormônio da tiroide provoca diminuição nos níveis de TSH.
  • B a diminuição do hormônio liberador de tirotropina (TRH) não interfere na diminuição da secreção de hormônios tiroidianos.
  • C o hipotireoidismo é um distúrbio que pode ocorrer em todas as idades, entretanto é raro em crianças com menos de 10 anos e atinge prevalência máxima na faixa etária após os 40 anos.
  • D a causa mais frequente do hipotireoidismo em adultos é a tiroidite autoimune crônica (tiroidite de Hashimoto).
  • E o hipotireoidismo é uma patologia que tem maior prevalência entre os homens e pode estar associada, mesmo na sua forma leve, a níveis elevados de colesterol sérico.

Farmácia

11
Acerca dos mecanismos das interações farmacocinéticas assinale a alternativa que corresponde a distribuição:
  • A Competição na ligação a proteínas plasmáticas. Hemodiluição com diminuição de proteínas plasmáticas.
  • B Alteração no pH gastrintestinal. Adsorção, quelação e outros mecanismos de formação de complexos.
  • C Alteração no pH urinário. Indução enzimática. Inibição enzimática.
  • D Nenhuma das alternativas.
12

Com base na Resolução nº 357, de 20 de abril de 2001. Dispõe sobre o regulamento técnico das Boas Práticas de Farmácia, Artigo 21 - O farmacêutico é responsável pela avaliação farmacêutica do receituário e somente será aviada/dispensada a receita que: Analise as afirmativas a respeito de alguns itens sobre o artigo citado acima:


I) estiver escrita a tinta, em português, em letra de forma, clara e legível, observada a nomenclatura oficial dos medicamentos e o sistema de pesos e medidas oficiais do Brasil. A datilografia ou impressão por computador é aceitável.

II) contiver o nome e o endereço residencial do paciente.

III) contiver a forma farmacêutica, posologia, apresentação, método de administração e duração do tratamento.

IV) contiver aspectos terapêuticos (farmacêuticos e farmacológicos).

V) a prescrição não deve conter rasuras e emendas.


Estão CORRETAS apenas as alternativas:

  • A I- II- III e V.
  • B I- III- IV e V.
  • C I- II- IV e V.
  • D Nenhuma das alternativas.
13

Leia o texto a seguir:


Nos casos em que dois ou mais fármacos administrados conjuntamente têm o mesmo efeito farmacológico. Por exemplo, a administração de trimetoprima e sulfametoxazol tem efeito benéfico pela atuação dos fármacos em etapas diferentes do metabolismo bacteriano cujo resultado é o aumento do espectro bacteriano e o aumento na atividade antimicrobiana, que passa de bacteriostática para bactericida.


Essa informação refere-se a:

  • A Sinergismo.
  • B Interação droga receptor.
  • C Mensageiro secundário.
  • D Nenhuma das alternativas.
14
Esses fármacos podem inibir por completo a secreção ácida e ter uma ação prolongada. Promovem a cicatrização ulcerosa e também têm importante papel nos esquemas de erradicação de H. pylori, substituíram os bloqueadores H2 em muitas situações clínicas porque sua ação é mais rápida e eficaz. Essa informação refere-se a qual fármacos que controlam a acidez gástrica?
  • A Antiácidos.
  • B Prostaglandinas.
  • C Inibidores da bomba de prótons.
  • D Nenhuma das alternativas.
15
Considere a alternativa que apresente um exemplo de Antiviral Citotóxico:
  • A Abacavir.
  • B Ribavirina.
  • C Ganciclovir.
  • D Nenhuma das alternativas.
16
Assinale a alternativa CORRETA que apresenta um medicamento da classe de broncodilatador:
  • A Salbutamol 100 mcg – aerossol inalatório.
  • B Beclometasona 250 mcg – inalatório – uso oral.
  • C Prednisona 5 mg – comprimido.
  • D Nenhuma das alternativas.
17
É um agonista β-adrenérgico não seletivo, com baixa afinidade pelos receptores α-adrenérgicos, ou seja, produz poucos efeitos vasculares, inclusive reduzindo a resistência vascular e influenciando o aumento do débito cardíaco, porém seus efeitos cardíacos são relacionados a palpitações, taquicardia sinusal e arritmias. A informação acima refere-se a:
  • A Fenilefrina.
  • B Isoproterenol.
  • C Clonidina.
  • D Nenhuma das alternativas.
18
Assinale a alternativa CORRETA sobre alguns efeitos adversos das Insulinas (NPH e regular):
  • A Hipoglicemia, particularmente em idosos, distúrbios gastrintestinais, reações cutâneas, distúrbios hepáticos.
  • B Hipoglicemia, aumento de peso, edema, hipersensibilidade cutânea.
  • C Hipoglicemia, particularmente em idosos, distúrbios gastrintestinais, cefaleia, reações cutâneas, distúrbios hepáticos, alterações hematológicas, aumento de peso.
  • D Nenhuma das alternativas.
19
Leia o texto a seguir e complete a lacuna: ______________é um antagonista não seletivo dos receptores β-adrenérgicos, utilizado no tratamento de algumas doenças dos sistemas cardiovascular, porém sua disseminação de uso está relacionada com o tratamento de glaucoma de ângulo aberto e hipertensão intraocular, em formas farmacêuticas oftálmicas.
  • A Timolol
  • B Propranolol
  • C Atenolol
  • D Nenhuma das alternativas.
20
A respeito das vitaminas lipossolúveis assinale a alternativa INCORRETA:
  • A São absorvidas pelo intestino e transportadas pelo sistema linfático para diversas partes do corpo.
  • B Pertencem a este grupo as vitaminas A, D , E , K.
  • C Não são facilmente excretadas e tendem a se acumular.
  • D Nenhuma das alternativas.

Análises Clínicas

21

Considere os métodos automatizados, utilizados em análises laboratoriais a seguir. 1) Análise da expressão antigênica (CDs) das células, através da ligação antigeno - anticorpo - fluorocromo. 2) Análise de células e partículas, enquanto elas fluem através de uma célula de fluxo muito estreita. 3) Medição da difração da luz, ao passar por uma solução que contém complexos imunológicos.
Os métodos apresentados em 1, 2 e 3, respectivamente, são:

  • A imunofenotipagem, citometria de fluxo e nefelometria.
  • B citometria de fluxo, imunofenotipagem e turbidimetria.
  • C imunocromatografia, citometria de fluxo e turbidimetria.
  • D citometria de fluxo, imunofenotipagem e espectrofotometria.
  • E imunofenotipagem, citometria de fluxo e eletroquimioluminescência.
22

Para determinar a sensibilidade de uma bactéria aos fármacos in vitro, utiliza-se o método de difusão em discos. O tamanho da zona de inibição de crescimento bacteriano indica o grau de sensibilidade ao fármaco. Este teste deve ser cuidadosamente padronizado para fornecer resultados confiáveis. Observando os fatores que podem influir nos resultados, analise as proposições a seguir.
1) A concentração bacteriana é diretamente proporcional à sensibilidade aparente ao fármaco. 2) O diâmetro do halo ao redor do disco está correlacionado com a concentração inibitória mínima do fármaco. 3) Os componentes do meio de cultura não interferem no diâmetro do halo de inibição. 4) O tempo de incubação das placas em teste é diretamente proporcional à possibilidade de desenvolvimento de bactérias mutantes resistentes. 5) A atividade do fármaco pode ser alterada pela temperatura da estufa.
Está(ão) correta(s), apenas:

  • A 5.
  • B 2, 4 e 5
  • C 1, 2 e 4
  • D 1 e 3.
  • E 3.
23

De acordo com a Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/ Medicina Laboratorial, o Teste Laboratorial Remoto (TLR) também é conhecido como teste à beira do leito, teste rápido, teste ao lado do paciente. Tratase de um teste realizado próximo ao paciente, que fornece resposta rápida e cuja amostra não é transportada, tem análise simplificada e os operadores podem não pertencer ao laboratório. Os resultados dos testes rápidos podem ser utilizados como triagem ou diagnóstico. Entretanto, apesar da facilidade em sua utilização, os TLRs também estão sujeitos a contínuos processos de controle de qualidade. Considerando o exposto e a legislação vigente, analise as proposições a seguir.
1) O serviço de saúde deve disponibilizar a relação de todos os TLR realizados por ele, bem como os procedimentos documentados. 2) Independente do local, os TLRs devem estar submetidos às mesmas diretrizes de um laboratório clínico, incluindo-se responsabilidade técnica, garantia da qualidade, entre outros. 3) A realização de TLR está condicionada à emissão de um laudo que deixe claras as suas limitações diagnósticas e demais indicações estabelecidas na etapa pós-analítica. 4) A execução dos TLRs e de testes rápidos deve estar vinculada a um laboratório clínico, posto de coleta ou serviço de saúde pública, ambulatorial ou hospitalar.
Estão corretas:

  • A 1, 2 e 4, apenas.
  • B 1, 2, 3 e 4.
  • C 3 e 4, apenas.
  • D 2, 3 e 4, apenas.
  • E 1, 3 e 4, apenas.
24

A manipulação de micro-organismos em laboratório requer conhecimento das normas de biossegurança a fim de proteger o operador e a comunidade. O maior ou menor risco depende do patógeno em estudo. Associe as colunas 1 (Classe de risco) e 2 (Patógenos), numerando a segunda coluna de acordo com o nível de biossegurança a ser adotado (primeira coluna).
COLUNA 1 Classe de risco (1) Nível de biossegurança 1 (NB1)
(2) Nível de biossegurança 2 (NB2) (3) Nível de biossegurança 3 (NB3) (4) Nível de biossegurança 4 (NB4)
COLUNA 2 Patógenos ( ) Vírus de febre hemorrágica Ebola ( ) Bacillus anthracis; Mycobacterium tuberculosis ( ) Clostridium tetani; Klebsiella pneumoniae; Staphylococcus aureus. ( ) Lactobacilllus sp; Escherichia coli

A sequência correta, de cima para baixo, é:

  • A 4, 3, 2, 1.
  • B 1, 3, 2, 4.
  • C 2, 1, 3, 4.
  • D 3, 2, 4, 1.
  • E 1, 4, 3, 2.
25

Na história natural do diabetes mellitus (DM), alterações fisiopatológicas estão presentes antes que os valores glicêmicos atinjam níveis supranormais. A condição na qual os valores glicêmicos estão acima dos valores de referência, mas ainda abaixo dos valores diagnósticos de DM, denomina-se prédiabetes. Na maioria dos casos de pré-diabetes, a “doença” é assintomática, e o diagnóstico deve ser feito com base em exames laboratoriais. No tocante a esses exames, é correto afirmar que:

  • A a hemoglobina glicada oferece vantagens ao refletir níveis glicêmicos dos últimos 3 a 4 meses, e ao sofrer menor variabilidade no dia a dia e depender do estado de jejum para sua determinação.
  • B a hemoglobina glicada é uma medida indireta da glicemia, que sofre interferência de algumas situações, como anemias, hemoglobinopatias e uremia, nas quais é preferível diagnosticar o estado de tolerância à glicose.
  • C o TOTG permite avaliar a glicemia após sobrecarga, com ingestão de 75 g de glicose dissolvida em água, a qual pode ser a única alteração detectável no início do DM, refletindo a perda da última fase da secreção de insulina.
  • D a confirmação do diagnóstico de DM requer repetição dos exames alterados, idealmente o mesmo exame alterado em amostra única de sangue, na ausência de sintomas inequívocos de hiperglicemia.
  • E pacientes com sintomas clássicos de hiperglicemia, tais como oligúria, polidipsia, polifagia e emagrecimento, devem ser submetidos à dosagem de glicemia ao acaso e independente de jejum.
26

Um biomédico deve organizar um laboratório de pesquisas em bactérias resistentes a antibióticos, o qual deve ser considerado “nível de biossegurança 3”. Que equipamentos, dos abaixo relacionados, este profissional deverá selecionar para atender às comissões de biossegurança da Instituição?
1) Autoclave 2) Cabine de segurança biológica classe II 3) Macacão de pressão positiva com suprimento de ar 4) Respiradores com filtros químicos 5) Centrífugas de segurança e frascos selados
Estão corretas, apenas:

  • A 1, 2 e 3.
  • B 2, 3 e 4.
  • C 1, 2 e 5.
  • D 2, 4 e 5.
  • E 3, 4 e 5.
27

No que se refere ao diagnóstico laboratorial de lesão hepatocelular, é correto afirmar que os exames a serem realizados serão:

  • A quantificação de AST, ALT, fosfatase ácida e albumina.
  • B dosagem de bilirrubina total e frações, e fibrinogênio.
  • C dosagem de fibrinogênio e quantificação de DHL.
  • D quantificação de AST, ALT e DHL.
  • E dosagem de albumina, ferritina e PCR.
28

A automação no setor de hematologia vem crescendo nos últimos anos. São oferecidas inovações nos analisadores hematológicos que se baseiam em várias tecnologias. Assinale a alternativa que define corretamente o princípio em questão.

  • A Impedância elétrica consiste em corrente eletromagnética de alta voltagem.
  • B Radiofrequência consiste em fonte de laser monocromático em fase.
  • C Dispersão da luz significa passagem de células por um fino fio de fluido.
  • D Fluxo laminar significa mudanças na condutividade de um meio condutor.
  • E Focalização hidrodinâmica significa fluxo constante de diluente por um orifício.
29

O glomérulo é uma eficiente barreira no controle da passagem de proteínas para a urina, selecionando as moléculas de acordo com seu tamanho e carga elétrica, permitindo, portanto, uma pequena passagem de proteínas através de suas camadas para a cápsula de Bowman. Deste modo, a determinação da taxa de filtração glomerular (TFG) é um bom indicador para avaliação da funcionalidade renal. Considerando o exposto, é correto afirmar que:

  • A a TFG é um indicador importante para detecção, avaliação e tratamento da doença renal crônica (DRC) e, na prática clínica, a investigação de rotina ocorre através da determinação das concentrações de albumina sérica, urinária e da cistatina C
  • B a concentração sérica da albumina não deve ser utilizada como índice isolado de avaliação da função renal, pois existem equações que utilizam na fórmula a albumina sérica e a cistatina C para padronização dos resultados.
  • C devido às interferências e limitações, a creatinina não pode ser considerada exata e, por isso, a cistatina C, que é produzida constantemente por todas as células nucleadas e filtrada livremente no glomérulo, é um analito mais eficiente na determinação da TFG.
  • D na prática clínica, o uso de equações para estimar a TFG elimina os erros causados pela coleta da urina durante 24 horas, pois elas não são ajustadas para as variáveis que interferem na produção de creatinina, como sexo, idade, superfície corporal e raça.
  • E as concentrações de albumina sérica são utilizadas comumente para avaliação da TFG, mesmo que existam as limitações na prática clínica, quanto a variações causadas pela associação da massa muscular com a idade, sexo e raça
30

Em um inquérito epidemiológico, em área considerada endêmica para esquistossomose, foram analisadas 890 amostras fecais. A pesquisa demonstrou que crianças, na faixa etária entre 11 e 15 anos, possuíam maior carga parasitária que os adultos. Pergunta-se: que método parasitológico deve ter sido realizado para chegar a esta conclusão?

  • A Hoffmann, Pons e Janer.
  • B Baermann-Moraes.
  • C Harada-Mori.
  • D Kato Katz.
  • E Faust.
Voltar para lista