Resolver o Simulado Nível Médio

0 / 30

Administração de Recursos Materiais

1

Para gerenciamento dos estoques, é possível utilizar o método de classificação de materiais chamado de Análise ABC. No quadro a seguir, é apresentado o histórico de consumo de materiais do almoxarifado de uma determinada instituição de ensino, contendo as quantidades em valor absoluto, o custo unitário e custo total de cada item.
Considerando que essa instituição faz a gestão dos seus estoques utilizando a classificação ABC e que os itens da classe A correspondem a 80% do custo total, os da classe B representam 15% e os da classe C ficam com 5% do custo total investido em estoque, marque a alternativa CORRETA.

  • A Os itens 2 e 4 fazem parte da classe A, por isso são os itens mais importantes no almoxarifado, devendo ser controlados de forma mais rígida e atenta.
  • B Os itens 2 e 4 fazem parte da classe C, por isso são itens que merecem pouca atenção da gestão por representarem materiais de baixo valor de consumo.
  • C Os itens 4 e 1 fazem parte da classe B, por isso são classificados como itens de importância intermediária na gestão dos estoques.
  • D O item 3 faz parte da classe A, por isso é considerado o item mais importante na administração, pois é aquele que se apresenta em maior quantidade no estoque.
  • E Os itens 2 e 3 fazem parte da classe C, por isso são os itens mais importantes no almoxarifado, porque juntos representam a maior quantidade de itens do estoque.
2

Antes de iniciar qualquer atividade é necessário saber se todos os materiais necessários estão disponíveis para evitar compras emergenciais. O almoxarifado é o setor que estoca os materiais comprados para que sejam disponibilizados para os usuários quando requisitados. Na gestão de estoque, o indicador que calcula a quantidade de tempo em que determinada quantidade de material estocada é capaz de atender as necessidades futuras, sem necessidade de ressuprimento, é denominado

  • A Giro de estoque.
  • B Ponto do pedido.
  • C Tempo de reposição.
  • D Cobertura de estoque.
  • E Intervalo de ressuprimento.
3

A gestão de materiais tem como objetivo assegurar que os materiais estejam disponíveis na quantidade certa, na hora certa, demandada pelos setores da Policlínica. A quantidade mínima que deve existir em estoque, que se destina a suprir eventuais atrasos no ressuprimento, visando garantir que não haja interrupção dos serviços, é denominada

  • A Estoque médio.
  • B Giro do estoque.
  • C Ponto do pedido.
  • D Cobertura do estoque.
  • E Estoque de segurança.
4

O processo de contagem física dos itens em estoque, que é realizado pelo menos uma vez no ano, é denominado

  • A Inventário.
  • B Paletização.
  • C Avaliação dos estoques.
  • D Avaliação do nível do estoque.
  • E Avaliação do custo do estoque.
5
Sobre os procedimentos fundamentais de administração de materiais, leia o excerto abaixo. “A atividade _____ visa garantir a fiel guarda dos materiais confiados pela empresa. Já a atividade _____ objetiva garantir plena confiança e exatidão de registros contábeis e físicos. E a atividade _____ visa garantir o rápido desembaraço dos materiais adquiridos pela empresa.
Assinale a alternativa que preencha correta e respectivamente as lacunas.
  • A inventário / almoxarifado / recebimento
  • B almoxarifado / inventário / gestão
  • C almoxarifado/ inventário / recebimento
  • D inventário / almoxarifado / gestão
6

Quanto às práticas de almoxarifado e controle de estoques, assinale a alternativa incorreta.

  • A As notas fiscais e as faturas dos fornecedores devem ser encaminhadas / recebidas pelo setor de contas a pagar.
  • B A desembalagem dos bens recebidos e a verificação das quantidades, das condições do material e do pedido de compra estão implícitas na atividade de recebimento.
  • C Quando ocorre uma devolução ao fornecedor no todo ou em parte, o setor de registro providenciará essa devolução, devendo uma cópia da nota fiscal ser enviada ao setor de estoques para o ajustamento da fatura e a devida contabilização.
  • D Os registros geralmente são usados para manter um sistema de inventário contínuo e para manter um controle apropriado das entregas de materiais, e os lançamentos nas fichas de registro são feitos por meio dos pedidos de compras, relatórios de recebimentos e inspeção, requisições (para consumo) e devoluções de requisições.
7

Leia as afirmativas a seguir:

I. A acumulação de estoques, em qualquer nível ou quantidade, é prejudicial ao normal funcionamento da instituição.

II. O ativo circulante compreende os componentes de bens e direitos que serão realizados dentro de um exercício social.

Marque a alternativa CORRETA:

  • A As duas afirmativas são verdadeiras.
  • B A afirmativa I é verdadeira, e a II é falsa.
  • C A afirmativa II é verdadeira, e a I é falsa.
  • D As duas afirmativas são falsas.
8
Leia as afirmativas a seguir:
I. O servidor público, ao determinar o estoque disponível de um item na organização, está se referindo à sua quantidade em estoque, livre para uso. II. Estoque máximo é a soma do estoque mínimo com o lote de compra. Esse conceito relaciona-se com a gestão de estoques e materiais, sendo determinante para a eficiência em compras na organização.
Marque a alternativa CORRETA:
  • A As duas afirmativas são verdadeiras.
  • B A afirmativa I é verdadeira, e a II é falsa.
  • C A afirmativa II é verdadeira, e a I é falsa.
  • D As duas afirmativas são falsas.
9

Na gestão de materiais, há muitas razões para se evitar o acúmulo de estoque físico sempre que possível. Entretanto, os estoques fornecem muitas vantagens tanto para as operações quanto para os clientes. Assinale a alternativa que NÃO representa uma vantagem para se manter estoques físicos.

  • A O estoque físico é uma garantia contra a incerteza.
  • B O estoque físico pode reduzir o risco de obsolescência.
  • C O estoque físico pode reduzir os custos globais.
  • D O estoque físico pode aumentar em valor.
  • E O estoque físico pode ser usado para antecipar demandas futuras.
10

Com base na demanda, o ______________________ realiza o planejamento dos materiais necessários em determinado momento. Dessa forma, é ferramenta essencial para que o gestor saiba o que, quando e quanto comprar.

  • A WMS (Warehouse Management System).
  • B ERP (EntrepriseResource Planning).
  • C MRP (Material Requirement Planning).
  • D TMS (Transportation Management System).

Administração Financeira e Orçamentária

11

Em relação à elaboração e execução do orçamento público, a Constituição da República de 1988 veda a vinculação de receita de impostos a órgão, fundo ou despesa, porém há uma série de ressalvas a essa vedação.


Uma dessas ressalvas refere-se à:

  • A concessão de transferências voluntárias de recursos por meio de convênios;
  • B dedução de valores para apuração da receita corrente líquida;
  • C destinação de recursos para realização de atividades da administração tributária;
  • D impossibilidade de contingenciamento de despesas que constituem obrigações legais;
  • E limitação de recursos para execução impositiva de emendas parlamentares ao orçamento.
12

Considere as informações do Quadro I a seguir, com valores expressos em milhares de reais, originados da execução orçamentária de um ente da federação.


                              

A partir das informações da programação orçamentária apresentada no Quadro I, é correto afirmar que:

  • A a ação orçamentária dispensa previsão na Lei de Diretrizes Orçamentárias;
  • B a ação orçamentária, por suas características, deve ser classificada como um projeto;
  • C a ação orçamentária foi autorizada mediante abertura de crédito adicional suplementar;
  • D refere-se a um programa com características de apoio administrativo;
  • E trata-se de uma despesa realizada por meio de convênio com o governo federal, mediante destaque de crédito.
13

Em geral entende-se receita pública como todo ingresso de recurso nos cofres públicos, mas nem todo ingresso corresponde a uma receita orçamentária que pode ser utilizada como fonte de financiamento das ações públicas.


Uma das características dos chamados ingressos extraorçamentários é que:

  • A constituem dívida fundada do ente;
  • B possuem caráter compensatório e não devolutivo;
  • C podem ser destinados à cobertura de créditos extraordinários;
  • D são registrados como excesso de arrecadação;
  • E suas restituições não se sujeitam à autorização legislativa.

Contabilidade Pública

14

As receitas orçamentárias são codificadas para possibilitar melhor controle e gestão dos recursos arrecadados pelos entes públicos. De acordo com o Manual de Contabilidade aplicada ao Setor Público, na classificação da receita por natureza, o último dígito corresponde ao tipo, que tem a finalidade de identificar o tipo de arrecadação a que se refere aquela natureza, conforme quadro a seguir.



Nesse caso, o dígito correspondente ao tipo indica que se trata do valor referente a:

  • A receita principal;
  • B dívida ativa da receita principal;
  • C multa e juros da receita principal;
  • D multa e juros da dívida ativa da receita principal;
  • E montante da receita principal acrescido de multa e juros da respectiva receita.

Administração Financeira e Orçamentária

15

No processo de registro dos estágios da receita orçamentária, os procedimentos que envolvem a verificação da procedência do crédito fiscal e a pessoa que lhe é devedora e a inscrição do débito desta corresponde a:

  • A previsão;
  • B liquidação;
  • C lançamento;
  • D arrecadação;
  • E inscrição em dívida ativa.
16

Ao iniciar o exercício financeiro, o orçamento de um ente era de R$ 15 milhões, conforme dados do quadro a seguir, em milhares de reais.



Sabe-se que 10% da dotação atualizada para despesa de capital foi contingenciada no início do segundo semestre. Ao final do exercício financeiro, apurou-se que 90% das despesas correntes e a dotação disponível de despesas de capital foram empenhadas; além disso, 90% dos empenhos foram liquidados e 15% desses ficou pendente de pagamento.


Considerando as informações fornecidas, o valor total, em milhares de reais, das despesas a serem inscritas em restos a pagar não processados corresponde a:

  • A 1.390,00;
  • B 1.467,00;
  • C 1.512,00;
  • D 1.980,45;
  • E 3.447,45.
17

Quanto à categoria econômica, as receitas orçamentárias classificam-se em Receitas Correntes e Receitas de Capital. As Receitas Correntes são arrecadações realizadas dentro do exercício e visam aumentar as disponibilidades financeiras do Estado e constituem instrumento para financiar os objetivos definidos nos programas e ações correspondentes às políticas públicas (MTO, 2019). Assinale a alternativa INCORRETA quanto à procedência das receitas orçamentárias do tipo "Receitas correntes":

  • A São receitas oriundas de impostos e taxas.
  • B São receitas agropecuárias provenientes de atividades de exploração ordenada dos recursos naturais vegetais em ambiente natural e protegido.
  • C São receitas de operações de crédito e decorrem de recursos financeiros oriundos da colocação de títulos públicos ou da contratação de empréstimos junto a entidades públicas ou privadas, internas ou externas.
  • D São receitas de serviços e decorrem da prestação de serviços por parte do ente público, tais como comércio, transporte, comunicação, serviços hospitalares, armazenagem, serviços recreativos, culturais etc..
  • E São receitas industriais provenientes de atividades industriais exercidas pelo ente público, tais como a extração e o beneficiamento de matérias primas, a produção e a comercialização de bens relacionados às indústrias mecânica, química e de transformação em geral.
18

As etapas da Receita Orçamentária seguem a ordem de ocorrência dos fenômenos econômicos, levando-se em consideração o modelo de orçamento existente no País. Dessa forma, as proposições a seguir descrevem as etapas da receita orçamentária brasileira.


I - Representa o ato da repartição competente, que verifica a procedência do crédito fiscal e a pessoa que lhe é devedora e inscreve o débito desta por meio de procedimento administrativo que verifica a ocorrência do fato gerador da obrigação correspondente e determina a matéria tributável, calcula o montante do tributo devido, identifica o sujeito passivo e, sendo o caso, propõe a aplicação da penalidade cabível.

II - Consiste na transferência dos valores arrecadados à conta específica do Tesouro Nacional, responsável pela administração e controle da arrecadação e pela programação financeira, observando-se o princípio da unidade de tesouraria ou de caixa.

III - etapa que estima a arrecadação das receitas que constará na proposta orçamentária e deverá ser realizada em conformidade com as normas técnicas e legais correlatas e, em especial, com as disposições constantes na Lei de Responsabilidade Fiscal.

IV - Corresponde à entrega dos recursos devidos ao Tesouro Nacional pelos contribuintes ou devedores, por meio dos agentes arrecadadores ou instituições financeiras autorizadas pelo ente.


Assinale a alternativa CORRETA que representa cada etapa, respectivamente:

  • A Lançamento; Recolhimento; Previsão; Arrecadação.
  • B Arrecadação; Recolhimento; Previsão; Lançamento.
  • C Previsão; Lançamento; Arrecadação; Previsão.
  • D Previsão; Arrecadação; Lançamento; Recolhimento.
  • E Lançamento; Arrecadação; Previsão; Recolhimento.
19

Leia as afirmações a seguir:
I. As receitas públicas representam os recursos que o governo obtém por meio da atividade de tributação. Essa atividade é a única forma de o governo obter recursos para financiar suas atividades; II. As receitas públicas servem para custear as despesas públicas e as necessidades de investimentos públicos; III. O orçamento público é o instrumento que os governos usam para organizar os seus recursos financeiros; IV. No Brasil, as despesas só poderão ser realizadas se forem previstas ou incorporadas ao orçamento; V. As despesas públicas representam os gastos autorizados para o governo nas diversas atividades e programas que compõem o orçamento público, como saúde, educação, transporte, segurança etc.
A(s) afirmação(ões) FALSA(S) em relação ao enunciado é(são):

  • A Somente I.
  • B Somente III e IV.
  • C Somente I e II.
  • D Somente II, III e V.
  • E Somente IV.
20

Sobre Orçamento Público é correto afirmar:

  • A A lei de diretrizes orçamentárias compreenderá as metas e prioridades da administração pública federal, excluindo as despesas de capital para o exercício financeiro subsequente
  • B A lei que instituir o plano plurianual estabelecerá, de forma regionalizada, as diretrizes, objetivos e metas da administração pública federal para as despesas de capital e outras delas decorrentes e para as relativas aos programas de duração continuada
  • C Os planos e programas nacionais, regionais e setoriais previstos nesta Constituição serão elaborados em consonância com o plano plurianual e apreciados pelo Presidente da República
  • D O projeto de lei orçamentária será acompanhado de demonstrativo regionalizado do efeito, sobre as receitas e despesas, decorrente de isenções, com exceção das anistias, remissões, subsídios e benefícios de natureza financeira, tributária e creditícia
  • E A lei orçamentária anual não conterá dispositivo estranho à previsão da receita e à fixação da despesa, incluindo-se na proibição a autorização para abertura de créditos suplementares e contratação de operações de crédito

Administração Geral

21

Com base nas características de uma equipe e/ou de um grupo, é CORRETO afirmar que, em uma equipe,

  • A o líder restringe-se a avaliar desempenhos individuais.
  • B os membros são recompensados tanto pelo desempenho individual quanto pelo coletivo.
  • C cada membro tem uma tarefa específica.
  • D cada membro tem uma tarefa independente
  • E a atividade realizada é entregue à pessoa seguinte para que dê continuidade.
22

Em meio a um determinado conflito, um gestor optou por utilizar um estilo de negociação colaborativa. Esse estilo é baseado em um comportamento

  • A passivo - “você ganha, eu perco”.
  • B assertivo - “você perde, eu perco”.
  • C agressivo - “você perde, eu ganho”.
  • D agressivo - “você ganha algo, eu ganho algo”.
  • E assertivo - “você ganha, eu ganho”.
23

Em mais de um século de trajetória, a Rede Federal de Ensino Profissional (das Escolas de Aprendizes de Artífices, 1909, até a criação dos Institutos Federais, 2008) sofreu adequações dentro de sua estrutura com o objetivo de atingir sua missão e visão, tendo como tríade o ensino, a pesquisa e a extensão. Diante de tal cenário e tendo em vista um novo desenho de organograma organizacional dentro das estruturas citadas acima, em um desenho de organograma institucional devem constar as seguintes informações:

  • A divisão do trabalho e definição de responsabilidades; execução e controle.
  • B autoridade e hierarquia; definição de responsabilidades; execução e controle.
  • C divisão do trabalho; autoridade e hierarquia; controle e execução; comunicação.
  • D divisão do trabalho e definição de responsabilidades; autoridade e hierarquia; comunicação.
  • E definição de responsabilidade; autoridade e hierarquia; comunicação, execução e controle.
24
Leia o TEXTO 3 para responder à questão.

TEXTO 3 [...]

os departamentos funcionais permanentes têm autoridade sobre padrões profissionais e de desempenho de suas unidades, enquanto que as equipes de projetos são criadas, à medida que surgem as necessidades, para executar programas específicos. Os membros das equipes são oriundos de vários departamentos funcionais e são subordinados a um gerente de projeto, que é responsável pelos resultados do trabalho da equipe.

STONER, J. A. F.; FREEMAN, R. E. Administração. Rio de Janeiro: LTC, 2014. p. 232. Adaptado.

Assinale a alternativa que nomeia corretamente a estrutura organizacional descrita no TEXTO 3.

  • A Linha-staff.
  • B Funcional.
  • C Matricial.
  • D Por projetos.
  • E Linear.
25

Preocupado com o baixo nível de motivação dos seus funcionários, o gerente de uma empresa decidiu implantar, no seu departamento, uma série de medidas intimamente relacionadas ao conteúdo do trabalho dos seus funcionários e às recompensas ao desempenho profissional deles. Entre as ações realizadas pelo gestor para estimular a motivação dos seus subordinados estão a criação de uma política de progressão funcional e de um programa de incentivo à qualificação. Considerando a postura adotada pelo gestor, observa-se que ele está utilizando a teoria motivacional conhecida como:

  • A teoria da hierarquia das necessidades, de Maslow.
  • B teoria dos dois fatores, de Herzberg.
  • C teoria da Equidade, de J. Stacy Adams.
  • D teoria ERC, de Clayton Alderfer.
  • E teoria X e Y, de Mcgregor.
26

Determinado servidor público ocupante de cargo de gestão apresenta postura rígida e centralizadora perante sua equipe. Todas as decisões importantes para o trabalho são tomadas por ele, sem participação dos demais envolvidos na tarefa. Seus subordinados são regidos por regras bem definidas, tendo eles pouco espaço para se posicionarem, questionarem ou contribuírem com ideias ou sugestões de melhorias. Com base na descrição anterior, esse gestor público assume o estilo de liderança

  • A coaching.
  • B democrático.
  • C liberal.
  • D situacional.
  • E autocrático.
27

Quando realiza o planejamento, o gestor público está pensando antecipadamente em seus objetivos e ações e, a partir disso, traça planos e métodos ou utiliza uma lógica para direcionar o trabalho. O processo de planejar pressupõe uma série de passos, entre os quais o primeiro a ser realizado é a formulação de objetivos. Acerca desse passo, analise as afirmações que seguem:
I. Os objetivos são importantes porque servem como senso de direção, ajudando a organização a reagir às mudanças ambientais com clareza sobre o que se deseja alcançar. II. A definição de objetivos permite à organização gerenciar melhor os seus limitados recursos, estabelecendo prioridades no seu uso. III. Os objetivos guiam as decisões tomadas na organização, permitindo ao gestor obter maior segurança sobre as escolhas que precisa fazer para alcançar os resultados esperados. IV. Parte essencial do controle, os objetivos permitem a avaliação do progresso organizacional quando bem definidos e mensuráveis. V. A definição de objetivos proporciona garantia de que não haverá insucesso, de que nada na organização poderá sair do controle.
Estão CORRETAS, apenas,

  • A I, III, IV e V.
  • B II, III, IV e V.
  • C I, II, III e IV.
  • D II, III e V.
  • E I, II e IV.
28

____________ é o processo de transferir autoridade e responsabilidade para os subordinados.


A alternativa que preenche, corretamente, a lacuna do trecho acima é

  • A Delegação
  • B Supervisão
  • C Departamentalização
  • D Unidade de Comando
  • E Processo Administrativo
29

Considerando as características da departamentalização por funções, que é o critério mais utilizado pelas organizações, analise as assertivas e identifique com V as verdadeiras e com F as falsas.


( ) Baseia-se no princípio da especialidade ocupacional.

( ) É o tipo de departamentalização adequada para atividades contínuas e rotineiras.

( ) Aumenta a cooperação interdepartamental, reduzindo as barreiras entre os departamentos, devido à ênfase nas especialidades.

( ) Orienta as pessoas para atividades especificas, focando seus esforços em torno dos objetivos organizacionais em detrimento de suas próprias especialidades.


A alternativa que contém a sequência correta, de cima para baixo, é

  • A V V F F
  • B V F V F
  • C F V F V
  • D F F V V
  • E F V V F
30

A motivação humana é estudada há muito tempo e uma das teorias mais importantes é a da Hierarquia das Necessidades de Maslow, que organiza as necessidades humanas em níveis de acordo com seu grau de importância e de influência. De acordo com a Teoria de Maslow, são classificadas como primárias as necessidades

  • A higiênicas e sociais.
  • B de segurança e sociais.
  • C autorrealização e estima.
  • D fisiológicas e psicológicas.
  • E fisiológicas e de segurança.
Voltar para lista