Resolver o Simulado Prefeitura de Neves Paulista - SP - Merendeiro - Itame - Nível Fundamental

0 / 30

História

1

Leia o texto.


Em 1989, depois de uma acirrada campanha, Fernando Collor de Mello saiu vitorioso. Logo no início de seu governo, ele bloqueou temporariamente as contas bancárias para restringir o volume de dinheiro em circulação e o consumo.

(Ricardo Dreguer e Eliete Toledo, Nova História:

conceitos e procedimentos, 9° ano)


Sobre Fernando Collor de Mello, é correto afirmar que

  • A fez uma série de acordos com o Congresso Nacional e conseguiu aprovar medidas que ampliaram os direitos trabalhistas.
  • B promulgou uma extensa legislação sobre o Poder Judiciário, que ampliou o número de ministros no Supremo Tribunal Federal.
  • C criou um plano de estabilização econômica e de combate à inflação, com apoio da Câmara dos Deputados, o Plano Real.
  • D foi acusado de corrupção e sofreu um processo de afastamento do cargo, assim como a cassação dos seus direitos políticos.
  • E montou um programa de estatização de empresas ligadas à telefonia, à produção e à distribuição de energia e ao saneamento básico.
2

No início da guerra, Getúlio Vargas manteve o Brasil neutro e conservou relações comerciais tanto com os alemães como com os norte-americanos. Aos poucos, no entanto, foi se tornando cada vez mais difícil para o Brasil manter a neutralidade.

(Alfredo Boulos Júnior, História: sociedade & cidadania, 9° ano)


A respeito da participação brasileira na Segunda Guerra Mundial, é correto afirmar que

  • A foi fundamental a pressão exercida pela Argentina, que exigiu que o Brasil declarasse guerra contra os Aliados.
  • B se condicionou a participação do Brasil na guerra contra o Eixo ao perdão da dívida com a Alemanha.
  • C se declarou guerra ao Eixo e houve o envio da Força Expedicionária Brasileira (FEB) para a Itália.
  • D pressionado pela França e pela Inglaterra, o Brasil rompeu relações diplomáticas com a Alemanha, mas não mobilizou tropas.
  • E rompidas as relações diplomáticas com o Japão, a participação da Marinha brasileira foi decisiva nas batalhas do Atlântico.
3

Leia o texto.


A comoção gerada pela notícia do Plano Cohen e o consequente medo do “perigo vermelho” serviram de pretexto para Vargas decretar a dissolução do Congresso Nacional, em 10 de novembro de 1937. O presidente outorgou uma nova Constituição [...]


(Patrícia Ramos Braick, Estudar história:

das origens do homem à era digital)


É correto afirmar que a Constituição de 1937

  • A suspendeu as liberdades individuais dos cidadãos e impôs censura aos meios de comunicação.
  • B limitou a presença do Estado como agente econômico e criou algumas estatais, como a Petrobras.
  • C garantiu o direito de greve para os trabalhadores e instituiu o voto direto para a escolha dos governadores de estado.
  • D ampliou os direitos de cidadania, como a liberdade de expressão, e estabeleceu a autonomia estadual.
  • E permitiu a criação de partidos políticos regionais e reforçou as atribuições do Poder Legislativo.
4

Os números variam, mas uma coisa é certa: este comício foi a maior manifestação já realizada em São Paulo desde a Marcha da Família com Deus pela Liberdade, em 1964.

Os verdadeiros heróis nesse 25 de janeiro de 1984 foram as 300 mil pessoas que provaram ser possível fazer política com amor, garra e alegria. O povo se aglomerava, discutia, pulava. Ali havia adeptos do PT, PMDB, PCB, PC do B, PTB, PDT, até mesmo alguns solitários pedessistas.


(Carlos Brickmann, In: 20 textos que fizeram história. Apud: Conceição

Cabrini et al, História temática: o mundo dos cidadãos)


O texto apresenta uma manifestação

  • A pela volta dos exilados durante o Regime Militar.
  • B contra o governo do presidente Ernesto Geisel.
  • C que criticava a hiperinflação.
  • D em apoio à greve dos metalúrgicos do ABC.
  • E que fez parte da campanha Diretas-Já.
5

No período colonial, o território que hoje corresponde ao Acre pertencia à Bolívia, e o Peru também se considerava pertencente a uma pequena parcela dessa área. Após assinaturas de alguns acordos referentes à legitimidade desse território, o Brasil adquiriu a região do Acre, em 1903, através da assinatura do Tratado de ___________ .

(Mundo Educação, 2019)


Assinale a alternativa que completa corretamente a lacuna.

  • A Petrópolis
  • B Versalhes
  • C Rio Branco
  • D Tordesilhas
6

A Guerra Fria, em seu plano ideológico, dividiu o mundo basicamente entre o bloco capitalista e o bloco comunista. No Brasil, entre 1945 e 1964, duas vertentes político-econômicas ganharam destaque: o nacionalismo e o liberalismo. Sobre essas vertentes, é correto afirmar que os

  • A liberais apoiavam a busca de empréstimos estrangeiros e a entrada de empresas multinacionais, sendo a função do governo controlar os índices inflacionários e a emissão de moedas; já os nacionalistas defendiam um desenvolvimento consolidado pelo capitai nacional, com o Estado atuando como grande investidor da economia, além de voltar-se à criação de políticas sociais.
  • B liberais eram defensores de um Estado forte e independente, com restrições ao capital estrangeiro, e havia alguns dessa corrente que até permitiam a entrada de dinheiro do exterior, desde que atendesse aos interesses do Brasil; enquanto os nacionalistas defendiam o desenvolvimento do país atrelado ao capital internacional.
  • C nacionalistas propunham maior participação do Estado na vida nacional por meio de uma revolução socialista; enquanto os liberais queriam a abertura do mercado interno ao mercado internacional e a não intervenção do Estado na economia e, por isso, eram tidos pelo nacionalistas como “entreguistas" da nação brasileira.
  • D nacionalistas eram tidos como “getulistas" pelos liberais por serem favoráveis à presença de bases norte estadunidenses no país como ocorreu durante a Segunda Guerra Mundial; já os liberais eram favoráveis à liberação dos costumes, como a legalização do jogo no país, o uso de biquínis pelas mulheres e o divórcio.
  • E liberais defendiam a privatização de indústrias estratégicas para o Brasil como a Petrobrás, a Eletrobrás e a Telebrás, para permitir a entrada de capitais estrangeiros no país; enquanto os nacionalistas defendiam a estatização de empresas estrangeiras como a Ford, a General Motors e General Electric, para consolidar o capital nacional.
7

Observe a charge a seguir.



A charge satiriza a atuação do Barão do Rio Branco na Questão do Acre. É correto afirmar que o acordo entre os países, Tratado de Petrópoiis (1903), estipulava

  • A a construção da estrada de ferro Madeira-Mamoré e a cessão de territórios brasileiros na mesma quantidade daqueles que foram tomados da Bolívia pelos seringueiros brasileiros.
  • B o pagamento, pelo Brasil, de indenização, favores e até cessão de partes do território à Bolívia, gerando críticas dos brasileiros aos termos do acordo.
  • C a apropriação de todo o território do Acre pelo Brasil, sem qualquer contrapartida á Bolívia, gerando críticas à atitude unilateral e violenta do Barão do Rio Branco.
  • D a ação violenta do governo brasileiro que deveria expulsar os seringueiros brasileiros e devolver o território do Acre ao governo boliviano.
  • E o alinhamento do governo brasileiro aos Estados Unidos, que exigia a devolução do território acreano para a exploração do látex por empresas estadunidenses.
8

Leia o texto a seguir.


“Assim, a 14 de novembro de 1822, dois meses após sua proclamação, fazia-se ao mar a primeira esquadra brasileira, rumo a Montevidéu, com a missão de expulsar as forças que lutavam para manter a Província Cispiatina sob o domínio português.”

https://www. marinha.mil. br/content/historia-naval


Sobre o contexto da criação da primeira esquadra brasileira, é correto afirmar que ela teve como objetivo

  • A reimplantar o comércio marítimo brasileiro que era dependente de navios portugueses e de seus comerciantes que controlavam os portos nacionais.
  • B combater e expulsar as principais forças militares fiéis ao governo português existentes em algumas províncias que dificultavam a organização interna do Brasil independente.
  • C conquistar a Província Cispiatina dos portugueses e torná-la uma república independente, libertando o novo Estado uruguaio do jugo opressor dos europeus.
  • D promover a escolta de navios mercantes no oceano Atlântico que se encontrava repleto de corsários estrangeiros que não reconheciam a independência do Brasil.
  • E libertar todos os povos de outras colônias do domínio português, promovendo a independência da Cispiatina, de Angola e de Moçambique.
9

Leia o texto a seguir.


“Deu no Mercúrio Portuguez. “... e do Brasil virá também o galeão chamado Padre Eterno, que se faz no Rio de Janeiro, e é o mais famoso baixei de guerra que os mares jamais viram”. A gazeta mensal lisboeta trazia a notícia acima fechando a edição de março de 1665. O periódico de Antônio de Souza de Macedo, secretário de estado do Reino de Portugal, se referia ao barco de 53 metros (m), que deslocava 2 mil toneladas (t), com um mastro feito num só tronco de 2,97 m de circunferência na base. O navio começou a ser construído em 1659 a mando do governador da capitania do Rio, Salvador Correia de Sá e Benevides, na Ilha do Governador, em um local conhecido como Ponta do Galeão (onde fica hoje o Aeroporto Internacional Tom Jobim). Militar e político português, dono de engenhos e currais, Sá fez o mais potente galeão que pôde para evitar depender da proteção das frotas do governo ao se aventurar no comércio pelos mares."

MARCOLIN, Neldson. Por mares sempre navegados. Disponível em: http://revistapesquisa.fapesp.br/2011/11/30/por-mares-sempre-navegados. Acesso em: OS de abril de 2019.


É correto afirmar que a existência de estaleiros destinados à construção de grandes navios no Brasil do século XVII demonstrava

  • A que o Brasil possuía uma economia dinâmica que superava Portugal e Inglaterra na produção naval.
  • B que a indústria naval apenas servia para transportar o açúcar para a Europa.
  • C que havia outras atividades econômicas na colônia, além da produção e exportação de cana-de-açúcar.
  • D a necessidade de numerosas embarcações para a navegação fluvial no Brasil, como o galeão Padre Eterno.
  • E a existência de colonizadores franceses no Brasil, os únicos capazes de construir grandes navios.
10

Leia o texto a seguir.


“Eu, EIRei, faço saber a vós, Tomé de Sousa, fidalgo de minha casa, que vendo eu quanto serviço de Deus e meu é conservar e enobrecer as Capitanias e povoações das terras do Brasil e dar ordem e maneira com que melhor e mais seguramente se possam ir povoando, para exalçamento da nossa Santa Fé e proveito de meus Reinos e Senhorios, e dos naturais deles, ordenei ora de mandar nas ditas terras fazer uma fortaleza e povoação grande e forte, em um lugar conveniente, para daí se dar favor e ajuda às outras povoações e se ministrar justiça e prover nas cousas que cumprirem a meu serviço e aos negócios de minha Fazenda e a bem das partes.”

Fonte: Regimento que levou Tomé de Sousa Governador do Brasil, Almerím, 17/12/1548,Lisboa, Arquivo Histórico Ultramarino (AHU), códice 112, fls 1-9.


Sobre o texto, que é um importante marco da História do Brasil, é correto afirmar que representava

  • A o objetivo da monarquia portuguesa de iniciar a colonização do Brasil cedendo territórios para que grupos particulares pudessem explorá-los a custa de seus próprios recursos, enquanto o governo atuaria como uma espécie de órgão regulador do que ficou conhecido como Capitanias Hereditárias.
  • B a pretensão do governo português em promover a colonização efetiva do território brasileiro e de estimular a produção colonial, sendo um dos seus primeiros atos a construção de uma cidade para ser a capital da colônia, concretizada por Tomé de Sousa com a fundação de São Salvador em 1549.
  • C o desejo português de não investir recursos no território colonial do Brasil, permitindo que grupos privados construíssem feitorias com dois objetivos: a exploração do pau-brasil realizada a partir do escambo com os indígenas e a proteção das ameaças estrangeiras.
  • D o primeiro passo para o processo de povoamento da colônia, que previa a criação de uma capital estruturada no modelo espanhol de ocupação do território, além da construção de estradas e sistemas de coleta de esgoto em locais estratégicos, que serviriam de base para o surgimento de novas cidades.
  • E a ocupação efetiva do território colonial, principal mente após a descoberta de jazidas de ouro no interior da colônia, que demandou mais recursos do governo português para a defesa da região de invasores estrangeiros e de piratas que desejavam roubaras riquezas do Brasil.

Matemática

11

Antônio tem que visitar 120 clientes esse mês. Ele já visitou 35% dos clientes até agora.

O número de clientes que Antônio ainda tem que visitar para cumprir sua meta é:

  • A 42;
  • B 65;
  • C 72;
  • D 76;
  • E 78.
12

Sabe-se que 3 recenseadores, com a mesma capacidade de trabalho, entrevistam 360 pessoas em 8 dias.

O número de dias que 2 desses recenseadores levarão para entrevistar 510 pessoas é:

  • A 14;
  • B 15;
  • C 16;
  • D 17;
  • E 18.
13

Marlene comeu, inicialmente, um quarto da barra de chocolate que comprou. Depois, comeu um terço do que tinha sobrado.


A fração da barra de chocolate que Marlene ainda tem para comer é:

  • A 1/2;
  • B 1/3;
  • C 1/4;
  • D 3/4;
  • E 1/12.
14

Ricardo, João e Pedro marcaram um encontro em determinada hora de certo dia. Aconteceu que:


- Ricardo chegou meia hora depois de Pedro;

- João chegou 12 minutos depois da hora marcada;

- Pedro chegou 8 minutos antes da hora marcada.


O tempo que João esperou até Ricardo chegar foi de:

  • A 10min;
  • B 12min;
  • C 14min;
  • D 16min;
  • E 20min.
15

Joana construiu um muro em 3 dias. No primeiro dia, ela construiu 7 metros e 67 centímetros de muro; no segundo dia, ela construiu 8 metros e 25 centímetros e, no terceiro dia, construiu 7 metros e 48 centímetros.

O comprimento total do muro construído por Joana foi de:

  • A 22 metros e 35 centímetros;
  • B 22 metros e 50 centímetros;
  • C 23 metros e 30 centímetros;
  • D 23 metros e 40 centímetros;
  • E 24 metros e 10 centímetros.
16

O local do trabalho de Anderson não é próximo de sua casa. Durante uma semana, Anderson anotou os tempos que levou para retornar do trabalho à sua casa e esses valores estão na tabela abaixo.

Obs: média significa a soma dos valores dividida pela quantidade deles.


2ª feira 1h 20min

3ª feira 1h 45min

4ª feira 55min

5ª feira 1h 5min

6ª feira 2h 10min


Nessa semana, o tempo médio que Anderson levou para ir do trabalho à sua casa foi de.

  • A 1h 27min;
  • B 1h 29min;
  • C 1h 31min;
  • D 1h 33min;
  • E 1h 35min.
17

Em 20.07.2019, comemoram-se os 50 anos do pouso da primeira nave espacial tripulada na superfície da Lua – a Apollo 11.

(O Estado de S. Paulo, 20.07.2019. Adaptado)

A espaçonave Apollo 11 era composta pelo módulo de comando Columbia e pelo módulo lunar Eagle. Sabe-se que a altura do módulo de comando representava 2/3 da ltura total da Apollo 11, sendo os 5,5 m restantes correspondentes à altura do módulo lunar. De acordo com essa informação, é correto afirmar que a altura do módulo e comando era

  • A 13 m.
  • B 12,5 m.
  • C 11 m.
  • D 11,5 m.
  • E 12 m.
18

Em 20.07.2019, comemoram-se os 50 anos do pouso da primeira nave espacial tripulada na superfície da Lua – a Apollo 11.

(O Estado de S. Paulo, 20.07.2019. Adaptado)

Às 17 horas e 17 minutos (horário de Brasília) do dia 20.07.1969, o módulo lunar Eagle pousava na Lua. Algum tempo depois, nesse mesmo dia, o astronauta Neil Armstrong desceu do módulo e pisou na superfície lunar, exatamente às 23 horas e 56 minutos (horário de Brasília). Do momento em que ocorreu o pouso do módulo até o momento em que Armstrong pôs os pés na superfície lunar, passaram-se

  • A 7 horas e 39 minutos.
  • B 5 horas e 51 minutos.
  • C 6 horas e 39 minutos.
  • D 6 horas e 51 minutos.
  • E 6 horas e 41 minutos.
19

Em 20.07.2019, comemoram-se os 50 anos do pouso da primeira nave espacial tripulada na superfície da Lua – a Apollo 11.

(O Estado de S. Paulo, 20.07.2019. Adaptado)

Transmitido pela televisão, o pouso na Lua foi assistido por milhões de pessoas em todo o mundo, sendo 1/6 a razão entre o número de pessoas que assistiram ao pouso pela televisão e o número total de pessoas que compunham a população mundial à época. Se a população mundial era, aproximadamente, 3,6 bilhões de pessoas, então o número de pessoas que assistiram, naquela data, ao pouso na Lua pela televisão foi, aproximadamente,

  • A 560 milhões.
  • B 600 milhões.
  • C 500 milhões.
  • D 606 milhões.
  • E 660 milhões.
20

Aline reservou R$ 400,00 para comprar 3 presentes distintos. Sabe-se que o valor da primeira compra foi igual à metade da quantia reservada mais R$ 20,00, e que o valor da segunda compra foi igual à metade da quantia restante mais R$ 20,00. Se, para comprar os 3 presentes, ela gastou toda a quantia reservada, então o valor da terceira compra foi igual a

  • A R$ 60,00.
  • B R$ 80,00.
  • C R$ 90,00.
  • D R$ 70,00.
  • E R$ 110,00.

Português

21

Emprega-se o hífen para ligar elementos de palavras compostas ou derivadas por prefixação.
A esse respeito, leia a palavra na imagem.

Disponível em: <https://propagandasdeacordo.wordpress.com/2009/11/23/hifen/> Acesso em: 13 ago. 2019.
Sobre o Novo Acordo Ortográfico e sobre a palavra com hífen na imagem, informe se é verdadeiro (V) ou falso (F) o que se afirma.
( ) Auto-escola possui hífen por se tratar de uma palavra composta que mantém a noção da composição.

( ) A palavra “auto” se refere a um falso prefixo e a palavra “escola” diz respeito a um substantivo.

( ) Sempre haverá o emprego do hífen nas formações com os prefixos ou falsos prefixos “auto”, “anti”, “super” e “mini”.

( ) A palavra da imagem está escrita de forma errada porque “auto” termina em vogal, e o segundo elemento começa por vogal diferente, portanto, a forma correta é "autoescola".

De acordo com as afirmações, a sequência correta é

  • A F; F; V; V.
  • B V; F; V; F.
  • C F; V; F; V.
  • D V; F; F; V.
22

Texto 3

Em uma carta de um jesuíta espanhol sobre o Brasil de 1500, aparecia o seguinte texto:


“Assim, chegamos a uma aldeia onde achamos os gentios todos embriagados, porque aqui tem uma maneira de vinho de raízes que embriaga muito, e quando eles estão assim bêbados ficam tão brutos e feros que não perdoam a nenhuma pessoa, e, quando não podem mais, põem fogo na casa onde estão os estrangeiros”.

“Assim, chegamos a uma aldeia onde (1) achamos os gentios todos embriagados, porque aqui tem uma maneira de vinho de raízes que embriaga muito, e quando eles estão assim bêbados ficam tão brutos e feros que não perdoam a nenhuma pessoa, e, quando não podem mais, põem fogo na casa onde (2) estão os estrangeiros”.

Nesse segmento do texto 3 há uma série de palavras que se referem a palavras anteriores; a referência indicada abaixo que é inadequada é:

  • A onde (1) / uma aldeia;
  • B aqui / nesta aldeia;
  • C que / vinho de raízes;
  • D eles / os gentios;
  • E onde (2) / na casa.
23
A questão se refere ao texto a seguir.

O Sol e a Neve

Era uma floquinha de neve que vivia no alto de uma montanha gelada. Um dia, se apaixonou pelo sol. E passou a flertar descaradamente com ele. “Cuidado!”, alertaram os flocos mais experientes. “Você pode se derreter”. Mas a nevinha não queria nem saber e continuava a olhar para o Sol, que com seus raios a queimava de paixão. Ela nem percebia o quanto se derretia... e ficou ali um bom tempo, só se derretendo, se derretendo. Quando viu, era uma gotinha, uma pequena lágrima de amor descendo, com nobreza e delicadeza, a montanha. Lá embaixo, um rio esperava por ela.

Disponível em: <file:///C:/Users/sosan/Downloads/2014-08a-18s-ep-05.pdf> Acesso em: 15 ago. 2019.

No sentido figurado, a personificação confere características, qualidades e sentimentos de seres humanos a seres irracionais ou inanimados.
O trecho em que a personificação NÃO aparece é

  • A “Lá embaixo, um rio esperava por ela.”
  • B “... com seus raios a queimava de paixão.”
  • C “Mas a nevinha (...) continuava a olhar para o sol”.
  • D “‘Cuidado’!, alertaram os flocos mais experientes.”
24
A questão se refere ao texto a seguir.

O Sol e a Neve

Era uma floquinha de neve que vivia no alto de uma montanha gelada. Um dia, se apaixonou pelo sol. E passou a flertar descaradamente com ele. “Cuidado!”, alertaram os flocos mais experientes. “Você pode se derreter”. Mas a nevinha não queria nem saber e continuava a olhar para o Sol, que com seus raios a queimava de paixão. Ela nem percebia o quanto se derretia... e ficou ali um bom tempo, só se derretendo, se derretendo. Quando viu, era uma gotinha, uma pequena lágrima de amor descendo, com nobreza e delicadeza, a montanha. Lá embaixo, um rio esperava por ela.

Disponível em: <file:///C:/Users/sosan/Downloads/2014-08a-18s-ep-05.pdf> Acesso em: 15 ago. 2019.

Silveira Bueno (2014, p. 108) diz que “o substantivo é a palavra variável em gênero, número e grau que dá nome aos seres. Seres, objetos, fatos, sentimentos, emoções, enfim, tudo o que se vê, se ouve, se sente ou imagina tem um nome, e esse nome é classificado como substantivo.”
Diante do exposto, analise as afirmações a seguir e a relação proposta entre elas.
I - Os substantivos “floquinha”, “nevinha” e “gotinha” estão no grau diminutivo
PORQUE
II - a eles juntou-se um adjetivo que indica diminuição.
Sobre as afirmações, é correto dizer que

  • A as duas são falsas.
  • B a primeira é falsa e a segunda é verdadeira.
  • C a primeira é verdadeira e a segunda é falsa.
  • D as duas são verdadeiras e a segunda justifica a primeira.
25

“A bike da estudante permaneceu apenas uma hora no bicicletário em frente ao Shopping. O tempo necessário para que dois homens a escolhessem a dedo – tratava-se de um modelo elétrico, com valor estimado de R$5 mil –, violassem o seu cadeado e a levassem dali”. (Zona Sul, 17/08/2019, p. 3)


O texto acima aborda mais um roubo praticado no Rio de Janeiro; sobre a utilização do termo “apenas” nessa notícia, é correto afirmar que:

  • A indica o pouco tempo em que a estudante ficou no Shopping;
  • B mostra uma crítica indireta à fiscalização do bicicletário;
  • C demonstra a eficiência e o planejamento dos ladrões;
  • D informa que a bicicleta roubada era a única no bicicletário;
  • E insere uma opinião do autor do texto sobre a atuação da polícia.
26

“A dificuldade de aumentar o Fundo Eleitoral para as eleições municipais do ano que vem está revivendo entre deputados e senadores a necessidade do financiamento privado das campanhas eleitorais. Com o aumento do custo pela volta da propaganda no rádio e na televisão, haverá necessidade de novo tipo de financiamento”. (Uma questão de dinheiro, Merval Pereira).

As preposições, em língua portuguesa, podem ser solicitadas por termos anteriores ou não; entre as preposições (combinadas ou não com artigos), aquela que NÃO depende sintaticamente de qualquer termo anterior é:

  • A “dificuldade de aumentar”;
  • B “eleições municipais do ano que vem”;
  • C “necessidade do financiamento privado”;
  • D “aumento do custo”;
  • E “necessidade de novo tipo de financiamento”.
27

Acerca da classificação dos fonemas em vogais, semivogais e consoantes, preencha corretamente as lacunas do texto a seguir.
Enquanto a palavra “pneu” apresenta um _______________, “assar” possui a combinação de duas letras que representam um único fonema, ou seja, um _______________. Já na palavra “enjoar” ocorre o encontro de duas vogais que ficam em sílabas diferentes e, por isso, trata-se de um _______________.
A sequência que preenche corretamente as lacunas do texto é

  • A encontro vocálico / dígrafo / hiato.
  • B tritongo / encontro vocálico / hiato.
  • C dígrafo / dígrafo / encontro vocálico.
  • D encontro vocálico / encontro vocálico / ditongo.
28

“A dificuldade de aumentar o Fundo Eleitoral para as eleições municipais do ano que vem está revivendo entre deputados e senadores a necessidade do financiamento privado das campanhas eleitorais. Com o aumento do custo pela volta da propaganda no rádio e na televisão, haverá necessidade de novo tipo de financiamento”. (Uma questão de dinheiro, Merval Pereira).


Os termos abaixo que mostram, respectivamente, as ideias de causa e consequência são:

  • A a dificuldade de aumentar o Fundo Eleitoral / a necessidade do financiamento privado das campanhas;
  • B o aumento de custo das campanhas eleitorais / a volta da propaganda no rádio e na televisão;
  • C a necessidade de novo tipo de financiamento / o aumento de custo das campanhas eleitorais;
  • D a necessidade do financiamento privado das campanhas / a dificuldade de aumentar o Fundo Eleitoral;
  • E o aumento de custo das campanhas eleitorais / a dificuldade de aumentar o Fundo Eleitoral.
29

Leia a tirinha.



Disponível em: <http://bichinhosdejardim.com/wp-content/uploads/2018/05/bdj-180224-web.jpg> Acesso em: 14 ago. 2019.


Avalie as seguintes afirmações sobre os sinais de pontuação presentes na tirinha.


I – As reticências foram usadas para indicar parte do texto suprimida (cortada).

II - No primeiro quadrinho, a vírgula foi utilizada para separar o aposto “Senhor”.

III – Os dois pontos de interrogação foram empregados no final de uma pergunta direta.

IV – No terceiro quadrinho, a exclamação foi utilizada para expressar um estado emotivo.


Está correto apenas o que se afirma em

  • A I e II.
  • B I e IV.
  • C II e III.
  • D III e IV.
30

Um jornal de grande circulação traz a seguinte manchete para um de seus artigos:

Prisão de traficante mostra eficácia da inteligência policial – Compra e venda de lanchas por chefe de facção criminosa chamaram atenção da polícia.


Os fatos abaixo, presentes nessa notícia, que se apresentam em ordem cronológica são:

  • A chamar atenção da polícia / compra e venda de lanchas / prisão de traficante;
  • B prisão de traficante / mostra eficácia da inteligência policial / chamar atenção da polícia;
  • C mostra eficácia da inteligência policial / prisão de traficante / chamar atenção da polícia;
  • D compra e venda de lanchas / chamar atenção da polícia / prisão de traficante;
  • E chamar atenção da polícia / compra e venda de lanchas / mostra eficácia da inteligência policial.
Voltar para lista